Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Deputados e senadores lançam Frente em Defesa da Democracia


folha limoeiro 00:31:00 0


“O Congresso Nacional tem o papel precípuo de defender a democracia, de valorizar as instituições e de zelar pela Constituição brasileira”, iniciou a deputada Luciana Santos (PE), presidenta nacional do PCdoB, no ato de lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Democracia, que aconteceu nesta quarta-feira (30), no Salão Verde da Câmara dos Deputados.
Deputados e Senadores de diversos partidos estiveram no evento que também contou com a participação de entidades da sociedade civil organizada e do Comitê Pró-Democracia.
Para Luciana o país precisa de um novo pacto político para manter a legalidade e conduzir o país à superação do momento de crise. “Queremos pactuar com um conjunto de partidos e com o conjunto dos movimentos sociais para uma nova agenda para o Brasil. Uma agenda que defenda o legado que construímos até agora, que possa apontar para a retomada do crescimento e garantir os avanços em defesa do patrimônio brasileiro em defesa dos trabalhadores”, explicou.
O deputado Jean Wyllys (PSol/RJ) ressaltou que “a Frente vai manter a agenda democrática e de defesa dos direitos individuais”. Ele enfatizou que é oposição ao governo de Dilma Rousseff, mas que existe uma ameaça que diz respeito a todos e que o momento exige engajamento em defesa da democracia e do mandato presidencial conferido legitimamente pelo voto.
O líder do PT na Câmara, deputado Afonso Florence (BA) falou sobre a necessidade de combater os atos fascistas que têm acontecido com frequência nas últimas semanas, a exemplo dos ataques e depredações de sedes de partidos e ressaltou a importância dos movimentos e partidos de tradição democrática na defesa da democracia e no enfrentamento ao clima de intolerância que se instalou no país.
Oposição não se conforma com a derrota nas urnas
O senador Humberto Costa (PT/PE) alertou que a oposição tenta impedir que a presidenta Dilma exerça seu mandato. “Insatisfeitos com o resultado das eleições de 2014, desde aquela data, a oposição tenta impedir que a presidenta exerça seu mandato, propondo auditoria de votos, sugerindo que o diploma fosse entregue ao segundo colocado na disputa e agora procurando pelo em ovo”
“É inaceitável que uma presidenta da República, que não tem nenhuma denúncia contra ela, que não está sendo investigada por nenhum crime ou delito, seja impedida por pessoas investigadas por corrupção, como é o caso do réu da Lava-Jato presidente Eduardo Cunha”, reforçou Luciana.
Outros parlamentares se pronunciaram durante o ato. Ao final os representantes dos movimentos sociais falaram palavras de ordem exigindo respeito à democracia, enfatizando que não vai haver golpe e se posicionando contra o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha.
Visita ao presidente do Senado
Ao final do ato de lançamento da Frente, a deputada Luciana Santos, acompanhada dos líderes do PCdoB na Câmara e no Senado — deputado Daniel Almeida (BA) e senadora Vanessa Grazziotin (AM), respectivamente — do líder do PT na Câmara, deputado Afonso Florence (BA) e da senadora Fátima Bezerra (PT/RN), além de representações de entidades dos movimentos sociais como UBES, UNE e União Brasileira de Mulheres (UBM); visitou o presidente do Senado, Renan Calheiros.
Luciana falou sobre o lançamento e objetivos da Frente e reforçou que “o voto dos parlamentares é que decidirá se o Brasil continuará trafegando nos trilhos da democracia ou se descambará para o golpe, amargando todas as graves consequências que esta ruptura pode causar ao país”.
Calheiros disse que é preciso zelar pelas instituições e que a democracia brasileira é colocada em risco quando um poder tenta se sobrepor aos outros. “Eu acredito que se fecharmos os olhos para a democracia, neste momento de luta política, e os abrirmos apenas para a disputa pelo poder, isso vai ser muito ruim. A nossa democracia, apesar de consolidada, ela sempre foi frágil, sobretudo, quando um poder quer se afirmar sobre outro”, alertou.

De Brasília;

Ana Cristina Santos

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga