Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Paulo destaca a descentralização das políticas de gênero como um avanço para Pernambuco


folha limoeiro 14:53:00 0

Durante a abertura do Fórum Nacional de Organismos de Políticas Públicas para as Mulheres, 
nesta quarta, o governador lembrou ações realizadas no Estado
 
O governador Paulo Câmara comandou, na manhã desta quarta-feira (15.06), a cerimônia de abertura do Fórum Nacional de Organismos de Políticas Públicas para as Mulheres, realizado no Hotel Jangadeiro, na Zona Sul do Recife. A iniciativa tem o objetivo de promover o fortalecimento das políticas públicas de gênero, reunindo militantes de todo o País para a discussão de mecanismos que garantam a ampliação do diálogo entre as mulheres e os diferentes setores da sociedade civil. Na ocasião, Paulo destacou que a importância da descentralização das ações para o segmento como marca da administração estadual.  
 
"Nós temos ações voltadas para o público feminino em 169 dos 184 municípios pernambucanos. Iniciativas que contemplam políticas nos centros urbanos e na área rural. É muito importante essa descentralização para o desenvolvimento das ações para as mulheres", afirmou. Câmara citou como exemplo o programa Chapéu de Palha, que já atendeu 80 mil mulheres, em nove anos, e a criação do FEM Mulher, que destina até 5% dos recursos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal para a implantação de políticas do perfil.  
 
Paulo pontuou também que a estruturação das políticas de gênero começou no Governo Eduardo Campos, com a criação da Secretaria da Mulher, em 2007. Como auxiliar do ex-governador, Câmara afirmou que acompanhou o esforço da equipe daquela gestão para o fortalecimento dessa base. "A elaboração de políticas de gênero foi um dos pilares do governo Eduardo Campos, e nós continuamos a fortalecer cada iniciativa", salientou. O chefe do Executivo estadual destacou ainda que o debate deve ser incentivado. "Às vezes é com poucos recursos que se faz grandes avanços e grandes travessias", completou.
 
Coube à secretária Estadual da Mulher, Silvia Cordeiro, fazer uma explanação no evento de questões estratégicas para o segmento. A gestora pontuou a posição inspiradora ocupada pelos pernambucanos. "O Estado que avança na política de gênero oferece qualidade de vida para homens e mulheres. Essa política não tem partido, é uma política de Estado", frisou Silvia. A secretária reiterou que o encontro busca fortalecer o debate sobre esse tema. "A política de gênero visa reconhecer que homens e mulheres têm direitos", completou.

A analista de programas da ONU Mulher, Camila Almeida, ressaltou o papel dos Estados na manutenção dos avanços brasileiros no setor. "É importante que os Estados fortaleçam a implantação das políticas de gênero", destacou. Ela destacou ainda a importância de manter o ritmo de conquistas no setor. "É importante não permitir o retrocesso", finalizou a analista. 

Além de propor a ampliação da rede de atenção à saúde e mais igualdade no mercado de trabalho, o encontro discutiu ainda a importância de fortalecer a rede de combate à violência. O evento contou com a presença de mais de 40 gestoras estaduais e municipais do Nordeste, além de representantes de Santa Catarina, Amapá, Tocantins, Espírito Santo e Minas Gerais. Também participaram da solenidade a pesquisadora da Fundação Joaquim Nabuco Cristina Buarque; a gestora da Região Sul, Célia Fernandes; a gestora da Região Sudeste, Isabel Lisboa; a gestora da Região Centro-Oeste, Ana Maria Guedes; a gestora da Região Norte, Maria Silvana Duarte; e a secretária Nacional do Movimento Mulheres Socialistas, Dora Pires. 

Fotos: Roberto Pereira/Sei



«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga