Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » » Reunião da Câmara de vereadores de Limoeiro foi marcada por cobranças aos governos estadual e municipal


folha limoeiro 20:42:00 0

Nesta terça-feira (19), a casa Professor Agripino de Almeida realizou mais uma reunião da Câmara de Vereadores de Limoeiro.

A reunião de hoje após a normalidade dos vários requerimentos apresentados e aprovados pelos vereadores, também foi marcada por discursos enérgicos nas cobranças aos poderes municipal e estadual por parte dos vereadores Luiz do Matadouro e pelo vereador Zé Nilton.

O vereador Zé Nilton, fez duras criticas ao governo do estado alegando falta de compromisso do governador com o município de Limoeiro. Entre as cobranças do vereador estão os exames práticos que foram levados para a cidade de surubim por parte do DETRAN e que segundo anunciado estaria retornando a Limoeiro em (90) noventa dias com a construção do pátio de provas de Limoeiro. Mais segundo o vereador já faz mais de 180 dias e nem um sinal de começo de obra alguma.  Também fez cobranças com relação ao Hospital Regional de Limoeiro, aproveitando denuncias feitas por médicos daquela unidade.

Já o vereador Luiz do Matadouro usou a tribuna para fazer duras cobranças ao governo municipal por não responder a seus requerimentos e dos pares daquela casa. Ainda nas cobranças também ratificou o seu pedido para que o governo municipal posa informar onde se encontra a usina de asfalto e quanto Limoeiro gastou até agora com esta usina.


E no final foram feito os pedidos dos vereadores Zé Ilton para q eu seja feita uma comissão e posa ir até ao hospital regional para apurar as supostas denuncias feitas nas rádios e redes sócias pelos médicos. Já o vereador Daniel pediu para ser convidado o comandante da 6ª CIPM para discutir a segurança da zona rural.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga