Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Compesa anuncia aumento na conta de Aguá dos pernambucanos


folha limoeiro 20:39:00 0

A Agência de Regulação de Pernambuco (Arpe) anunciou, nesta sexta-feira (19), o reajuste de 10,69% na conta de água. O percentual é referente à reposição da inflação, considerando o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e o Índice Geral de Preços ao Mercado (IGPM) dos últimos 12 meses. Além de possibilitar que a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) recupere perdas inflacionárias de 2016, o reajuste vai permitir que a companhia continue investindo em obras e na melhoria da prestação de serviço em todo o estado. Para 2016, a previsão de investimentos é de R$ 800 milhões, quase o dobro do que foi investido em 2015, que fechou com R$ 489 milhões.

A variação da inflação no período encareceu os principais insumos que são à base das operações da Compesa. Só em 2015, o custo de energia da empresa foi de R$ 45 milhões a mais por conta do aumento sofrido pela conta de energia, muito acima do que havia sido planejado pela companhia. No geral, as despesas em 2015 tiveram um acréscimo de 16% em relação ao ano anterior e a energia subiu cerca de 30%. 

Outro fator que elevou as despesas foi a crise hídrica, que já está em seu quinto ano consecutivo. Com várias cidades em colapso e pré-colapso de abastecimento, a Compesa precisou investir em obras e outras soluções emergenciais para não deixar a população sem água. “Das 172 cidades atendidas pela Compesa, todas estão recebendo água, ainda que não seja pela rede de distribuição. O estresse hídrico é maior no Agreste, onde continuamos atendendo a população, mesmo com Jucazinho acumulando menos de 2% da sua capacidade. Essas medidas alternativas de abastecimento aumentam os custos da empresa”, explicou o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

Com o reajuste dado pela Arpe, a tarifa de água residencial normal subirá R$ 3,59 por mês, custando R$ 37,24 o valor de 10 mil litros de água. Já para a tarifa social, o aumento será de R$ 0,76, totalizando R$ 7,96 para esse mesmo volume de água por mês. Em Pernambuco, 95% da carteira da Compesa é de clientes residenciais e mais de 60% deles consomem igual ou menos que 10 mil litros mensais. O percentual entrará em vigor 30 dias após a publicação, ou seja, em 19 de março de 2016. A diferença de valor nas faturas, no entanto, será paga a partir de abril até maio, a depender da data da leitura do hidrômetro e do vencimento da conta.

Ao atualizar o valor cobrado pela água conforme o que é regulamentado pela legislação, a Arpe evita o desequilíbrio financeiro e permite que a Compesa mantenha o ritmo de crescimento, sendo uma das empresas que mais investem em todo o Norte e Nordeste mesmo com o cenário de crise. “Traçamos a meta de investir R$ 800 milhões este ano, sendo R$ 386 milhões em água e R$ 414 milhões em esgoto. E, para que possamos colocar isso em prática, é importante que a empresa esteja equilibrada”, declarou Tavares.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga