Select Menu
Select Menu

Favourite

ULTIMAS NOTICIAS DO DIA

NOTICIAS DE LIMOEIRO

EDUCAÇÃO E SAUDE

NOTICIAS DA REGIÃO

BRASIL

PERNAMBUCO

POLITICA

ESPORTES

NOTICIAS QUENTES

TV LIMOEIRO AO VIVO




O deputado Silvio Costa Filho (PRB), realizou uma visita surpresa hoje ao Centro Social Bidu Krause, no bairro do Totó, abandonado pela administração da Prefeitura do Recife. Segundo relatos da comunidade, o equipamento, que já foi referência na área de esportes, lazer e assistência social; vem funcionando precariamente, por causa da falta de investimentos da gestão Geraldo Júlio.

No local - que hoje abriga posto de saúde, junta militar, centro de assistência social, creche, escola profissionalizante e unidade tecnológica – os serviços vêm funcionando precariamente, sobretudo no período da noite, por causa da falta de iluminação. “A última intervenção nesse espaço foi feita há mais de dez anos. A atual gestão investiu R$ 14,2 milhões em um único Compaz, mas se nega a fazer a manutenção de um equipamento como o Bidu Krause, bastante importante para toda a RPA 5”, avaliou Silvio.

Um exemplo das dificuldades enfrentas pela população, a dona de casa Ingrid Araújo relata a completa desassistência à comunidade, que além da reforma do Bidu Krause, cobra melhores serviços. “Cheguei aqui às 6 horas da manhã. Já são mais de 11h e ainda estou esperando para marcar uma consulta pediátrica para meu filho. Se tiver sorte consigo para quinta ou sexta-feira. Se não, só na semana que vem”, relatou.

Segundo o líder comunitário Ednaldo Rogaciano, à noite o espaço é proibido para a população. “Sem iluminação, falta segurança para as atividades noturnas. A regularização depende de uma subestação, mas a Prefeitura alega falta de recursos”, contou.
Mesmo reconhecendo que o Compaz, inspirado nas experiências de Bogotá, é um equipamento importante, Silvio destaca que recuperar o Bidu Krause teria um custo de apenas um terço de uma dessa unidades. Segundo relatos da comunidade, falta disposição da Prefeitura para solucionar o problema. “Na área esportiva, recuperar a iluminação do campo de futebol custaria R$ 300 mil, mas a mesma prefeitura que investe milhões no Compaz diz não dispor de R$ 300 mil para cá”, comparou o deputado. Além do campo sem iluminação, as piscinas estão abandonadas e a pista de cooper sem manutenção.

“Em momentos de restrição orçamentária, mais importante que inaugurar obras para aparecer na TV e no guia é cuidar dos equipamentos já existentes, para que eles continuem servindo à população. Gerir uma cidade é fazer escolhas, e nesse caso parece mais efetivo recuperar o Bidu Krause, e usar os recursos remanescentes para reforçar o atendimento à população, do que construir um novo Compaz”, pondera o deputado.

COMPLEXO DO CURADO
Depois da visita ao Bidu Krause, o deputado Silvio Costa Filho participou de reunião com os moradores do entorno do Complexo Prisional do Curado, junto com o deputado Edilson Silva (Psol) e com a vereadora Marília Arraes. Os parlamentares propuseram a criação de uma frente em defesa da comunidade e avaliaram algumas propostas para evitar a desapropriação das 52 casas anunciada pelo Governo do Estado.

“Uma alternativa que vamos levar ao Governo é o recuo da muralha do presídio. Pelas imagens do complexo, há espaço para que se faça a área de segurança recuando o muro, que segundo explicou o secretário Pedro Eurico, é de tijolo singelo, sendo mais fácil de ser deslocado”, destacou Silvio.
Governador destacou a importância da união das instituições durante evento em comemoração 
aos 199 anos da Polícia Civil, nesta quinta-feira



A integração entre as diferentes instituições que atuam no combate à violências foi destacada, nesta quinta-feira (28.04), pelo governador Paulo Câmara, como essencial para a consolidação de uma cultura de paz em Pernambuco. Durante cerimônia em comemoração pelos 199 anos da Polícia Civil, no Teatro de Santa Isabel, no Recife, o chefe do Executivo estadual lembrou que essa união tem registrado bons frutos desde o lançamento do programa Pacto Pela Vida, em 2007, no primeiro Governo de Eduardo Campos. Na ocasião, o gestor comandou a entrega das Medalhas de Honra ao Mérito Policial – classe Ouro a pernambucanos que se destacam na promoção da segurança pública.
 

“Nós sabemos do trabalho difícil que é fazer segurança pública no nosso Estado. Temos noção dos desafios, mas temos também que continuar trabalhando com perseverança, em busca de promover em Pernambuco a cultura da paz, da redução do número de homicídios, assaltos e furtos. E, para isso, a gente precisa de um sistema estruturado, um sistema que funcione, que tenha toda uma política trabalhada por trás”, apontou Paulo, destacando a preocupação da gestão estadual em investir na segurança pública através, também, da valorização do servidor.


Câmara reafirmou ainda o compromisso do Governo de Pernambuco de trabalhar por um Estado mais seguro e mais próspero. “A entrega dessas medalhas, hoje, significa o reconhecimento do trabalho feito. Do trabalho bem feito por cada um de vocês. Sabemos que os desafios são enormes, mas a gente conta com o apoio e dedicação desse conjunto de profissionais. A população conta com isso. O crime organizado precisa ser combatido, e nós temos feito tudo o que é possível para derrubar os índices de violência e vamos continuar fazendo. Pernambuco merece isso”, completou.


CELEBRAÇÃO – Compondo a programação festiva dos 199 anos da Polícia Civil de Pernambuco, a entrega das Medalhas de Honra ao Mérito Policial – classe Ouro, condecorou um total de 200 personalidades, entre elas: autoridades políticas, da sociedade civil, oficiais civis, militares, bombeiros e polícia cientifica.  
 

Acompanharam Paulo Câmara na cerimônia os secretários estaduais Alessandro Carvalho (Defesa Social), João Campos (chefe do Gabinete do Governador), Ruy Bezerra (Controladoria Geral do Estado), Pedro Eurico (Justiça e Direitos Humanos), Silvia Cordeiro (Mulher), José Neto (Assessoria Especial), e coronel Eduardo Pereira (Casa Militar); os deputados federais Tadeu Alencar e Raul Jungmann; e os deputados estaduais Antônio Moraes e Eduino Brito.


A solenidade ainda contou com as presenças do comandante Militar do Nordeste,  general de Exército Manoel Pafiadache; o delegado Antônio Barros, chefe da Polícia Civil; coronel D'Albuquerque, comandante geral da Polícia Militar; o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Leopoldo Raposo; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), desembargador Antônio Carlos Alves; o cônsul geral da França no Recife, Bruno Bisson; e o cônsul geral dos Estados Unidos no Recife, Richard Reiter.



Fotos: Roberto Pereira/SEI
Amanhã (30/04), às 9h30, o Grupo O Poste Soluções Luminosas, ministra Oficina de Teatro Antropológico no terreiro Ilê Obá Aganju Okoloyá, Terreiro de mãe Amara. A Oficina é gratuita e esta dentro do projeto de pesquisa "O Corpo Ancestral Dentro da Cena Contemporânea". O terreiro de mãe Amara é parceiro do grupo teatral de O Poste Soluções Luminosas nessa pesquisa. Interessados que moram na vizinhança também podem se inscrever, pois a oficina é para a comunidade do terreiro e demais interessados em mergulhar na matriz africana e ancestral do teatro antropológico. Informações pelo email: oposte@gmail.com

O Corpo Ancestral Dentro da Cena Contemporânea consiste na sistematização do primeiro projeto de pesquisa do grupo O Poste Soluções Luminosas, onde a busca pela descoberta de uma ancestralidade teatral levou à investigação do teatro através do ritual da matriz africana. E é essa investigação que norteia as ações de pesquisa do grupo, composto por Agrinez Melo, Naná Sodré e Samuel Santos.

SOBRE O PROJETO - O Grupo o Poste caracteriza-se pela Investigação teatral, e tem em seus estudos iniciais, teóricos como o diretor polonês Jerzy Grotowski, que direcionou sua pesquisa com artistas ligados  á tradição de  ritos sagrados. Além de Eugenio Barba, na sua antropologia teatral, onde destaca a importância da anatomia para o ator e sua construção e reconstrução corporal á partir da observação cultural e ritualística, entre outros.

Com a pesquisa, O Poste Soluções Luminosas cria meios de aprofundar os estudos e vivenciar de forma pratica os rituais de matriz africana, e examinar os vetores de energias dos orixás no corpo e como a ativação dessa energia pode ser levada para a cena teatral, onde o sagrado seja preservado e a essência venha à cena. Com esta ação, será ampliada a averiguação da ancestralidade corporal e vocal pelo viés artístico teatral, onde o corpo norteará as ações, traçando paralelo entre as incorporações dos orixás no terreiro de Candomblé, e o corpo e a voz dos atores através das ações físicas.

O trabalho visa não só o aprimoramento de suas técnicas, mas também uma parceria com terreiros de Mariz africana onde estabelece a troca de conhecimentos. Como principal parceiro da pesquisa, temos o terreiro Ilê Obá Aganju Okoloyá (terreiro de mãe Amara) e ao longo do projeto, outros importantes terreiros serão incluídos nos estudos e se tornarão parceiros.
           

O Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) promove nesta sexta-feira, dia 29, a solenidade de posse da nova diretoria, eleita para o triênio 2016-2019. O evento acontece na casa de recepção Di Branco, bairro Madalena/Recife, a partir das 20h.  Os novos dirigentes foram eleitos, através da Chapa 1 –Médico, o Sindicato é você,  no último dia  15 de março, com cerca de  900 votos, “sem bate chapa”.
Com vasto histórico sindical, o pediatra Tadeu Calheiros assume o cargo de presidente, tendo como vice-presidente a obstetra Claudia Beatriz e secretário geral, Fernando Cabral, também pediatra.  A nova gestão tem como objetivo intensificar o posicionamento firme do Simepe, denunciando o caos da saúde, inclusive promovendo ações judiciais quando necessário.
A nova gestão destacou algumas bandeiras de luta que serão priorizadas: adequado financiamento e a destinação de 10% do PIB, valorização profissional, campanha salarial (Estado e municípios) , carreira de Estado para médico com justa e progressiva remuneração, integralidade na aposentadoria, ambientes de trabalho dignos e bem dimensionados a demanda de usuários
Fotos:Paulo Pinto

Hoje (29) foi a vez do Loteamento Santana receber a equipe da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária do governo de Pernambuco para mais uma ação de perfuração de poço artesiano.

O novo poço fica localizado ao lado a Associação dos Moradores da localidade. A ação contou com o acompanhamento do ex-vereador e atual Gerente de Articulação Política do Governo do estado João Luis Ferreira Filho.

Fonte:Aqui Noticias



Apesar dos municípios brasileiros estarem vivendo um momento financeiro critica com suas contas municipais, a prefeitura de Limoeiro com muito esforço entregou nesta quinta feira (28), mis uma Academia da Saúde desta feita na Subestação no Jardim Juá.

Em seu discurso o prefeito Thiago Cavalcanti estava feliz e agradecido pelo acolhimento que teve por parte da população. “Vamos todos cuidar juntos desta obra! Vamos nessa! Limoeiro não pode parar de crescer!” disse o prefeito Thiago Cavalcanti.


A academia leva o nome da saudosa Dra. Rosa Bezerra, que era uma medica carismática e querida pela comunidade Limoeirense. Dra. Rosa faleceu em 2013 um acidente automobilístico.






























A senhora Marta Maria, procurou a reportagem da folha de limoeiro para que pudéssemos chamar a atenção dos poderes públicos quanto a uma água suja empossada em virtude de um esgoto que tem inicio nas ruas 13 e 14 da COHAB Nova, e acaba na Lívio Teobaldo.

A situação fica na Lívio Teobaldo entre a casa Nº141 e casa 160 segundo marta e uma área verde e cobra uma ação efetiva por parte da PML. Marta chama atenção também da Secretaria de Saúde para focos do mosquito da Dengue naquele local
Segundo marta, a partir da casa 85 A até a 141 o sistema de esgoto foi realizado pelos próprios moradores, já os demais aguardam uma ação da prefeitura.
A moradora também denuncia que alguns moradores colocam Lixo no local complicando ainda mais a situação naquele local. A moradora falou ajuda por parte de Baú da Capoeira aquela comunidade que tem dado o vereador baú da Capoeira, que varias vezes manda sua equipe para desentupir, mais ela espera uma ação definitiva.
Os Problemas do calçamento que era os buracos aberto pela COMPESA, foram fechados pela equipe de Bau da Capoeira.
“Fiz um requerimento onde entregue a Secretaria de infraestrutura da prefeitura a Dra. Elque em 2014, seria ótimo que continuasse com os tubos até o final. A coisa aqui está feia com muito mosquito e mau cheiro” disse dona Marta Maria.

A nossa reportagem procurou o Secretario atual da Infraestrutura, Arthur Cavalcanti, que nos prometeu que ira ao local com sua equipe para tomar providencia quanto ao problema.






Neste momento em que o Brasil vive um dos períodos mais difíceis de sua história, quando a ainda jovem democracia está profundamente ameaçada por uma elite golpista, que esteve à frente da condução do nosso país, por séculos, e sempre foi contra a distribuição de renda, para poder manter seus privilégios, a classe trabalhadora se une, no campo e na cidade, durante as manifestações do 1º de Maio, para dizer NÃO à redução de direitos adquiridos com muita luta.
 
O Movimento Sindical Rural em Pernambuco, que formado por 179 Sindicatos dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais (STTRs), pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape) e pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), é um forte exemplo dessa resistência contra o golpe que vem sendo planejado desde que houve o resultado das Eleições de 2014, por forças da direita conservadora, em articulação com os grandes meios de comunicação e com um conjunto de instituições que deveriam estar a serviço da população, mas que têm atuado em benefício próprio.
 
Nesses últimos meses, a Fetape tem orientado os seus STTRs filiados a se organizarem, fortalecendo a articulação em seus municípios, junto a Igrejas, Associações e Organizações Não Governamentais, com objetivo de constituir  uma grande Frente,  para poder atuar, de forma permanente, e sempre em diálogo com as estratégias que já estão sendo desenvolvidas pela Frente Brasil Popular, em Pernambuco, na defesa da Democracia. Segundo o presidente da Federação, Doriel Barros, "é neste momento, em que está sendo aguardada a votação no Senado sobre o início do processo de impeachment, que temos a chance de animar a nossa gente para essa grande mobilização".
 
Para ele, cada reunião realizada com os trabalhadores e trabalhadoras rurais, cada assembleia do Sindicato, cada contato com as bases do campo é um momento fundamental para refletirmos, juntos/as, o que está em jogo. “São conquistas históricas que estão ameaçadas. É a nossa voz que, mais uma vez, estão querendo calar.  Este é um momento importante para que cada dirigente possa fortalecer sua liderança, na luta.  Contamos com cada homem e cada mulher do Movimento Sindical Rural nessa grande missão. É para isso que somos Movimento: para lutarmos pela dignidade de nossa gente”, afirma  Doriel Barros.
 
Para o diretor de Política Salarial da Fetape e presidente da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Pernambuco (Fetaepe), Gilvan Antunis, o 1º de Maio será marcado pela resistência e mobilização da classe trabalhadora. “Recentemente tivemos perdas, quando ocorreram mudanças no seguro desemprego e no abono salarial, a partir do ajuste fiscal. E diante desse cenário de risco à democracia, estamos ainda mais preocupados com a garantia das conquistas que tivemos até aqui. Por isso, devemos estar mobilizados e irmos para as ruas pressionar a Câmara Federal e o Senado para que não haja mais retrocessos em relação aos nossos direitos”.
 
1º de Maio na luta
 
Todo ano, o Movimento Sindical Rural realiza manifestações pelo 1º de Maio em todas as regiões do estado. O Polo Sindical do Agreste Setentrional, por exemplo, irá promover o 35º Ato Público do Dia do Trabalhador, neste domingo (01), no município de Surubim, com o tema: “Democracia com garantia de direitos”. A organização do evento estima que 5 mil pessoas participarão do Ato, entre lideranças sindicais, trabalhadores/as rurais e urbanos de 16 municípios, além de representações de movimentos sociais e sindicais do campo.
 
No mesmo dia, o Sindicato dos Trabalhadoras e das Trabalhadoras Rurais de Barreiros, localizado no Polo Sindical da Mata Sul, realiza um Ato Público em protesto ao não pagamento da massa falida da Usina Central Barreiros, fechada em 1997, a 3 mil trabalhadores. A manifestação será em frente à Usina, a partir das 9 horas e a expectativa é que reúna 800 manifestantes.
 
Dentre os municípios com atividades previstas, estão também os de Vicência, Palmeirina, Venturosa, Itaíba, Iati, Exu, Santa Cruz e Ouricuri.
A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa oficialmente amanhã (30), data escolhida pelo Ministério da Saúde como Dia D de mobilização em todo o país. Nesta etapa da campanha serão vacinadas crianças a partir dos seis meses de vida até os cinco anos de idade, idosos (a partir dos 60 anos), gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto).

A meta é imunizar pelo menos 80% do público-alvo, considerada de risco para complicações por gripe. “A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde. Essa definição também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. Têm prioridade os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias”, informou o secretário municipal de Saúde, Orlando Jorge.

Também serão vacinadas pessoas portadoras de doenças crônicas ou com outras condições clínicas especiais. A vacina trivalente protegerá a população contra os subtipos da gripe A/H1N1, A/H3N2 e Influenza B.

Na cidade, serão cerca de 50 pontos de vacinação durante o Dia D de Mobilização Nacional contra a gripe distribuídos entre Postos de Saúde e postos volantes. O horário de atendimento será das 8h às 17h. Ainda de acordo com o secretário da pasta, a campanha segue até o dia 20 de maio.

Desde a semana passada a equipe da secretaria municipal de Infraestrutura, retomou o processo de limpeza dos canais, bueiros e canaletas do município. O principal objetivo da ação é fazer a limpeza com a retirada de lixo e a desobstrução do canal, com o serviço de retificação, para evitar transbordamento que provoca o alagamento de ruas e terrenos. “Estamos fazendo a limpeza, a desobstrução e a abertura, nos locais necessários, do canal. A intenção é fazer o escoamento da água e assim diminuir as ocorrências de alagamentos na cidade”, disse o secretário, Artur Filho.

A manutenção da limpeza dos canais é realizada periodicamente pela Prefeitura Municipal de Limoeiro, manualmente ou mecanicamente quando é permitido o acesso dos equipamentos. Essas ações estão sendo intensificadas para serem concluídas antes do período das chuvas, quando fica mais difícil fazer esse trabalho, que é fundamental para evitar alagações na área urbana do município. “Nós continuamos pedindo a nossa população para não jogar lixo nos canais. Quando estamos fazendo a limpeza, encontramos toda espécie de lixo no leito dos canais, o que compromete a saúde dos moradores da área e barra o escoamento das águas, além de comprometer o meio ambiente. A parceria da sociedade é fundamental. Com a consciência sobre a importância da manutenção do local limpo, o trabalho avança e quem ganha é a população”, finalizou o secretário.
O Secretário de Saúde de Limoeiro, o odontólogo Orlando Jorge, critica o Governo do Estado de Pernambuco por não esta dando atenção necessária ao município de Limoeiro assim como aos 20 municípios que fazem a ll GERES (Regional de Saúde).

Entre as reclamações do Secretario, que em tom de desabafo por conta da cobrança por parte de um vereador da oposição pela falta de medicamento nas USF (Unidade de Saúde da Família).  Orlando Jorge também mencionou que o vereador esquece  a falta de medicamento por parte do Governo do estado para os transplantados, “Estes medicamentos são essenciais à vida dos transplantados, e já têm pacientes temendo por suas vidas por estarem sem tomar os medicamentos há dias" disse Orlando.  

O secretário também mencionou a ausência das ambulâncias do Hospital Regional de Limoeiro. No mês de Janeiro de 2015, o governo tirou uma das duas ambulâncias que servia ao Hospital Regional de Limoeiro, e segundo Orlando Jorge, para complicar ainda mais a situação, desde o ultimo Sábado (23), a única Ambulância que tinha, está em baixa na oficina, e ainda falou que segundo as informações, não tem previsão de retornar para servir a população.

O secretario falou que as ambulâncias do SAMU de Limoeiro, estão deixando de fazer seu real serviço, que é atender nas urgências e emergência o município de Limoeiro, porque as vezes tem de  fazer transferência de Hospital para Hospital. O secretario falou que mandou que a Ambulância da secretaria de Saúde de Limoeiro, ficassem apenas de sobre aviso, tendo em vista que o motorista não tem condições de fazer sozinhos tantas transferências por dia.

             Vejam o vídeo na integra do Secretario Orlando Jorge.
Sem alarde, atendendo pedido dos deputados estaduais, o governador Paulo Câmara (PSB) editou decreto para retirar R$ 975 mil da saúde do Estado para colocar no Fundo de Desenvolvimento Municipal (FEM).

O ato foi assinado nesta terça-feira (26), tendo efeitos imediatos.

Geralmente, o FEM é usado pelos prefeitos para obras simples, sem repercussão econômica, como calçamento de ruas.

É um fundo criado pelo ex-governador Eduardo Campos, em 2013, para repassar dinheiro diretamente às prefeituras, sem burocracia.

O decreto 42.963, de 26/04/2016, é referente à redistribuição de 5 emendas parlamentares de 4 deputados.

Essa redistribuição é realizada por solicitação dos próprios deputados. Como a a Legislação Orçamentária do Estado determina que as emendas parlamentaras tenham caráter impositivo, cabe ao Estado somente cumprir as indicações feitas pelos parlamentares.

São elas:

nº 235 – R$ 30 mil – Para execução de calçamento de ruas em Glória do Goitá

nº 445 – R$ 15 mil – Para reforçar o plano de trabalho em Paulista

nº 349 – R$ 80 mil – Para pavimentação em paralelepípedo em Venturosa

nº 234 – R$ 50 mil – Para execução de calçamento de ruas em Glória do Goitá

nº 319 – R$ 800 mil – Para reforçar o plano de trabalho em São Lourenço da Mata

Juntas, somam R$ 975 mil.

A retirada de quase R$ 1 milhão da saúde estadual para o FEM veio mesmo com o Estado de Pernambuco vivendo uma das suas maiores crises na área de saúde na história. Denúncias sobre desabastecimento de hospitais estaduais chegam todos os dias nos jornais. Terceirizados estão com salários atrasados e falta matarias básicos para atendimento aos pacientes.

Desde sua criação, em 2013, o FEM está envolto em polêmicas. Nas eleições do ano passado, a oposição criticou várias vezes o uso do FEM para supostamente “cooptar” prefeitos. As eleições municipais ocorrem em outubro deste ano.

“Criaram o FEM 1 e o FEM 2. E agora estão querendo criar o VEM, que é uma forma de trazer a qualquer custo e de premiar os infiéis”, ironizou Armando Monteiro Neto, em abril de 2014, quando era candidato a governador.

Com a palavra a Assembleia, a quem cabe fiscalizar o uso dos recursos.

Secretaria de Recursos Hídricos

Sem alarde, o governador Paulo Câmara (PSB) colocou R$ 18 milhões no orçamento da Secretaria Executiva de Recursos Hídricos e Energéticos, 
Entretanto, apenas cinco dias depois, o mesmo governador editou outro decreto, retirando os mesmos R$ 18 milhões da secretaria.

O que aconteceu para mudança tão rápida do destino dos 18 milhões. Um palpite feito, sob reserva, foi o “efeito da crise”. Outro, também sob reserva, foi um suposto erro administrativo da Secretaria Estadual de Fazenda.


O dinheiro, inicialmente, iria para o programa Água para Todos, para saneamento e para prevenção de catástrofes naturais.

Fonte:Blog do Jamildo

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) voltou a defender, nesta quinta-feira (28), a desativação gradativa do Complexo Prisional do Curado, durante audiência com o secretário de Justiça e Direitos Humanos Pedro Eurico. Os parlamentares presentes ao encontro referendaram proposta do promotor de execução Penal do Ministério Público do Estado de Pernambuco MPPE, Marcellus Ugiette, que sugeriu a desativação de uma das unidades do complexo, o Presídio Frei Damião de Bozanno, para a unidade Ursa 1, de Itaquitinga, que precisaria de oito meses para ser concluída.

Presentes ao encontro, ao lado da comissão de moradores do entorno do presídio, os deputados Silvio Costa Filho (PRB), Joel da Harpa (PTN), Priscila Krause (DEM) e as vereadoras Marília Arraes (PT) e Isabela de Roldão (PDT) cobraram também do secretário a abertura do diálogo com a comunidade para que se construa uma saída menos traumática para a população.

Outra demanda apresentada foi a suspensão dos efeitos do decreto que desapropria 52 casas no entorno do complexo para implantação de uma área de segurança. A sugestão ficou de ser avaliada pelo secretário e discutida em outro encontro com os representantes da comunidade, os parlamentares presentes e os representantes do Ministério Público e Defensoria Pública.

Líder da Bancada de Oposição, o deputado Silvio Costa Filhou defendeu que quem está no lugar errado é o presídio, não os moradores. “A ampliação da área de segurança não vai resolver os problemas no entorno do complexo. A situação só vai ser contornada com a desativação do complexo. É preciso que o Estado tenha um plano estratégico para a desativação do presídio em médio prazo”, reforçou.

Representantes dos moradores relataram que armas e drogas continuam sendo jogadas por cima do muro e que o presídio hoje funciona como uma central de vendas de drogas e de aliciamento de menores. “Isso só vai acabar quando o presídio sair daqui”, defendeu Valdete de França, 70 anos.

Ao final do encontro, os parlamentares conseguiram que o secretário Pedro Eurico se comprometesse em só dar sequência às desapropriações das residências após o reforço da muralha do presídio, dando tempo para que sejam apresentadas e discutidas algumas alternativas para o problema. “Tanto a comunidade quanto o Governo do Estado podem contar com a Oposição para construir uma alternativa para o problema. O diálogo é a melhor forma de se sair de um impasse”, afirmou Silvio.