Select Menu

Favourite

ULTIMAS NOTICIAS

REGIÃO

Imagens de modelo por TechTuner4u. Tecnologia do Blogger.

ASSUNTOS DIVERSOS

NOTICIAS DE LIMOEIRO

EDUCAÇÃO E SAÚDE

PERNAMBUCO

POLITICA

POLICIA

ACIDENTES

GALERIA DE FOTOS

Reprodução/TV Jornal
O crime aconteceu no dia 08 de março, quando a vítima resolveu pregar em frente a uma casa

A polícia prendeu o quarto suspeito de assassinar a facadas um evangélico que tentou ler trechos da bíblia em uma festa, no município de Carpina, Zona da Mata Norte de Pernambuco. Marcos Antônio do Nascimento, 23 anos, foi detido no centro da cidade, em um táxi, com a mãe. Na delegacia, ele confessou o crime e disse que agiu sozinho.

O caso aconteceu no dia 08 de março. O torneiro mecânico Fábio da Silva Tavares, 25 anos, teria parado em frente a uma residência onde acontecia uma festa e pregado a palavra de Deus. O suspeito e mais três pessoas não gostaram da atitude do rapaz e o esfaquearam até a morte. José Severino Pereira, Marlene Cândido de Oliveira e Maria Roberta da Silva foram presos em flagrante, após o crime.


Leia mais:http://tvjornal.ne10.uol.com.br/noticia/programa/bronca-pesada/2015/04/27/policia-prende-ultimo-suspeito-de-matar-evangelico-por-ler-biblia-em-festa-18985.php


Com a aproximação do mês de maio, o Governo Municipal de Limoeiro, através da Secretaria de Segurança Cidadã, Justiça e Trânsito e a Guarda Municipal realiza ações referentes ao movimento de atenção pela vida no trânsito no mês de maio 2015, como parte do movimento Maio Amarelo encabeçando os diversos eventos planejados pela pasta.

As principais ações incluem faixas em pontos estratégicos da cidade, uso de bonés da campanha pelos Guardas Municipais, palestras em escolas das Redes Estaduais e Municipais, ação educativa com distribuição de folders e bafômetros, entre outras ações. De acordo com o Coronel Felipe, responsável pela pasta no município, a intenção é chamar a atenção da sociedade para os altos índices de vítimas fatais no trânsito, desenvolvendo meios de estimular e promover atividades voltadas à conscientização de cada cidadão em relação ao trânsito.

“O Maio Amarelo é um movimento, uma ação, não uma campanha, ou seja, cada cidadão, entidade ou empresa pode utilizar o símbolo do “Maio Amarelo” em suas ações de conscientização tanto no mês de maio, como, na medida do possível, durante o ano inteiro. Cada um é convidado a promover atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito”, finalizou o Coronel.

Mais uma competição esportiva movimentará o cenário esportivo amador de Limoeiro. No início da noite desta segunda-feira (27), representantes das 25 equipes inscritas na Copa Limoeiro de Futebol, se reunirão no auditório da ACIL – Associação Comercial e Industrial de Limoeiro, para participarem do Congresso Técnico da competição, realizado pela Prefeitura do município.

Segundo o diretor de Esportes, Robertinho Galvão, a previsão é que cerca de 300 atletas participem do campeonato. “Até o momento, temos 25 equipes inscritas. O que dá, em média, 300 atletas. Estaremos nos reunindo hoje à noite para realizar o sorteio das chaves, confirmar os campos que serão sedes, apresentar a arbitragem e a comissão organizadora. Também estaremos a disposição para eventuais dúvidas dos presentes”, falou Galvão.

As equipes serão divididas em grupos. Onde serão cinco grupos com quatro equipes e outro grupo com cinco, avançando assim para a próxima fase os melhores colocados. No congresso técnico também serão sorteados os chamados “cabeça de chave”. A disputa está marcada para ter início no dia 10 de maio.
Nas eleições para Deputado e Governo de Pernambuco no ano de 2014, o vereador Baú da Capoeira, acabou deixando juntamente com outros vereadores o grupo da bancada da Situação. E passou a fazer oposição ao Governo Municipal, além de não apoiar as candidatura de Armando Monteiro, Ricardo Teobaldo e José Humberto (PTB), a Governo, Deputado Federal e Estadual.

Mas, ao que mim parece, tudo voltou ao normal esta semana. O Prefeito Thiago Cavalcanti, conversou com o vereador e alguns líder no Bairro João Ernesto e a que tudo indica, selou o retorno do vereador a bancada da situação na Casa Professor Agripino de Almeida.

Perguntamos ao vereador neste domingo (26), na eleição de seu irmão ao cargo de presidente da Associação, sobre sua ida para a situação novamente e ele disse que esta 99,9% certo, foi desta forma que o vereador nus respondeu.


E por isso temos visto postagem do vereador Facebook, onde o mesmo referência a execução de algumas obras suas a uma parceria com a prefeitura municipal de Limoeiro.
Começou na ultima sexta feira (24), no Clube Campestre em Campina Grande-PB, o Torneio Tintas Lux Tênis Open 2015.

E Thiago Moura, autor do projeto “Tênis para o futuro”, acabou sendo vice campeão. Ele aproveitou o torneio para divulgar seu trabalho e para consegui um patrocínio para o mesmo.

Thiago Moura conseguiu com a Tinta Lux, todo material para a pintura da quadra e marcação para a modalidade de tênis, além calçados para todas as crianças participantes do projeto. O Tenista e professor de Tênis, foi até Campina Grande com o apoio da casa primor que custeou sua viagem ate o evento

Com o Sucesso que o pernambucano natural de Feira Nova tem alcançado, foi convidado a ir ao Rio de Janeiro no Projac globo do rio, onde irar apresentar o projeto a nível nacional.

Se você quer conhecer o projeto, é só ir à quadra da Escola Intermediaria Padre Adauto Nicolau Pimentel em Feira Nova - PE, todos os sábados e que sabe você não possa ajudar com algo.


O telefone do Thiago para contato é (81) 9880-5188


Fotos: JC Imagem
Se você é torcedor do Sport comece o texto por aqui mesmo (se for do Salgueiro leia a partir do segundo). Por mais que o Leão fosse favorito no Pernambucano, e também no Nordestão, teria que comprovar isso no gramado. Como não fez, pagou caro com duas eliminações, sendo a deste domingo, na Arena Pernambuco, a mais frustrante por ter sido contra um adversário considerado teoricamente mais fraco e com uma folha bem menor do que o Leão. A verdade é que o semestre acabou para os rubro-negros com a eliminação no Estadual. O 1×1 com o Salgueiro em São Lourenço da Mata trouxe muita mágoa para o torcedor leonino, que nem em seu pior pesadelo imaginava cair de maneira tão dura, ainda mais depois de largar tão na frente dos rivais. Além disso, serve de alerta para o Brasileirão, uma competição muito mais difícil. Diego Souza marcou para o Sport enquanto Valdeir anotou para os sertanejos.
Já para o torcedor do Carcará vale o registro de algo histórico. Pela primeira vez o Salgueiro está na final do Pernambucano, vai enfrentar o Santa Cruz. Prova que a equipe do Sertão é sem dúvidas o melhor clube do interior nos últimos tempos. Mérito de um trabalho que há anos vem dando resultados com o acesso para a Série B em 2010 e as conquistas recentes de vagas na Copa do Nordeste. De quebra ainda tirou o Sport da final depois de onze anos. O sertanejo é ainda de tudo um forte.
As finais do Pernambucano começam na próxima quarta-feira com Salgueiro x Santa Cruz, no Cornélio de Barros, em Salgueiro. A volta é no domingo, no Arruda. Já Sport e Central decidem o terceiro lugar do Pernambucano – primeiro jogo na quarta, no Lacerdão, em Caruaru, e segunda partida no sábado, possivelmente na Ilha do Retiro.
Salgueiro Sport
Sport domina, mas de maneira desorganizada
Na desvantagem depois de ter perdido por 2×0 fora de casa, o Sport fez o que se esperava dele: foi para cima do Salgueiro. Teve maior posse de bola do que o adversário, pressionou até o último minuto e empurrou o adversário para o próprio campo. Na teoria, era para dar certo, mas faltou um detalhe importante: o domínio do Leão foi de maneira desorganizada, mais na base da vontade e da maior qualidade técnica do que na estratégia. Isso foi decisivo para o Carcará segurar os leoninos, que abusaram de chutões em alguns momentos e da pressa.
Com o passar do tempo, o nervosismo foi tomando conta do Leão. Nem mesmo o gol de Diego Souza aos 32 minutos do primeiro tempo acalmou os rubro-negros, que seguiram na ligação direta e descompactados no gramado. Para piorar, o técnico Eduardo Baptista matou a criação da equipe com as substituições – tirou Diego Souza e Régis. Foi tão desesperado quanto os seus jogadores. Não só durante o jogo, mas na armação do time. A desvantagem era muita, mas cabia maior tranquilidade para o Sport, que no final do jogo mais parecia um bando louco ao ataque do que um time que buscava a classificação. No final, ainda veio o castigo com Valdeir nos minutos finais.
Salgueiro Sport
FICHA DA PARTIDA – SPORT 1X1 SALGUEIRO
Sport: Magrão; Vitor, Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rithely, Neto Moura (Joelinton) e Élber; Régis (Mike), Felipe Azevedo e Diego Souza (Samuel). Técnico: Eduardo Baptista.
Salgueiro: Salgueiro: Luciano; Marcos Tamandaré, Ranieri, Rogério Paraíba e Marlon; Moreilândia, Rodolfo Potiguar, Vitor Caicó (Pio), Valdeir e Lúcio (Cássio); Kanu (Anderson Lessa). Técnico: Sérgio China.
Semifinal do Pernambucano (2º jogo) Local: Arena Pernambuco. Árbitro: Marcelo de Lima Henrique. Assistentes: Ricardo Chianca e Elan Vieira. Gols: Diego Souza (SPT) aos 32 minutos do primeiro tempo. Valdeir (SAL) aos 43 do segundo. Amarelos: Ranieri (SAL), Tamandaré (SAL), Neto Moura (SPT), Moreilândia (SAL), Luciano (SAL) e Anderson Lessa (SAL). Vermelho: Vitor (SPT). Público: 25.625. Renda: R$ 654.090.
Fonte:Blog do Torcedor/Alvaro Filho
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
O Santa Cruz tinha toda condição de levar o jogo em banho-maria depois de constuir uma vantagem monstruosa no primeiro jogo. Mas encarou a segunda partida com o Central como se estivesse tudo começando e venceu por 2×0 para não deixar margem para dúvidas. O resultado agregado ficou em 6×0 e o tricolor vai decidir o Campeonato Pernambucano 2015 a partir de quarta-feira (29), com o Salgueiro.
Nem deu para a Patativa sequer sonhar com a possibilidade de reação. Aos cinco minutos, João Paulo lançou Betinho quase na linha de pequena área. No melhor estilo pivô, o camisa nove ajeitou de cabeça para o lado, onde estava Emerson Santos em excelente condição. Ele chutou forte, sem chance de defesa para Beto. Não era um balde, mas uma caixa d’água fria na cabeça dos alvinegros.
O gol foi a primeira indicação de que o time da capital não jogava com os 4×0 da semana passada na cabeça. E também surpreendeu a disposição centralina, que mesmo com todo prejuízo não abriu mão de buscar o gol. Candinho cabeceou para fora cara a cara com Fred. E Betinho, na mesma posição, mas com os pés, desperdiçou o segundo gol após grande jogada de Tiago Costa. Quando ele finalizou por cima até o goleiro já estava batido.
Jogando sério sem deixar o adversário pressionar, o tricolor manteve o controle da partida. Até o final do primeiro tempo cada time teve outra boa chance. O Santa Cruz com Bruninho, bem defendida por Beto. E o Central com Roberto Pítio. O camisa 9 chegou um pouco atrasado e completou o cruzamento para fora.
Na volta para o segundo tempo, o técnico Ricardinho voltou com outra postura. Agora era segurar o jogo para evitar desgastes desnecessários e até riscos de contusão. Moisés entrou no lugar de Nininho, que já havia tomado uma pancada mais forte; e Edson Sitta assumiu o posto de Guilherme Biteco.
A primeira grande chance foi da Patativa. Fabinho fez boa jogada pelo lado direito e cruzou para Fabiano. Ele cabeceou com muito perigo, passando perto do travessão. O Santa Cruz respondeu aos 15. Emerson Santos aproveitou rebote da defesa e rolou para João Paulo que vinha sozinho, de frente para o gol. Mas na hora do chute, a bola subiu numa falha do gramado e o camisa 10 isolou a bola.
E como se fosse pouco tudo conspirava contra o time de Caruaru. Aos 24 minutos Everton levou o segundo amarelo e foi expulso. Apenas seis minutos depois, o goleiro Beto sentiu a coxa esquerda. Como as três substituições já haviam sido feitas, ele teve que ficar no sacrifício. Quando tudo já estava definido, o lateral Tiago Costa foi à linha de fundo e cruzou para o meio da área. Anderson Aquino emendou de voleio para fazer um belo gol.
Ficha do jogo:
Central: Beto; Ferreira (Fabinho), Everton, Mattia Binatti (Fabiano) e Jaílton; Natan, Jucemar e Luiz Fernando; Candinho, Roberto Pítio (Fernando Pires e Roger. Técnico: Humberto Santos.
Santa Cruz: Fred; Nininho (Moisés), Alemão, Danny Morais e Tiago Costa; Bileu, Bruninho, João Paulo (Anderson Aquino), Guilherme Biteco (Edson Sitta) e Emerson Santos; Betinho. Técnico: Ricardinho.
Local: Estádio Luiz Lacerda, em Caruaru. Árbitro: Nielson Nogueira. Assistentes: Marcelino Castro e Charles Rosas. Gol: Emerson Santos, aos cinco do primeiro. Cartões amarelos: Jaílton, Nininho e João Paulo. Expulsão: Everton.
FONTE: Blog do Torcedor/lvaro Filho
Início das obras foi autorizado pelo governador Paulo Câmara, nesta sexta-feira (24)

TAMANDARÉ - Palco da luta contra os invasores holandeses no passado, considerado um dos cenários mais importantes da história de Pernambuco, o Forte de Santo Inácio de Loyola, também conhecido como Forte de Tamandaré, será totalmente requalificado pelo Governo do Estado. O governador Paulo Câmara foi ao município, nesta sexta-feira (24), autorizar o início das obras. Mais cedo, o chefe do Executivo estadual fez a abertura do Todos por Pernambuco da Mata Sul, em Palmares.  

Com investimentos de R$ 6,8 milhões - recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do Estado -, o equipamento receberá serviços de revestimento de paredes e teto, hipermeabilização, esquadrias, pintura, monitoramento arqueológico, instalações hidrossanitárias e elétricas; além de climatização e tratamento paisagístico, entre outras intervenções. A previsão é de que as obras sejam concluídas dentro de seis meses.

Erguido no século XVII, o Forte de Tamandaré é um importante equipamento turístico, cuja visitação deve ser incentivada, como defendeu o governador Paulo Câmara. “Não podemos nunca esquecer que temos aqui um belo cartão postal de Pernambuco. Ampliaremos os atrativos dessa cidade com essa requalificação. Com certeza, muita gente tem a curiosidade de conhecer esse Forte”, ressaltou Paulo Câmara.

O governador destacou ainda a importância de se manter vivo o passado de lutas libertárias, travadas em terras pernambucanas. “Esse Forte vai relembrar a história desse município e da região; a história de Pernambuco. E Pernambuco tem muito a contar para o Brasil porque sempre fomos pioneiros nas tradições libertárias. Em pensar na democracia, na República e na melhoria da qualidade de vida do nosso povo. Em combater os que não estavam fazendo bem à nossa terra, como foi feito em tantas invasões que aqui ocorreram. É essa história que temos que contar para as novas gerações”, cravou Paulo.

SAÚDE - Ainda em Tamandaré, o governador inaugurou as novas instalações do Hospital José Múcio Monteiro, que foi reformado e ampliado. A intervenção recebeu recursos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM) e da Prefeitura do município, que apresentou o projeto na edição de 2013. O aporte foi de R$ 1,2 milhão.

Com a reforma e ampliação, o hospital, que contava com 16 leitos, distribuídos em clínicas médica, cirúrgica, pediátrica e obstetrícia, praticamente dobrou sua capacidade, passando a contar com 30 leitos. Além disso, a emergência da unidade de saúde, agora, conta com sala vermelha adequada, dentro dos padrões para atendimento de urgência e emergência; e boxes para observação dos pacientes, garantindo, assim, um atendimento eficaz e completo.

A nova estrutura tem um centro de diagnóstico com Raio X e laboratório próprios, para evitar transferências desnecessárias. O setor de triagem, agora com classificação de risco, garante atendimento prioritário para pacientes graves. O centro cirúrgico também foi ampliado, aumentando o número de cirurgias eletivas semanais, evitando a transferência para outros hospitais, o que vai gerar mais conforto e praticidade para a população. No município, o governador também visitou a Escola Almirante Tamandaré, reformada pela prefeitura. 


Recursos serão aplicados na retomada da requalificação da PE-004 e na implantação da PE-040 

CONDADO e TIMBAÚBA -  No esforço de melhorar a malha viária de Pernambuco, o Governo do Estado retomou a requalificação de uma rodovia e iniciou a construção de outra estrada. As duas intervenções estão sendo realizadas em municípios da Mata Norte, a partir de um investimento global de R$ 33,6 milhões.

Na região para participar do Todos por Pernambuco, o governador Paulo Câmara autorizou, nesta quinta-feira (23), em Condado, o reinício da requalificação da PE-004, no trecho entre os entroncamentos da PE-052, em Itaquitinga, e da PE-075, em Itambé. Orçada em R$ 19,6 milhões, a obra contempla 22 quilômetros e será entregue em 12 meses.

À tarde, de volta ao município de Timbaúba para a plenária do programa, o chefe do Executivo pernambucano autorizou a implantação de 21 quilômetros da PE-040, um pleito antigo da população. A intervenção, que receberá um aporte de R$ 14 milhões, também tem previsão de entrega em 12 meses.

De acordo com Paulo Câmara, investir nas estradas significa impulsionar o comércio e o turismo, além de aumentar a segurança dos pernambucanos durante seu deslocamento. "Essas duas intervenções são fundamentais para o desenvolvimento da região, não apenas para 2016, mas para os próximos 20 ou 30 anos. Estamos dotando Pernambuco da infraestrutura necessária para os empreendimentos que estão se instalando aqui”, argumentou.

O governador ressaltou que a sua presença em todas as regiões do Estado reforça o objetivo de governar Pernambuco por inteiro. “Aqui na Mata Norte nós temos a responsabilidade de oferecer a estrutura para o Polo Automotivo da Jeep, que emprega muitos pernambucanos e está iniciando um processo de desenvolvimento social e econômico na região”, pontuou Câmara.

INFRAESTRUTURA - Em quatro meses à frente do Executivo estadual, Paulo já entregou e autorizou novas obras viárias em todas as regiões do Estado. No Agreste, assegurou a retomada da duplicação da PE-160, em Santa Cruz do Capibaribe. Também viabilizou as restaurações da PE-103, em Bonito, e da PE-095, um trecho de 80 quilômetros que liga Limoeiro a Caruaru.

No Sertão, garantiu a implantação da PE-590, um trecho que ligará Ipubi ao distrito de Serrolândia, no Araripe; além da construção do acesso de Afogados da Ingazeira e Iguaracy ao distrito de Albuquerque Né, por meio da PE-292, no Pajeú. Câmara ainda viabilizou o contorno rodoviário de Sertânia, um trecho de 7,5 quilômetros, que vai beneficiar a região do Moxotó.  
Nesta quinta-feira (23), o PIM - Programa Idoso em Movimento promoveu um grande momento de reflexão alusivo a Páscoa, para poder agradecer a Deus pela vida. A confraternização contou com a presença do Padre Raimundo da Paróquia do Alto de São Sebastião, que debateu a simbologia da quaresma de forma ecumênica.

Para a coordenora do PIM municipal, Cecinha Amorim o momento foi de grande importância para os que estavam presentes. “Podemos confraternizar esse momento que passamos de um estágio de compreensão da fé. Não poderíamos deixar de agradecer toda a gestão pela dignidade e respeito pelo qual tratam nossos idosos”, falou Cecinha.

Também presente ao evento, a secretária de Desenvolvimento Social Rita Barros, destacou a necessidade de vivenciar esse momento com os integrantes do PIM. “Hoje é um momento de confraternização. Páscoa é passagem, é amor, é vida, é espírito de solidariedade e irmandade. Então nós trouxemos o Padre Raimundo para falar sobre a Páscoa isso porque no nosso trabalho social não tem raça, cor, ou religião, respeitamos sempre a individualidade. É uma forma de fortalecer o vínculo familiar dessas famílias com uma mensagem de solidariedade, sempre trazida por uma pessoa da nossa comunidade”, finalizou a secretária.

Ao fim da reunião, houve entrega de brindes e um lanche foi servido aos presentes.




Apesar de todos os problemas enfrentados diariamente por quem utiliza as rodovias estaduais, o Governo de Pernambuco publicou um decreto que retira do programa de “Restauração e Melhoramento da Malha Viária do Estado” recursos da ordem de R$ 7,5 milhões. A medida foi divulgada no Diário Oficial da última sexta-feira (17).

De acordo com a publicação, o valor, que seria destinado à recuperação das estradas em todo o Estado, será repassado para o Projeto de Apoio à Modernização e à Transparência da Gestão Fiscal do Estado (PROFISCO/PE). O objetivo do PROFISCO é ampliar a arrecadação de impostos estaduais.

Para o líder da bancada de oposição, deputado estadual Silvio Costa Filho (PTB), com a iniciativa o governo do Estado mostra que sua prioridade não é aperfeiçoar a qualidade da infraestrutura física do Estado, o que penaliza motoristas, produtores e a população em geral. “Reconhecemos que o Estado deve investir na sua capacidade de arrecadação, até para melhorar a qualidade do gasto público, mas o que se questiona é porque retirar o recurso de uma área tão essencial para a economia e para a segurança dos milhares de pernambucanos que trafegam por estas estradas. Parece que o governador está mais preocupado em gastar com a máquina da arrecadação do que com aquilo que beneficia a população”, afirma.

Segundo Silvio, o Estado poderia contingenciar recursos de outras áreas, a exemplo de cargos comissionados, custos com passagens e locação de veículos. “O Governo do Estado gasta milhões de reais em áreas que não são essenciais. Este dinheiro não traria mais benefícios para a população se aplicado em obras de como a recuperação de estradas?”, indaga.

Ainda segundo o parlamentar, uma análise detalhada do uso dos quase R$ 7,5 milhões que serão aplicados no PROFISCO mostra que valores expressivos serão gastos, por exemplo, na compra de celulares e computadores, no gasto com passagens e diárias ou em consultorias na áreas de tecnologia da informação”. Neste último item, por exemplo, o investimento será de mais de R$ 1 milhão.

“Quem circula por Pernambuco sabe que nossas estradas estão em completo abandono. Vejamos os exemplos da PE-082, na zona da Mata Norte, ou da PE-275, no Sertão do Pajeú, que apareceram em uma pesquisa nacional divulgada no final do ano passado, como algumas das piores do País”, exemplifica Silvio Costa Filho.

O líder da bancada de oposição se refere à pesquisa divulgada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), que analisou mais de 3 mil quilômetros de estrada em Pernambuco. Do total, apenas 1,2% foram considerados “ótimos”, e 30,5% foram classificados como ruins ou péssimos. “Vale destacar que essa pesquisa foi feita por amostragem, ou seja, avaliou pouco menos de 20% de nossa malha viária. Precisamos saber como estão sendo utilizados os recursos que o Estado arrecada para a recuperação de nossas rodovias”, reforça.
Diego Soares, presidente da ASPOL/PE: Pacto pela Vida está falido!
Falta combustível para viaturas, estrutura física adequada, coletes, algemas, armamento em boas condições, efetivo. Absolutamente tudo!
A Associação dos Policiais Civis de Pernambuco (ASPOL/PE) denuncia as péssimas condições de trabalho a que os servidores da delegacia de Sertânia estão sendo submetidos. Eles laboram em um ambiente insalubre, com paredes sujas e a constante presença de escorpiões, o que compromete a saúde desses servidores, bem como a dos cidadãos.
Diego Soares, presidente da ASPOL/PE, argumentou que o vídeo da unidade policial do sertão deixou claro que, realmente, o Pacto pela Vida está falido. “Por isso, chamo a responsabilidade para a sociedade Pernambucana zelar pela sua Polícia Civil, cobrando do Governo uma política que valorize o servidor, ou seja, um pacto pelo policial. Caso contrário, não teremos meios para combater a crescente criminalidade em nosso estado, visto que falta absolutamente tudo: combustível para viaturas, estrutura física adequada, coletes, algemas, armamento em boas condições de uso, efetivo. E para piorar, a remuneração paga aos policiais é totalmente defasada. Enfim, quem trabalha com improviso é ATOR e não POLICIAL”, disse.
Contra fatos não há argumentos. Esta não é apenas umas das máximas mais populares do repertório linguístico brasileiro, mas a chave para as reflexões que pretendo, aqui, iniciar acerca dos últimos episódios envolvendo o principal espaço de vivência das políticas para a juventude na nossa amada Carpina. O espaço popularmente conhecido como “Casa das Juventudes” é, na verdade, um projeto de abrangência estadual, implantado pelo governo de Pernambuco nos municípios que desenvolvem projetos voltados aos jovens, com a finalidade de retirá-los da ociosidade por meio da oferta de oficinas variadas e, sobretudo, como espaço de promoção da cultura em suas mais variadas vertentes.
Nesse sentido, enquanto gestora da Secretaria da Juventude deste município, lutei arduamente pela conquista deste espaço, a fim de que tivéssemos possibilidades de ofertar ao jovem carpinense um espaço voltado à sua formação cultural, profissional e, principalmente humana. Hoje, muito me entristeço ao perceber que o fruto de tanta dedicação e esforço, que o resultado de dias e dias sucessivos de trabalho intenso, que a concretização de um grande projeto, que a personificação de um grande e sincero sonho passa a estampar os espaços midiáticos de forma negativa.
Posso, inclusive, na condição de quem foi à luta por essa juventude, afirmar que as manchetes que ganham corpo em diversos meios de informação causam vergonha. Vergonha e revolta. Ao mesmo tempo, tomo contato com postagens diversas, as quais, em parte dos casos, tentam justificar o injustificável e, pasmem, tentam ferir quem demonstra indignação com o fato ocorrido. Não se trata de uma calúnia, como alguns fizeram questão de argumentar; não se trata de difamação, como outros tantos fazem questão de dizer. Trata-se da constatação de que um espaço público e, portanto, mantido pelo dinheiro do povo estava sendo utilizado para “reuniões” de caráter inadequado.
Sendo assim, sugiro que os presentes em tais “reuniões”, e os responsáveis por aquele espaço, poupem as suas energias e guardem os seus discursos vazios. Afinal, alguém precisa explicar por qual motivo a Casa das Juventudes estava sendo usada para certas “reuniões”. O povo carpinense, o contribuinte, precisa saber por que motivos um espaço de promoção da cidadania deixou de cumprir com o seu papel. Por fim, gostaria de destacar que mantenho a minha consciência tranquila. Tranquilidade conquistada pela certeza de que luto pelos interesses da juventude de Carpina. Luto pelos interesses do nosso povo. Luto pelo exercício da nossa cidadania, enfim, luto por esta e pelas próximas gerações. Enquanto isso, quem critica a minha postura e tenta, repito, justificar o injustificável, permanece contribuindo para que, conforme afirma uma certa música parafraseada por uma certa jornalista, o povo continue “dançando, dançando, dançando...”.

Emanuela Rosa Araujo Pinto Lapa*
*Professora, ativista dos movimentos sociais e ex-secretária de Juventude do Carpina.



Já foi o tempo em que picada de mosquito era apenas desagradável. Hoje ela pode até matar!
A dengue está de volta com variações mais agressivas, nossos cuidados devem ser redobrados. Com isso em mente, descobri uma dica de repelente caseiro que utiliza cravo-da-índia e, além de não ter aquele cheiro típico dos repelentes industrializados, é muito eficaz e é usado até mesmo por pescadores. Vale apena dar uma conferida!

Ingredientes:

  • 100 ml de álcool
  • 1 pacote de cravo da Índia (10 gr)
  • 1 vidro de óleo de amêndoas (100ml)

Modo de preparar:

  • Deixe o cravo curtindo no álcool uns 4 dias agitando, cedo e de tarde;
  • Depois, coloque o óleo de amêndoas. Pode ser outro óleo corporal.

Como usar:

  • Passe pequena quantidade no braço e pernas e o mosquito nem vai pensar em chegar perto de você.
  • Escrito por 
  • Veja abaixo o video do BOMBEIRO ORIENTANDO

   Fotos:jair Ferreira/folhadelimoeiro

A Associação dos Moradores do Bairro João Ernesto, neste domingo (26), elegeu o seu novo presidente.

Por todo o dia deste Domingo, os moradores cadastrado e contribuintes, vieram ao prédio da associação onde o COMONG, com Ursula e Marcos Dr.Marcio Pimentel, juntamente com a diretoria Realizou a eleição para o biênio 2015/2016. Após ter terminado o período para as inscrições das chapas no edital, e por não aparecer nem outra chapa inscritas, o candidato Edevan Correia da Silva, (Van Guarda), o mesmo é irmão do vereador Baú da Capoeira.

Mais de 200 sócios em dia compareceram para votar e por aclamação elegeram o novo Presidente e Conseqüentemente a nova diretoria. A associação do Bairro é uma das mais antigas no município, e também é a que mais tem movimentado seu espaço com cursos e ação social voltada para a comunidade. No momento a associação tem mantido 18 atividades em funcionamento.

O vereador Baú da Capoeira tem ajudado a manter o espaço movimentado e funcionando, junto com ele está um dos fundadores e construtor do prédio da associação, Julio da Vassoura. O Prédio da Associação do Bairro um dos maiores na Região foi construído por seu Damião (Damião da Igreja) e sua Diretoria quando o mesmo era presidente.

A diretoria eleita ficou assim constituída:

Presidente. Edevan Correia da Silva (Van Guarda)
Vice-Presidente. Julio Jorge de Matos (Meio Kilo)
1ª Secretaria. Creusa da Silva Oliveira
Secretario.John Clayton da Silva

Conselho Fiscal

  1. Emanuel Pedroso de Pina(Manoel Português)
  2. Maria José Correia da Silva
  3. Maria Elmice Ferreira da Costa


Suplentes
  1. Edvaldo Correia da Silva (Baú da Capoeira)
  2. Fabio de Souza Silva
  3. Saul Jose de Luna

Diretoria do COMONG

Presidente e vice eleito












   Foto das Calu independente

Morre nesta sesta feira (24) em Limoeiro, o Sócio Fundador da ACAL (Associação Carnavalesca de Limoeiro).

Morreu na manha desta sexta feira (24), no Hospital Regional de Limoeiro, aos 69 anos o senhor, Manoel Ferreira de Lima, mais conhecido como Neo da Calú. Ele tinha este nome em virtude de ter criado a agremiação carnavalesca de Limoeiro “As calús independente”, ele ainda foi sócio fundador da ACAL.
O mesmo passou mal na manha de segunda feira e foi levado as pressas ao Hospital aonde veio a Óbito. O corpo foi levado para o SVO (Serviço de Verificação de Óbito) na capital pernambucana para que possam ser esclarecidas as causas da morte.

O mesmo morava na Rua Pedro Fernandes de Almeida, ao lado da Creche do alto São Sebastião.
As inscrições dos pescadores do Agreste e do Sertão serão realizadas de 27 a 30 de abril

O Governo de Pernambuco lança a quarta edição do Chapéu de Palha da Pesca, atendendo 57 municípios do Estado. O cadastramento dos pescadores será dividido em duas partes. Primeiro será a vez dos pescadores do Agreste e do Sertão se cadastrarem entre os dias 27 a 30 de abril. A segunda etapa, para os pescadores do Litoral, será de 18 a 22 de maio. Assim como na Zona Canavieira e na Fruticultura Irrigada, o programa tem a coordenação da Secretaria de Planejamento e Gestão.

Criada em 2011, a ajuda chega durante o inverno, período em que a pesca artesanal é proibida. O programa atenderá inicialmente os trabalhadores de 35 municípios do Agreste e do Sertão do Estado. O horário de atendimento será das 9h às 17h nas colônias e associações de pescadores ou escolas estaduais e municipais.

Atualmente está em andamento o Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada, no Sertão, e da Zona Canavieira.  No primeiro, 9.897 trabalhadores estão sendo beneficiados pelo programa em sete municípios da região. Na Zona Canavieira, o Chapéu de Palha cadastrou 10.735 mil trabalhadores em 25 municípios da Mata Norte. As inscrições para os trabalhadores da cana da Mata Sul serão realizadas em maio.

Para se cadastrar no Chapéu de Palha da Pesca, o pescador ou a pescadora deve ser maior de 18 anos. Vale ressaltar que os marisqueiros e marisqueiras também podem participar. Os pescadores artesanais aposentados ou que estejam recebendo benefícios de INSS ou do Defeso não pode se cadastrar no programa.

No ato do cadastramento, é preciso ter mãos originais e cópias dos documentos de Identidade, CPF, comprovante de residência, carteira de trabalho, carteira do Ministério da Pesca, Registro Geral da Pesca ou protocolo que comprove a inscrição do pescador ou pescadora junto ao Ministério da Pesca , além do número do PIS ou do NIS (cartão do Bolsa Família ou Cartão Cidadão).

Os beneficiários do Chapéu de Palha receberão quatro parcelas de até R$ R$ 256,52 complementar ao valor recebido pelo programa Bolsa Família. Caso o trabalhador cadastrado prefira indicar uma pessoa do seu núcleo familiar para fazer uma das atividades oferecidas pelo Chapéu de Palha, também deve levar, no momento do cadastro, CPF e comprovante de residência do indicado (original e cópia). Os cursos são realizados em parceria com as seguintes secretarias estaduais: Educação; Meio Ambiente e Sustentabilidade; Agricultura e Reforma Agrária; Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo e Mulher. A coordenação geral do Chapéu de Palha é da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag).

Pesca artesanal - Quer seja no mar, que seja em rios ou no mangue, compreende-se por pesca artesanal a atividade que envolve a mão de obra familiar sem vínculo com empresas pesqueiras, e que faz uso de pequenas embarcações, como canoas, jangadas e barcos de estrutura bem mais simples que as usadas pelos pescadores profissionais. Salvo pesca da lagosta, que acontece de junho a dezembro no litoral pernambucano, outros tipos de cultura como, caranguejo, siri, marisco, guaiamum e camarão fazem parte da pesca artesanal e estão inclusos no programa. 

O Programa - Implementado pela primeira vez na gestão do ex-Governador Miguel Arraes, o Chapéu de Palha foi resgatado para atender aos trabalhadores rurais da palha da cana e suas famílias, na região da Zona da Mata, durante o período da entressafra da cana de açúcar. Hoje, o Programa tem três frentes de atendimento: o Chapéu de Palha da Fruticultura, da Cana de Açúcar e da Pesca. Funciona com a coordenação da Secretaria de Planejamento e Gestão e várias secretarias envolvidas para a realização de atividades educativas, de reflorestamento, emissão de documentos, entre outras ações com foco na melhoria da qualidade de vida do trabalhador. Em 2012 foi premiado pela Organização das Nações Unidas (ONU). Em Nova York, o ex-governador Eduardo Campos recebeu o prêmio como um reconhecimento às ações governamentais que contribuem para a inclusão social.

Para mais informações: 0800 282 5158.

Números gerais
Zona Canavieira (2007 a 2014)
231 mil Trabalhadores beneficiados
Valor investido: R$ 178 milhões
Municípios contemplados: 52
Período do programa: abril até agosto

Fruticultura Irrigada (2009 a 2014)
82 mil trabalhadores beneficiados
Valor investido: R$ 60 milhões
Municípios contemplados: 7
Período do programa: janeiro até maio

Pesca Artesanal (2012 a 2014)
24 mil pescadores beneficiados
Valor investido: R$ 15 milhões
Municípios contemplados: 57
Período do programa: maio até setembro
Foto:Juliana Leitao/DP/D. A. Press/Arquivo

Secretário de administração explica que, até abril, a folha salarial ainda estava consumindo 58% da receita, o que é proibido pela Lei de Responsabilidade Fiscal


Os moradores de Carpina não têm muito a reclamar do São João, que atraiu bandas e cantores famosos como Aviões do Forró e Michel Teló. Mas, nem todos os servidores andam satisfeitos. Segundo informações enviadas ao Whatsapp do Diario, a prefeitura municipal, administrada por Carlos Vicente (PSB), vem atrasando salários com frequência, mesmo depois de reduzir percentuais em até 15% e demitir contratados em 2013, primeiro ano de sua gestão. O governo municipal, entretanto, contesta e rebate as denúncias.

“Reduziram 15% do salário dos funcionários dizendo que seria temporário, só até dezembro de 2013, mas já estamos na metade do ano de 2014 e nada foi regulamentado… Mas, o São João foi garantido. É a tal da política de pão e circo.”, informou uma leitora, pedindo anonimato.

Segundo o secretário de Administração do município, Roberval Araújo, a folha de pessoal estava ultrapassando os 54% determinados pela Lei de Responsabilidade Fiscal e o município precisava reduzir gastos. Ele explicou ainda que o salário não está atrasado, porque toda prefeitura tem o direito de pagar até o dia 5º dia útil do mês.  “Não temos pendência nenhuma com o 13º salário e o São João não comprometeu o pagamento dos funcionários”, acrescentou o titular de administração.

Roberval Araújo lembrou que o corte de pessoal contratado é de praxe de todo gestor que assume uma prefeitura. “No tocante às gratificações irregulares, reduzimos mesmo. Não mexemos nos salários, mexemos nas gratificações irregulares. Tinha servidor ganhando até 150% em cima do salário de gratificação”, protestou.  

De acordo com os últimos números divulgados pelo Índice Firjan em 2011, na gestão anterior, a Prefeitura de Carpina ocupava o 56º lugar entre os municípios do estado no gasto com folha de pessoal. A pontuação do índice varia de 0 a 1, sendo que, quanto mais próximo de zero, pior é a situação. O governo, naquela época, recebeu nota 0,3975.

O Índice Firjan é uma ferramenta de controle social que tem como objetivo estimular a cultura da responsabilidade administrativa. Ele cobra maior aprimoramento da gestão fiscal dos municípios, bem como o aperfeiçoamento das decisões dos gestores públicos quanto à alocação dos recursos.

A reportagem checou que a Prefeitura de Carpina também tem, atualmente, uma das prefeituras mais enxutas de Pernambuco, com apenas seis secretarias. A página oficial do governo, ao contrário de outros municípios do estado, tem portal da transparência. Em 2011, por outro lado, as contas da prefeitura foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado. Em 2012, foram aprovadas com ressalvas. 

Fonte: Aline Moura - Diario de Pernambuco
Leia mais:http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/politica/2014/07/01/interna_politica,513393/oposicao-e-governo-em-carpina-na-queda-de-braco.shtml