Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Sem o apoio da Confederação Brasileira de Futebol, a Primeira Liga começa nesta quarta-feira


folha limoeiro 01:12:00 0

O que deveria ser um torneio para testar a capacidade dos clubes brasileiros se organizarem sem a intervenção daCBF acabou virando uma grande rebelião contra a entidade que comanda o futebol no país.
Criada em outubro do ano passado na esteira dos escândalos de corrupção no futebol mundial, a Primeira Liga começou como um torneio amistoso entre times do Sul, de Minas e do Rio a ser disputado nos primeiros meses de 2016, período de pré-temporada no Brasil. Naquele momento, a CBF tinha aprovado a realização da competição e prometeu não interferir desde que fossem respeitada “a disciplina do futebol, os estatutos, o ordenamento jurídico, direitos dos atletas e calendário nacional”. Após pouco mais de dois meses e depois de muita discussão sobre os moldes da competição, os dirigentes de Flamengo, Fluminense, Atlético-MG, Cruzeiro, América-MG, Grêmio, Internacional, Coritiba, Atlético-PR, Criciúma, Avaí e Figueirense conseguiram finalmente se organizar e divulgaram a tabela oficial da Primeira Liga em 15 de janeiro, apenas 12 dias antes da rodada inicial. Em nota assinada pelo presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, presidente da Liga Sul-Minas-Rio, os cartolas esclareceram que houve preocupação de evitar qualquer conflito com os jogos de campeonatos estaduais, que começam em 30 de janeiro. Seriam três rodadas na primeira fase, disputadas de 27 de janeiro a 10 de março. As semifinais aconteceriam em 23 e 24 de março e a final, em jogo único, foi marcada para 31 de março.
Foi somente neste momento, quando o torneio virou realidade, que a situação mudou de figura. Pressionada pelo presidente da FERJ (Federação de Futebol do Rio de Janeiro), Rubens Lopes, que não quer ver Flamengo e Fluminense em um torneio fora de suas asas, a CBF voltou atrás e resolveu proibir a realização da Primeira Liga na segunda-feira, dois dias antes da primeira rodada. Em nota, a entidade liberou jogos em caráter amistoso até 30 de janeiro. Depois dessa data, a competição passaria a ser ilegal e seus participantes estariam sujeitos a multas, suspensões e até desfiliação. A FERJ também se mexeu. Ameaçou não repassar a verba de televisão do Estadual do Rio para Flamengo e Fluminense, mesmo com os dois clubes confirmados no Campeonato Carioca, e disse que iria distribuir os 14,4 milhões de reais aos outros clubes do torneio.
A resposta dos integrantes da Primeira Liga foi imediata. Respaldados pelos artigos 16 e 20 da Lei Pelé, que permitem que os clubes participem de ligas nacionais ou regionais sem a autorização prévia da CBF e de federações até 31 de março, mantiveram o calendário. “Tentamos dialogar a fim de buscar uma solução e inclusive havíamos recebido de parte da CBF, em mais de uma ocasião, uma garantia de não intervenção na Primeira Liga, o que hoje mostrou-se não ser verdade. À Primeira Liga interessa dar uma resposta ao torcedor, que é o real motor do futebol nacional. Aguardamos todos os torcedores apaixonados por futebol em um dos 6 estádios que nesta quarta e quinta sediarão a nossa rodada inicial”, diz a nota divulgada pela Liga. A CBF, no entanto, ainda não se deu por vencida. Deve buscar até na FIFA meios de anular a organização.
Sem o apoio da Confederação, a Primeira Liga começa nesta quarta-feira formada por 12 clubes de cinco Estados brasileiros: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Seis jogos devem acontecer na primeira rodada, na quarta e na quinta. A CBF encara oficialmente a competição como clandestina. Sugeriu que a edição de 2016 fosse cancelada e prometeu estudar uma maneira de incluí-la apenas no calendário de 2017. Os clubes, porém, resolveram ir à luta. Já venderam os direitos de transmissão e dizem que vão manter os jogos. A primeira rodada do torneio será disputada. A segunda, ilegal, segundo a Confederação, está marcada para 6 e 17 de fevereiro. Até lá, estará formado um cenário mais claro dessa disputa. Quem manda de fato no futebol brasileiro? A CBF ou os clubes? Em breve saberemos a resposta.
Confira a tabela completa da Primeira Liga:
Primeira Rodada
27.01.2016
Criciúma x Cruzeiro
Fluminense x Atlético PR
Atlético-MG x Flamengo
Internacional x Coritiba
28.01.2016
América MG x Figueirense
Avaí x Grêmio
Segunda Rodada
06.02.2016
Figueirense x Atlético MG
06.02.2016
Grêmio x Coritiba
17.02.2016
Cruzeiro x Fluminense
Internacional x Avaí
Flamengo x América MG
18.02.2016
Atlético PR x Criciúma
Terceira Rodada
02.03.2016
Atlético MG x América MG
06.03.2016
Grêmio x Internacional
09.03.2016
Flamengo x Figueirense
10.03.2016
Coritiba x Avaí
Fluminense x Criciúma
Cruzeiro x Atlético PR
Semifinais
23.03.2016 e 24.03.2016
Final
31.03.2016
Fonte:El Pais

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga