Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Pernambuco reforça Dia Nacional de Combate ao Aedes aegypti


folha limoeiro 23:34:00 0


Em ação conjunta com o Governo Federal e as Forças Armadas, Estado intensificou enfrentamento ao mosquito 


O Governo de Pernambuco reforça, neste sábado (13.02), o Dia Nacional de Combate ao Aedes aegypti, com a intensificação das ações contra o avanço das arboviroses em todas as regiões do Estado. O governador em exercício, Raul Henry, e o secretário estadual de Saúde, Iran Costa, receberam a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, e o Comandante do Exército, general  Eduardo Villas Bôas, para a realização de atividades conjuntas entre os Executivos federal e estadual, além da participação das Forças Armadas. A solenidade de abertura das ações ocorreu no Comando da 7ª Região Militar, no bairro da Várzea, no Recife. 

"É uma ação simultânea no Brasil inteiro. Esse é um desafio que a sociedade brasileira, o Estado brasileiro e todas as instituições têm que participar. Só vamos resolver essa tragédia de saúde pública com um grande mutirão nacional. E acho que o caminho é esse mesmo. É o caminho de mobilizar todas as forças de Estado e da sociedade para enfrentar esse desastre, que talvez seja o maior da história do País", destacou Raul Henry.

A ministra Tereza Campello lembrou que muitas das ações de combate ao mosquito podem e devem ser feitas pela própria população, o que reforça a necessidade da conscientização e do engajamento de todos. “Estamos aqui em Pernambuco, com diversas entidades de todas as esferas do Governo, com a participação das Forças Armadas, inaugurando mais um momento importante para mobilizar, alertar e orientar a população sobre a importância do combate ao mosquito. São medidas simples, como limpar calhas, virar vasos e garrafas que vão fazer com que o País ganhe essa guerra contra o Aedes aegypti”, ressaltou a ministra Tereza Campello.

Após a solenidade, o efetivo das forças armadas, com mais de 7 mil homens, seguiu para participar das atividades de promoção à saúde e educação em 31 municípios do Estado. As cidades que estão recebendo as ações são: Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Paulista, Abreu e Lima, Afogados da Ingazeira, Arcoverde, Arquipélago de Fernando de Noronha, Belo Jardim, Bezerros, Buíque, Cabo de Santo Agostinho, Carpina, Caruaru, Catende, Garanhuns, Goiana, Ipojuca, Itamaracá, Limoeiro, Nazaré da Mata, Ouricuri, Paudalho, Pesqueira, Petrolina, Salgueiro, São Bento do Una, São Lourenço da Mata, Serra Talhada, Surubim e Vitória de Santo Antão. Nelas, as equipes irão entregar panfletos informativos e dar orientações de como combater o Aedes aegypti, além de identificar e eliminar os focos do mosquito. 

Os demais municípios pernambucanos também foram incentivados a realizar atividades. As 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres) do Estado estão prestando apoio às cidades para que sejam feitas, durante toda a semana, vistorias nos prédios públicos de suas regiões para eliminação de possíveis focos do Aedes aegypti.

“O panorama de avanço das arboviroses em nosso País exige uma atuação focada de todos os entes públicos e de toda a sociedade. E este sábado é um dia importante para mobilizarmos a população a se engajar efetivamente no combate ao mosquito Aedes aegypti. Só assim vamos vencer essa batalha, já que sabemos que cerca de 90% dos focos do estão nas residências”, lembra o secretário Iran Costa. 

De segunda (15.02) a quinta-feira (18.02), serão promovidas ações de controle do vetor. No mesmo período, haverá mobilização em escolas públicas e particulares para ampliar a disseminação de informações sobre a luta contra o Aedes.

DADOS – Neste ano, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) já notificou 7.120 casos de dengue (723 confirmados), distribuídos em 142 municípios de Pernambuco. Até o momento, nove óbitos suspeitos foram notificados e estão em investigação. Ainda foram notificados 1.507 casos suspeitos de chikungunya (100 confirmados) em 87 municípios, com 1 óbito em investigação, e 1.386 casos suspeitos de zika. Atualmente, de acordo com o índice de infestação predial, 80 municípios estão em risco de surto para as doenças e 60 em situação de alerta.
"Pernambuco tem um sistema de notificação muito mais eficiente. E desde o inicio, se fez uma opção de aumentar a notificação do perímetro encefálico para 33 cm que era para acompanhar um número maior de famílias. Então, nós estamos sendo muito rigorosos nisso, em fazer as notificações, em não colocar lixo embaixo do tapete. Mas nós temos que continuar o trabalho de enfrentamento ao mosquito e preparar a rede pública para receber as famílias que vão ter crianças com problema de microcefalia. E, enfim, participar desse grande mutirão nacional", afirmou Raul Henry.

Devido à seriedade e à gravidade da proliferação das arboviroses no Estado, o Governador Paulo Câmara decretou, em novembro de 2015, através do decreto 42.438, Estado de Emergência em Saúde Pública. O Governo também está investindo R$ 25 milhões nas ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, estruturação da assistência à população e campanhas de mobilização.  

Fotos: Eduardo Braga/Divulgação

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga