Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Oposição: UPA do Arruda, é retrato do descaso com a saúde pública


folha limoeiro 22:36:00 0



A UPA do Arruda, anunciada pelo Governo do Estado, em 2012, é um exemplo de descaso com a saúde pública e com o patrimônio do Estado. Pronta desde outubro de 2014, a unidade de saúde ainda não serviu ao seu propósito: prestar atendimento médico aos cerca de 32 mil moradores do Arruda e bairros vizinhos.

Em nome da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o deputado Silvio Costa Filho (PTB) aproveitou o período pós-Carnaval para visitar a unidade, atendendo a apelo de moradores da região que encaminharam denúncia à Oposição pelo Pernambuco de Verdade (www.pernambucodeverdade.com). Na visita, o parlamentar pode comprovar um cenário de completo abandono da UPA, que hoje se encontra sem nenhuma condição de uso.

Por causa do tempo parada, a unidade está com as instalações elétricas deterioradas, vidros quebrados e instalações hidráulicas danificadas. “O Governo investiu cerca de R$ 6 milhões nesta obra e, hoje, se quiser coloca-la em operação vai precisar gastar pelo menos mais R$ 1 milhão criticou Costa Filho. 

Para o deputado, o mais grave é que apesar do quadro de carência de atendimento na Capital pernambucana, nem o governador Paulo Câmara, nem o prefeito Geraldo Júlio, que teria o papel de cobrar uma posição de seu aliado, se pronunciam sobre o empreendimento.

O parlamentar lembra que a UPA do Arruda já foi alvo de denúncia da Oposição, em março do ano passado, assim como outras unidades igualmente prontas mas que não foram entregues à população, como a UPA de Goiana, por exemplo. “Esse é um dos maiores exemplos da falta de planejamento do governo do PSB no Estado, que anuncia obras, coloca placas, mas não coloca em operação por falta de recursos técnicos e humanos”, avaliou.

O líder da Oposição destaca ainda que o primeiro ano da gestão Paulo Câmara foi marcado pelo fechamento de leitos hospitalares da rede estadual de saúde, segundo dados do Datasus. “Em dezembro de 2014, Pernambuco tinha 5.827 leitos de internação em sua rede estadual, número que caiu para 5.474 em outubro do ano passado. São 353 leitos a menos”, comparou. Silvio afirma que vai aproveitar a volta dos trabalhos na Alepe para propor que o secretário de Saúde, José Iran Costa, seja convidado para apresentar um cronograma de inauguração das UPAs atrasadas e para dar explicações sobre o fechamento de leitos na rede pública de saúde.







«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga