Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Paulo defende integração entre os Poderes para redução da violência no Estado e no País


folha limoeiro 23:11:00 0

Governador participou, nesta quarta, do ato que destruiu três mil armas 
apreendidas em Pernambuco 

O governador Paulo Câmara participou, na manhã desta quarta-feira (06.04), da cerimônia de destruição de três mil armas de fogo apreendidas no Estado nas operações policiais. Ao lado do Comandante Militar do Nordeste, o general Manoel Luiz Pafiadache, o chefe do Executivo estadual defendeu a integração entre os Poderes no combate à criminalidade nas fronteiras pernambucanas. O ato ocorreu no pátio do 4º Batalhão de Polícia do Exército, no bairro do Curado, Zona Oeste do Recife. A extinção de armamento é uma operação do programa Pacto pela Vida em parceria com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e a Defensoria Pública do Estado.

O gestor estadual destacou a importância do trabalho realizado em conjunto com o Exército e os demais poderes constituídos. "Essa atividade representa o fruto de um esforço integrado de todos aqueles que participam do Pacto pela Vida e que juntos trabalham para promover uma cultura de paz. Nós sabemos que o controle do uso de armas é importante para a redução da violência no País e no Estado. E nós temos sido incansáveis nessa questão", ressaltou Paulo.

As armas destruídas na solenidade foram apreendidas em Pernambuco por meio de operações policiais e campanhas de desarmamento. Para o general Manoel Luiz Pafiadache, a cooperação fortalece a relação entre as instituições. "Tenho certeza que esse é o primeiro de muitos atos que pretendemos fazer junto com o Governo do Estado", completou o comandante, pontuando ainda que 41 fuzis foram recuperados e entregues à Polícia Militar, por intermédio da 7ª Região Militar. 

Para Câmara, qualquer política que busca a redução da violência parte do pressuposto de tirar de circulação armas ilegais. "Nós temos sido porta-vozes de uma ampla campanha de desarmamento. Entendemos que é a partir de ações como essa que vamos continuar imbuídos da responsabilidade de ter um Estado mais seguro", frisou o gestor. Ele afirmou ainda a necessidade de fortalecer o trabalho de segurança nas fronteiras brasileiras, "Temos que ter mais controle e impedir a entrada de armas e drogas no País", reforçou.

Estiveram presentes no ato os secretários estaduais Alessandro Carvalho, de Defesa Social; Danilo Cabral, de Planejamento e Gestão; Pedro Eurico, de Justiça e Direitos Humanos; Isaltino Nascimento, de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude; a secretária executiva da Mulher, Virgínia Maria; o presidente do TJPE, Leopoldo Raposo; o subprocurador do MPPE, Fernando Barros; e o presidente da Câmara de Articulação do Pacto pela Vida, Fausto Freitas Lima. Além disso, participaram o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Carlos D´Albuquerque; o chefe da Polícia Civil de Pernambuco, delegado Antônio Barros; o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Manoel Cunha; a gerente-geral da Polícia Científica, Sandra Santos; o chefe da Casa Militar do Estado, coronel Eduardo Pereira; entre outros representantes do Exército.

Fotos: Aluisio Moreira/Sei 

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga