Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO



Recebemos a Informação de que a Gestora do Hospital Regional de Limoeiro, Dra Elizabete Cristina, foi pega de surpresa nesta quarta feira (23), com a retirada das ASB da emergência Odontológica


Desde ano de 2012, mais precisamente no mês de fevereiro de 2012, o então prefeito Ricardo Teobaldo (PTB), na época, mesmo sendo oposição ao Governo, Eduardo Campos, fez uma pactuação com o Governo, para o funcionamento da emergência odontológica no Hospital Regional de Limoeiro. veja a noticia da SES no momento aqui Odonto: Regional de Limoeiro ganha urgência
É ontem Terça Feia(22),sem nem uma explicação ou satisfação a gestão do Hospital, o prefeito João Luiz (PB), retirou a parte que cabia ao município que era apenas as  três  (ASB) Auxiliar de saúde Bocal, sem comunicar nada a direção. Era esta a participação do município na pactuação,  o estado, que  entrava com os plantonista odontólogo e com o material além das instalações e equipamentos.
Devido a esta atitude repentina e inesperada do prefeito e unilateral, sem aviso prévio a gestão da Unidade, o serviço de urgência de odontologia no Hospital regional de Limoeiro esta prejudicada e teve de ser Suspenso.

Os atendimentos na unidade eram de aproximadamente 90% de pacientes de Limoeiro. E todas as urgências de pacientes vitimas de politraumatismo, e pacientes com dores de dentes e sangramentos pós extrações, em especial nos horários noturnos ficarão sem estes atendimentos, terão de serem transferidos ou mandados para casa, a partir desta data 23/05/2018 pela paralisação forçado serviço.

Os Pacientes Que entrarem na emergência ficaram sem atendimentos a partir de hoje. Correm as bocas miúdas entre os funcionários, que seria uma represália, a gestão por ter recebido uma comitiva parlamentar esta semana com a intenção de ajudarem a unidade, mais que são oposição ao Gestor.

Fica aqui o direito de resposta sob a Lei Nº 13.188, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2015.caso os citados tenham o interesse de se explicarem.

Em virtude da paralisação dos caminhoneiros e com o fornecimento de combustível afetado, informamos que as aulas desta quinta-feira (24/05) estão canceladas. 

Reafirmamos que tal medida é necessária uma vez que nos preocupamos com a segurança e deslocamento dos nossos alunos
O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) publicou na noite desta terça-feira, 23 de maio, a Recomendação n.º 002/2018 a fim de que os promotores de Justiça do Estado instaurem procedimento de investigação criminal ou mesmo requisitem a instauração de inquérito policial a fim de apurar aumentos arbitrários nos preços do combustível comercializado nos postos de gasolina de todo o Estado. O aumento indiscriminado de preços, segundo a recomendação emitida pelo procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros, representa prática abusiva, sendo condenada pelo Código do Consumidor (Lei Federal n.º 8.078/1990).

A legislação proíbe aos fornecedores exigir dos consumidores vantagem indevida ou mesmo realizem elevação injustificada, conforme preconiza o inciso quinto, do artigo 39, que proíbe a conduta de: “exigir do consumidor vantagem manifestamente excessiva”. A prática pode resultar em diversas sanções, tais como: apreensão do produto, inutilização do produto, suspensão do fornecimento, suspensão temporária da atividade, revogação de concessão ou permissão de uso, cassação de licença do estabelecimento ou da atividade, interdição total ou parcial do estabelecimento ou até mesmo intervenção administrativa.

“Esse aumento artificial que foi amplamente noticiado no dia de hoje é considerado crime passível de detenção de dois a cinco anos, além de multa. Não podemos deixar façam uso da greve dos caminhoneiros para que os preços sejam elevados de forma exorbitante”, disse o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros. Segundo a Lei Federal n.º 8.137/1990, que define crimes contra a ordem tributária, econômica e contra as relações de consumo, a prática é passível de detenção de dois a cinco anos.

O aumento abusivo é ainda considerado crime contra a economia popular, sendo passível de detenção de dois a dez anos, além de resultar em multa. “É crime fazer com que se aumente o preço de um produto ou mesmo de mercadorias de forma falaciosa, por meio de notícias falsas ou qualquer outro artifício”, completou Barros.


A Prefeitura Municipal de Limoeiro informa que, devido aos protestos, interdições e comprometimento de combustível, os serviços de transporte escolar e universitário estão temporariamente suspensos. Apenas serviços de urgência como ambulâncias e SAMU continuam funcionando no momento.

De acordo com o secretário de Educação e Esportes, Luiz Gonzaga, tanto as escolas, quanto as creches municipais não terão aula enquanto não tiver sido regularizado o abastecimento de combustível. Assim que a disponibilidade do combustível for regularizada nos postos de gasolina, retomaremos nossas atividades.

Os serviços que permanecem são os essenciais da Saúde, como ambulâncias e SAMU, enquanto houver combustível.

Secretaria Executiva de Imprensa: Mariane Silveira



A Prefeitura Municipal de Passira (PMP) suspendeu nesta quarta-feira (23) parte dos serviços de transporte público. Reunidos, os secretários em contato com telefônico com a prefeita Renya Carla (PP), que participa da Marcha dos Prefeitos em Brasília, tomaram a decisão. Em nota, a PMP informou que a suspensão ocorre, temporariamente, por conta da paralisação dos caminhoneiros, que protestam contra os constantes aumentos nos preços dos combustíveis, o que tem gerado falta nos postos da cidade.

Os serviços de saúde, como ambulâncias, TFD e SAMU, além dos serviços de limpeza pública, continuarão funcionando normalmente enquanto durar o estoque de combustíveis reservado pela prefeitura em postos da cidade. Quanto ao transporte escolar, municipal e estadual, nas rotas dentro do município está garantido enquanto durar a reserva de combustível. Mas fica suspenso, por tempo indeterminado, os transportes voltados aos universitários, estudantes de cursinhos e escolas técnicas. (Imagem | Reprodução Facebook)
Encontro de quadrilhas do Pré-Junino do Agreste inicia as festividades em Limoeiro
Fonte:Blog do Agreste/Alfredo Neto



Limoeiro

Hoje pela manhã pudemos ver em Limoeiro muitos carros fazendo uma verdadeira fila paraabastecimento.
Alguns postos ja não tinham combustíveis e outros ja haviam até mesmo fechado o estoque. Para quem quiser abastecer hoje será preciso uma verdadeira dose de paciência. Tudo isso por conta da greve dos caminhoneiros que já assola o país em protesto contra a política do governo Temer sobre os combustíveis.

Texto Valdenes Gulermes/Limoeiro News
Fotos de Genival Papparazzi

No final da tarde nem um posto em Limoeiro tinha mais combustivo pelo menos e o que dizem os donos que por sinal majoram os preços e  teve posto que chegou aos 6 reais o litro de gasolina nesta quarta feira(23), em alguns estados chegou aos R$ 9,98 reais o litro.




Até 12 de maio, 39 casos de Srag tiveram resultado laboratorial para influenza

Até a manhã desta quarta-feira (23.05), 1.469.728 pessoas foram vacinadas contra a influenza em Pernambuco. O quantitativo representa 61,2% do total de 2.399.361 pernambucanos inclusos nos grupos prioritários. O público formado pelas puérperas está com o maior percentual vacinal, de 84,8%. Já entre as crianças de 6 meses a menores de 5 anos, apenas 49,6% já foram imunizadas.

O objetivo do Estado é atingir, pelo menos, 90% do público total até o final da campanha, em 1º de junho. Até o momento, os municípios que já atingiram a meta foram: Santa Maria do Cambuca (100,56%), Abreu e Lima (96,87%) e Igarassu (90,37%).

Podem se vacinar contra a influenza: idosos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filhos até 45 dias), trabalhador de saúde, professores, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. Também contempla pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais: doença respiratória crônica, cardíaca crônica, renal crônica, hepática crônica, neurológica crônica; diabetes, imunossupressão, obesos, transplantados e portadores de trissomias.

Em doenças agudas febris moderadas ou graves, recomenda-se adiar a vacinação até a resolução do quadro. As pessoas com história de alergia a ovo, que apresentem apenas urticária após a exposição, podem receber a vacina da influenza mediante adoção de medidas de segurança. A vacina é contra-indicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores bem como a qualquer componente da vacina ou alergia comprovada grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO – Até o dia 12 de maio, Pernambuco registrou 687 casos de síndrome respiratória aguda grave (Srag), quadro que pode ser provocado por diversos agentes (vírus, bactérias) e é caracterizado pela necessidade de internação de pacientes com febre, tosse ou dor de garganta associado à dispneia ou desconforto respiratório. Do total de casos, 26 tiveram resultado laboratorial confirmado para influenza A(H1N1), 13 para influenza A(H3N2) e 1 para vírus sincicial respiratório (VSR). No mesmo período de 2017, foram 806 casos de Srag, com 63 confirmações para influenza A(H3N2), 19 de influenza B, 3 VSR e 1 parainfluenza1.

Em 2018, também foram registrados seis óbitos de Srag com resultados laboratoriais confirmados para influenza – cinco de influenza A(H1N1) e um de influenza A(H3N2) –, enquanto que em 2017, no mesmo período, foram cinco óbitos, todos com identificação da influenza A(H3N2).

Secretaria Estadual de Saúde - PE
Superintendência de Comunicação
(81) 3184.0065 / 99488.2688

O governador Paulo Câmara assinou, na noite desta quarta-feira (23.05), a nomeação de José Fabrício Silva de Lima como o novo defensor público-geral de Pernambuco, biênio 2018/2020. O novo dirigente foi o mais votado na eleição que definiu a lista tríplice para o cargo, realizada pelos integrantes da Defensoria Pública. O ato será publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (24.05), e o defensor tem 30 dias para assumir o posto.

“A Defensoria Pública tem um papel fundamental para a garantia do amplo direito de defesa do cidadão que não tem condições de arcar com as custas processuais e com os honorários de um advogado. Tenho certeza que José Fabrício está preparado para assumir essa nova missão”, destacou o governador.

Há noves anos atuando na Defensoria Pública de Pernambuco (DPPE), José Fabrício disse estar pronto para assumir o cargo e trabalhar pela melhoria dos serviços prestados pela instituição. “Sabemos do dever de levar assistência jurídica integral e gratuita a todos os pernambucanos que se sintam na situação de vulnerabilidade social e econômica. E esforço não faltará. Iremos contar com o apoio do Executivo para oferecer esse apoio a quem mais precisa. Enfim, estamos preparados para este novo desafio que é representar uma instituição tão nobre como a Defensoria Pública de Pernambuco”, disse.

Participaram do ato também o deputado estadual Waldemar Borges; os secretários estaduais Márcio Steffani (Planejamento e Gestão), Antônio de Pádua (Defesa Social), André Campos (Casa Civil), César Caúla (Procuradoria Geral) e Marcelo Canuto (executivo da Casa Civil); além dos defensores Clodoaldo Battista, Henrique Seixas e José Wilker.


Fotos: Roberto Pereira/SEI
Aparelho autoligado corrige imperfeições em menor tempo

Já se foi o tempo em que o processo de correção dos dentes demorava anos a fio. Com a evolução da Ortodontia, além de técnicas mais aprimoradas, surgiram também os tratamentos mais rápidos. Esse é o caso ao aparelho autoligado, ou aparelho inteligente. Cada vez mais requisitado, esse artefato promete diminuir o tempo de tratamento ortodôntico. Estudos realizados em 2014 já apontavam que o tempo de uso do autoligado era, em média, 24,12% menor, se comparado ao sistema tradicional. Isso equivale até sete meses a menos no tempo total de tratamento.

Para conseguir essa façanha, o aparelho autoligado abre mão da ligadura elástica, a tradicional borrachinha, colocada para conter o braquete e o fio metálico. No lugar da borracha, o aparelho usa uma canaleta metálica, por onde passa o fio. “O atrito provocado entre a borracha, o braquete e o fio metálico do aparelho tradicional é um impedidor da movimentação. Quanto mais atrito, mais lento o movimento. Quando tiramos a borracha, diminuímos o atrito e potencializamos a movimentação dos dentes”, explica o ortodontista da Rede OrtoEstética, Leonardo Mendes.  

Normalmente, um tratamento desenvolvido com aparelhos tradicionais ultrapassa a média de um ano. De acordo com o ortodontista da Rede OrtoEstética, Leonardo Mendes, com o aparelho autoligado, ele já conseguiu concluir casos entre seis e nove meses de trabalho. “Além da mecânica do aparelho autoligado acelerar o tratamento naturalmente, é possível que o profissional use fios metálicos específicos, que otimizam ainda mais a técnica”, completa Leonardo Mendes.

Além do tempo reduzido de tratamento, outra vantagem do aparelho autoligado é que o intervalo entre as manutenções pode ser maior, são mais higiênicos e exigem menos tensão, o que provoca menos dor. Mas, isso não diminui os cuidados. “O sucesso do tratamento também depende do paciente. É importante que ele siga as orientações para que o tratamento ocorra como previsto”, orienta o ortodontista da Rede OrtoEstética, Leonardo Mendes. O especialista alerta também que usar aparelho interligado não é garantia de tratamento mais rápido em todos os casos. 

“Como trabalhamos com movimentação dentária, não temos como precisar quanto tempo dura um tratamento e o quanto ele pode ser mais rápido com o aparelho autoligado. Isso depende da estrutura óssea, da raiz do dente e de outros fatores relativos ao paciente. Cada caso é um caso”, alerta o ortodontista da Rede OrtoEstética, Leonardo Mendes. Vale ressaltar, também, que o aparelho autoligado não pode ser usado em todos os casos. “Esse aparelho não é indicado para pessoas que têm problemas ósseos, pois, nesses casos, precisamos ter um maior controle do movimento”, conclui Leonardo Mendes.


Foto de arquivo: participação na Meia Maratona de João Pessoa (Maio/2018)

Um ano que passou correndo
         A equipe de Corre Limoeiro está completando 1 ano do dia 26 de maio e, para comemorar esta data, no domingo (27), a partir das 6h30 acontecerá um grande treino de aniversário. A Concentração acontecerá em frente a sede do Colombo Sport Club, que fica na Praça da Bandeira. A realização desse evento tem o apoio da Bridge School, China Express,Colombo Sport Club, Eduarda FrancinnePersonaltrainer, Fred Bebidas, KDK, Polpas Pomesqui, Prefeitura Municipal de Limoeiro e energéticos PoweBull.
No Treino de Aniversário do Corre Limoeiro, já está confirmada a presença de 130 atletas que fizeram suas inscrições e receberão a medalha comemorativa após a corrida de 7km que foi planejada para celebrar o aniversário da equipe. A cidade receberá corredores das cidades de Carpina, Chã Grande, João Alfredo, Lagoa do Carro, Passira, Vitória de Santo Antão e Tracunhaém, que juntos com a Equipe Corre Limoeiro farão um treino cheio de alegria e disposição.
         Após o Treino de Aniversário todos os participantes serão recepcionados com um café da manhã e um trio pé de serra que marcará também o lançamento da 1ª Corrida das Pontes de Limoeiro que acontecerá no dia 19 de agosto.
 A 1ª Corrida das Pontes já é um grande sucesso e será realizada pela equipe Corre Limoeiro em parceria com a escola de idiomas Bridge School, com o patrocínio da KDK, Casa Primor, Prefeitura de Limoeiro, Power Bull energéticos, Milet Sorvetes, Boy Cell Magazine, Star Hotel, China Express, Trevo Distribuidora, Farmácia do Trabalhador, Colégio 3° Milênio, ArenaSociety Macarrão, João Carlos Fonseca Escritório de Contabilidade e Clínica Nova Imagem. As inscrições para a 1ª Corrida das Pontes – Limoeiro podem ser realizadas a partir do dia 25 de maio através do site www.contime.com.br . Inscrições para grupos acima de 15 (quinze) participantes enviar e-mail para ponteslimoeiro@gmail.com.
A equipe de Corrida Corre Limoeiro em apenas 1 ano já conquistou muitos adeptos às corridas de rua e vem participado de corridas nas mais diversas cidades de Pernambuco e inclusive fora do Estado.

Fonte: Assessoria de Comunicação Corre Limoeiro



Aquecendo os preparativos para o São João na Princesa do Capibaribe, o Pré-Junino do Agreste chega pela primeira vez em Limoeiro com espetáculos de quadrilhas juninas e a participação especial da Quadrilha Belas Rosas e Mandacaru. O evento ocorre neste domingo (27), às 15h, na Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB), com ingressos que custam cinco reais e podem ser comprados na Secretaria de Cultura (Praça da Bandeira).

O evento é pioneiro em Pernambuco no formato e se tornou uma extensão que já vem sendo realizada pelo sexto ano consecutivo na cidade do Recife em um celeiro de grande expressão para o Movimento de Quadrilhas no Brasil. Ele contempla o calendário cultural abrindo o Ciclo Junino de Pernambuco.

Realizado pela FEQUAJUPE (Federação de Quadrilhas e Similares do Estado de Pernambuco), em parceria com as prefeituras dos municípios envolvidos do interior à capital, conta com uma programação que tem como carro chefe as apresentações das Quadrilhas Juninas Mirins e Adultas e um público de aproximadamente cinco mil pessoas em uma grandiosa prévia.

Esta fórmula que une história, cultura, pioneirismo, público apaixonado, atração turística e grandes tem como objetivo geral difundir, divulgar e manter vivas as tradicionais festas juninas, defendendo a cultura e a manutenção do folclore, como as tradições nordestinas que vislumbram o evento como principal atividade que antecipa as ações do ciclo junino no Estado.  Nesta edição, após as apresentações, contaremos com o show com a banda Forrozão na Boa.

Realização: FEQUAJUPE
Apoio: Prefeitura de Limoeiro e Secretaria de Cultura, Turismo e Lazer

O registro dos boletins de ocorrência (BOs) passará a ser descentralizado, podendo ser feito por qualquer autoridade policial – e não apenas o policial civil nas delegacias -, incluindo policiais militares, policiais federais, policiais rodoviários federais e de Casas Legislativas ou mesmo militares das Forças Armadas quando em atividade de segurança pública, como ocorre na intervenção no Rio de Janeiro. 

A determinação é de projeto de lei do senador Armando Monteiro (PTB-PE) aprovado por unanimidade, hoje (quarta-feira, 23), pela Comissão de Constituição e Justiça e que segue direto à votação da Câmara dos Deputados. Armando justifica sua iniciativa pela necessidade de se acabar com “o sistemático desrespeito ao cidadão brasileiro” pela dificuldade de se registrar um BO.

“Na maior parte dos estados, os crimes são registrados duas vezes, pela PM e pela polícia civil. Ocorre, assim, a ‘segunda vitimização’ do cidadão, obrigado a esperar horas nas delegacias depois de ter sido vítima de um crime. Hoje, ele é obrigado a ir a uma delegacia e aguardar o segundo registro criminal, quando poderia obtê-lo no local do crime ou inclusive na sua própria casa, quando o crime lá ocorrer”, enfatiza.

Lembrou que, em Pernambuco, a maior facilidade de se registrar boletins de ocorrência terá efeitos especialmente benéficos para a população, já que o estado, segundo Armando,  “ostenta vergonhosamente um dos maiores índices de violência e criminalidade do país”. 

Pelo projeto, o BO será feito pelo primeiro policial que realizar o atendimento à vítima e poderá ser registrado também pelo telefone 190. O boletim de ocorrência será compartilhado, de preferência eletronicamente, por todas as polícias, o Ministério Público e, conforme a infração, pela Defensoria Pública.

A proposta de Armando Monteiro estabelece que o boletim de ocorrência terá “relato sumário dos fatos com as suas circunstâncias, dados e elementos que permitam a atuação dos órgãos de segurança pública nos limites de suas atribuições”.

POLÍCIA NAS RUAS - O projeto determina que os BOs  formarão os bancos de dados do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e sobre Drogas (SINESP). Irão padronizar as classificações de ocorrências policiais, evitando, como ocorre atualmente, inconsistências e buracos estatísticos no SINESP que emperram a elaboração de políticas de segurança pública eficientes.

O BO terá de conter, no mínimo, oito tipos de informação. Elas vão desde a hora, local da ocorrência e unidade policial responsável, passando pelo nome, idade, número do RG e endereço residencial de todas as vítimas, testemunhas e suspeitos ou presos, até a condição física da vítima quando houver resistência à prisão ou prisão em flagrante. A quantidade e tipo de drogas ou armas, quando houver apreensão, terão igualmente de constar do BO.

Além de ampliar o controle do Ministério Público sobre a atividade policial, outro benefício do projeto listado por Armando Monteiro é o de que a descentralização do registro dos BOs permitirá aumentar o policiamento ostensivo – hoje o PM é obrigado a se ausentar das ruas por ter de aguardar o registro do BO na delegacia quando há prisão em flagrante.

Haverá, ao mesmo tempo, salienta o senador pernambucano, mais policiais civis para a atividade de investigação, já que um bom número deles estará liberado da burocracia do registro de ocorrências.

Foto: Ana Luiza Sousa/Divulgação

O Governo do Estado informa aos pernambucanos que está adotando todas as medidas que estão ao seu alcance para minimizar os efeitos danosos da paralisação nacional dos caminhoneiros, que protestam contra os aumentos exagerados no preço do óleo diesel. 

A solução para esse impasse, que está levando todo o Brasil ao colapso, está nas mãos do Governo Federal.

Estados e Municípios são hoje responsáveis pela maior parte dos recursos destinados às áreas de Saúde, Educação e Segurança Pública. Não é razoável que o Governo Federal pretenda que Estados e Municípios financiem a solução de um problema que foi criado por ele.

O Governo do Estado está em reunião permanente com o objetivo de reagir de forma ágil e planejada para assegurar a manutenção da ordem e dos serviços públicos essenciais. Estão sendo utilizados todos os meios para que isso ocorra. 

É importante que todos os envolvidos tenham a sensibilidade de não prejudicarem, com suas ações, os interesses da população e os serviços essenciais.


Governo do Estado de Pernambuco
O deputado estadual José Humberto (PTB) recebeu em seu gabinete, no início da semana, a visita do prefeito de Tuparetama Sávio Torres, seu aliado.

“É com grande satisfação que recebo o meu amigo e aliado Sávio Torres para tratarmos mais uma vez acerca das demandas do município. O meu empenho em favor de Tuparetama não apenas se resume ao envio de emendas ou ações em defesa do município aqui na ALEPE, mas também em encaminhar solicitações e interceder por Tuparetama junto aos mais diversos órgãos estatais. Este é o meu compromisso com o município”, destacou José Humberto.


Representante de Tuparetama na Assembleia Legislativa de Pernambuco, o deputado José Humberto é o responsável por viabilizar o envio de recursos por meio de emendas e defender os interesses do município junto ao Governo do Estado. Entre as ações promovidas pelo parlamentar estão indicações cobrando o reforço no policiamento, recuperação das rodovias da região e atividades voltadas ao incentivo e desenvolvimento da agricultura local.


 “É uma satisfação estar aqui com o deputado José Humberto, nosso parceiro e aliado político, oportunidade que aproveitei para apresentar alguns pleitos do nosso. Entre eles a questão da emenda parlamentar no valor de R$ 180 mil destinados à área de Saúde de Tuparetama. Além disso, conversamos sobre outros pleitos que dizem respeito a assuntos relacionados à CONAB, DNOCS, CORREIOS, entre outros órgãos nos quais contaremos com a ajudar do deputado José Humberto para garantir conquistas para o nosso município”, disse o prefeito Sávio Torres.

presentamos o Nove! 
São oito páginas de Quadrinhos, Literatura, Arte, Cultura Pop e mais. Queremos fomentar a leitura, abrir espaço para novos autores, apresentar opiniões e artes e, principalmente, publicar Quadrinhos! 

O material realizado pelo doutor em educação Fábio Paiva (@paivadosquadrinhos), pelo designer Igor Cabral e pela jornalista Juliana Almeida (@fornalha.literaria) terá periodicidade bimestral.

A primeira edição será lançada neste sábado (26), na Bienal Geek. O Nove será entregue na entrada do evento que começa às 10h. Serão dez mil exemplares distribuídos gratuitamente.

A capa foi desenhada pelo quadrinista pernambucano Roger Vieira (roger_vieiraa) que participa do coletivo Cratera (@coletivocratera).

A primeira edição do Nove também contará com quadrinhos de Roger Vieira, Silvio DB, Léo Santana e Rhebeca Morais. 
As matérias ligadas a ações sociais ficam por conta do Educação e Quadrinhos, que apresenta seu projeto educacional e da Editora CCS que mostra sua atuação na área.
Além disso a Fornalha Literária fala sobre a importância de não se trabalhar sozinho e sobre o financiamento coletivo para Quadrinhos.
Ainda há espaço para apresentar alguns dos coletivos de Quadrinistas de Pernambuco.


O Nove também está no instagram: @jornal.nove



Após diversas manifestações, Tribunal de Contas se manifesta sobre tomada de contas especial e o falecimento do responsável.

E finalmente, após diversas solicitações, o Tribunal de Contas da União, manifestou-se sobre os casos de falecimento do responsável em casos de tomada de contas especial – TCE.

Quanto ao tema, à Corte de Contas, estabeleceu que: “o falecimento do responsável e a inexistência de bens e de sucessores determinam o arquivamento da Tomada de Contas Especial – TCE, pela ausência de pressupostos de desenvolvimento válido e regular do processo, devendo a questão, todavia, ser remetida à Advocacia-Geral da União – AGU para que adote as providências cabíveis, visando o desarquivamento dos autos e o prosseguimento do feito, caso identifique a existência de bens em nome do falecido”.
A referida decisão foi publicada através do Boletim de Jurisprudência nº 212/2018, e está vinculada ao Acórdão 2246/2018, que tem como Relator o Ministro Benjamin Zymler.

Neste sentido, nos termos da Lei Orgânica do Tribunal de Contas da União, a competência do Tribunal se estende aos sucessores dos administradores e de todos os responsáveis cujos atos, originalmente, estavam sujeitos à fiscalização da Corte de Contas, mas apenas até o limite do valor do patrimônio transferido.

Por fim, cabe observar que, tendo o agente movimentado os recursos em conta particular, ou utilizado esses em proveito pessoal, os sucessores da ordem civil também deverão responder pelo débito.

Assim, a morte, como fato jurídico que é, acarreta consequências na esfera do Direito, quais sejam: extingue as penalidades impostas ao falecido, mas não extingue as obrigações civis decorrentes da responsabilidade civil.

Neste sentido: “sobre o processo de TCE, a morte do agente apresentará distintos efeitos, segundo o fato em apuração e o desenvolvimento do processo. Para o caso de o falecimento ocorrer após encerrado o prazo para prestar contas, mas antes do julgamento pelo Tribunal de Contas, o dever de prestá-las transmite a quem estiver exercendo o cargo, mesmo se as contas não foram prestadas no devido tempo, nos termos da Súmula nº 230 do TCU”.

Por fim, o dirigente da unidade, poderá, no entanto, caso não possua meios para prestar contas, pedir ao repassador dos recursos que instaure a Tomada de Contas Especial, visando reabilitar o órgão para receber novos recursos.

Se o falecimento, entretanto, ocorrer antes de encerrado o prazo para prestar contas, o dever de prestá-las transmite-se a quem estiver exercendo o cargo na data em que se consuma o prazo final para a prestação de contas.

Ao final o referido Acórdão afirma, que: “é preciso observar que os sucessores civis, quais sejam, os filhos, os netos, os genitores, o cônjuge, etc., somente responderão se ficar evidenciando que o agente falecido apropriou-se dos recursos públicos e, ainda assim, somente nos limites da força da herança. Para a ação do controle, considera-se abrangida na última expressão, força da herança, a pensão legada, posto ser irrazoável que o erário contribua para a família daquele que comprovadamente dilapidou o patrimônio público, devendo ser, contudo, respeitada a parcela alimentar da pensão”.

Com informações do Tribunal de Contas da União.

Por: IURI COIMBRA
Autorizada a reprodução mediante citação da fonte.
Copyright © 2018 - Portal de Prefeitura ®. Todos os direitos reservados
Fernando de NoronhaFoto: Divulgação

Após 12 anos sem partos, a Ilha de Fernando de Noronha (PE) recebeu um novo morador. No último sábado (19), uma dona de casa que não quer ser identificada teve seu bebê em casa. Segundo a assessoria de imprensa da ilha, a mãe não sabia da gravidez.

Sob a justificativa de que a manutenção da estrutura era alta demais, a única maternidade na ilha foi desativada em 2004. O assunto ganhou destaque no documentário "Ninguém nasce no Paraíso", do brasiliense Alan Schvarsberg, em 2015.
A nota da assessoria de imprensa de Fernando de Noronha informa que a criança recém-nascida foi trazida pelo casal à unidade hospitalar da ilha após o pai auxiliar a mãe no parto domiciliar.

Leia também:
Parto normal, artigo de luxo em Pernambuco


Ainda segundo o documento, a jovem não fez pré-natal e sua gestação não está registrada nas unidades de saúde do local. Mães que estão nesse registro precisam sair da ilha no sétimo mês de gravidez e retornam cerca de 15 dias após dar à luz. Elas seguem para Recife, a 545 km de distância.

Durante o pré-natal são monitorados na mãe os índices glicêmicos, hipertensão, diabetes, anemia, doenças transmissíveis, além da avaliação da condição da criança no útero. O arquipélago pernambucano é um dos principais destinos turísticos do Brasil, santuário ecológico e Patrimônio Natural da Humanidade, segundo a Unesco.


Com o objetivo de formar motociclistas mais conscientes e consequentemente reduzir o número de acidentes com os veículos de duas rodas, o Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE tem disponibilizado gratuitamente, Cursos de Pilotagem Defensiva em várias cidades pernambucanas. O treinamento é ministrado pela equipe de instrutores da Associação Brasileiras de Distribuidores Honda (Assohonda), sob a supervisão da Gerência de Ensino da Escola Pública de Trânsito.

No última sábado (19), motociclistas participaram do curso ministrado pelo piloto profissional Eduardo Ferreira, no estacionamento do Shopping Guararapes. Na ação, com duração de quatro horas, o treinamento é dividido entre fundamentos teóricos e práticos, abordando vários assuntos, entre eles: Definição e elementos dapilotagem defensiva; Condução em condições adversas; Ultrapassagens; Derrapagem; Ondulações e buracos; Cruzamentos e curvas; Técnicas de frenagem; Uso de Equipamentos de segurança e Manutenção correta das motocicletas. Na prática, são retirados ainda os retrovisores das motociclistas para forçar os alunos utilizarem a visão periférica, que muito auxilia nas manobras do dia a dia.

De acordo com o diretor presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, o Governador Paulo Câmara determinou como prioridade as ações educativas com o objetivo de reduzir ainda mais o número de acidentes no Estado. “Estamos investindo na educação como grande aliado e essa parceria com a Honda é uma oportunidade aos motociclistas que desejam elevar seus conhecimentos a condução no trânsito. Com isso, Pernambuco vem perseguindo a redução do número de acidentes e mortes no trânsito, principalmente com  motociclista.”, enfatizou.

Pernambuco possui atualmente uma frota de 986.807 motocicletas, sendo o Recife o município com maior número desses veículos, com o total 139.483.
A maioria das pessoas vive uma rotina intensa sem tempo para cuidar do próprio corpo e saúde. Foi pensando em melhorar a qualidade de vida dessas pessoas que os arquitetos MarceloNogueira e Jacqueline Litwak criaram o ambiente Escritório e Bem-estar. A ideia é aproveitar bem o “terceiro quarto” sem transformá-lo no “quarto da bagunça” e sim providenciar utilidade para o mesmo. O espaço multiuso pode ser conferido na III Mostra DeAaZ Decor, que acontece no Paço Alfândega, no Bairro do Recife, até dia 27 de maio.

O Escritório e Bem-estar é composto por três espaços integrados. Home office, uma área  para leitura e um espaço para atividade física. Todos pensados e projetados para oferecer qualidade de vida, com mobiliários horizontais e baixos que proporcionam um ambiente mais limpo e com luz amena. 

"Fizemos isso pensando nas pessoas que trabalham o dia inteiro, não possuem tempo para a prática de atividades físicas durante a rotina e ainda assim precisam de um espaço para trabalhar em casa e resolver alguma pendência durante meia hora, uma hora ou até um pouco mais”, afirma Marcelo Nogueira.

Para trabalhar em casa é necessário um espaço confortável. “Não dá pra ficar no sofá da casa, porque acaba sendo prejudicial à saúde, à coluna. Então, o nosso quarto multiuso prioriza a qualidade de vida, o conforto, a estética e a funcionalidade”, ressalta Jacqueline Litwak.


Marcelo e Jacqueline criaram uma ambientação voltada para o tema da Mostra ‘Arquitetura da Felicidade’, tentando integrar o interno com o externo. Utilizaram elementos que remetem à natureza e um colorido que dá vitalidade para o ambiente. Praticidade e facilidade para quem busca vencer os desafios da rotina em um local alegre e funcional.