Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Instituto mantém vivos os ideais do primeiro agricultor familiar eleito deputado estadual de Pernambuco: Manoel Santos


folha limoeiro 14:55:00 0

Nesta terça-feira (19/04), dia em que será celebrado um ano de morte do primeiro agricultor familiar a assumir um assento na Assembleia Legislativa de Pernambuco, Manoel Santos, será inaugurado o Instituto que receberá o seu nome. A iniciativa objetiva que a memória e os ideias do homem que ficou conhecido nacionalmente como um dos maiores  lideres do Movimento Sindical Rural se mantenham vivos.

O Instituto Manoel Santos tem a missão de contribuir com o desenvolvimento rural sustentável e solidário do campo e da cidade, com um olhar especial para as populações excluídas, por meio da formação, do apoio e da proposição de políticas públicas e sociais, que possibilitem qualidade de vida, geração e distribuição de oportunidades e ampliação do exercício de cidadania, numa perspectiva de equidade e justiça social.  Lideranças Sindicais e políticas de todo o estado foram convidadas para a  celebração e ato político de inauguração do espaço. São aguardadas 300 pessoas. 

Assembleia de Fundação - Em assembleia ordinária, realizada no dia 7 de abril, formada por representantes do Movimento Sindical Rural das três regiões do estado, de movimentos sociais e instituições parceiras, foi aprovado, por unanimidade, o Estatuto Social do IMS. O dia não foi escolhido por acaso. Se vivo estivesse, o ex-deputado estadual completaria, naquele dia, 64  anos.

Manoel José dos Santos, que era natural de Serra Talhada, localizado no Sertão Central do estado, presidiu a Fetape e a Contag, tendo sido também o primeiro agricultor familiar a ocupar um assento na Assembleia Legislativa de Pernambuco, por dois mandatos consecutivos.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga