Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » » Deputados e presidente da Compesa fazem vistoria em obra hídrica


folha limoeiro 19:56:00 0



Acompanhado pelo federal Danilo Cabral e pelo secretário estadual de Agricultura, Nilton Mota, o presidente da Compesa, Roberto Tavares, visitou o canteiro de obras da ampliação do sistema de Jucazinho a partir do sistema de Palmerinha (Pedra Fina) nesta segunda-feira (1º). A intervenção teve início na semana passada e tem como objetivo de minimizar os problemas de abastecimento d’água em Surubim, que sofre os efeitos da seca dos últimos seis anos consecutivos. 
De acordo com Roberto Tavares, em até 60 dias, a água deve chegar ao município. “O Governo do Estado, através da Compesa, está investindo R$ 2,8 milhões de recursos próprios nesta obra, que vai atender cerca de 50 mil pessoas”, afirmou. Segundo ele, a adutora tem caráter emergencial e faz parte de um conjunto de ações que visa solucionar a questão hídrica do Agreste.
Estão previstas a integração de quatro sistemas: de Pedra Fina com Jucazinho, de Siriji com Jucazinho, de Pirangi com o Prata/Camevô, além de Serra Azul à Adutora do Agreste. “Esses sistemas vão levar água da Zona da Mata para o Agreste e vice-versa, permitindo que as regiões fiquem integradas e não sofram futuramente com a estiagem”, acrescentou.
O deputado federal Danilo Cabral ressaltou que a interligação entre Pedra Fina e Surubim foi um compromisso assumido pelo governador Paulo Câmara com a população de Surubim no ano passado durante o Seminário Todos por Pernambuco. “Para nós, é uma alegria, porque junto com o secretário Nilton Mota, fomos um porta-voz dessa demanda do povo de Surubim, que está se concretizando”, disse.
A Barragem de Jucazinho, situada no município e responsável pelo seu abastecimento, está com 0,36% da sua capacidade e pode entrar em colapso até outubro. “É uma iniciativa para tirar Surubim do atual racionamento de 28 dias sem água e dois dias com água”, frisou.
Danilo Cabral destacou que a obra não vai ajudar somente a Surubim, pois o projeto também contempla a recuperação da Estação de Tratamento Buraco de Tatu, que atende os municípios de João Alfredo, Orobó e Bom Jardim. “A Estação atualmente tem uma vazão de 100 litros por segundo e passará para 200 litros por segundo, melhorando a qualidade da água e aumentando a capacidade de distribuição para os municípios”, disse.
A obra de interligação entre Palmerinha (Pedra Fina) e Surubim é, na verdade, a retomada da operação da antiga adutora que atendia as cidades de Surubim, Bom Jardim, João Alfredo, Limoeiro e Orobó antes de 2001. A partir desta data, Surubim passou a ser atendido pelo Sistema Jucazinho, o que permanece até hoje. Com a implantação do Sistema Jucazinho, o  ramal da adutora que atendia Surubim foi desativado. A Barragem de Palmeirinha/Pedra Fina, situada em Bom Jardim, está hoje com 80% da sua capacidade, que é de 6,2 milhões de metros cúbicos de água.
A situação desta barragem melhorou muito no inverno deste ano. “Estávamos com apenas 25% da capacidade, mas, felizmente, choveu no entorno da Barragem de Palmerinha. O aumento do volume deste manancial irá garantir a operação da antiga adutora para socorrer Surubim, sem prejuízo ao abastecimento das demais cidades hoje atendidas pelo Sistema Palmerinha”, avalia o diretor Regional do Interior, Marconi de Azevedo, que também acompanhou a visita nesta segunda-feira.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga