Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Ministro garante recursos para recuperação da Barragem de Jucazinho


folha limoeiro 08:53:00 0

A recuperação da estrutura da Barragem de Jucazinho, localizada em Surubim, no Agreste pernambucano, está assegurada. A informação foi dada pelo deputado federal Danilo Cabral (PSB) após reunião com o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, nesta quarta-feira (19). Orçada em R$ 52 millhões, a obra será inserida no Programa Crescer, versão do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) lançada pelo presidente Michel Temer. Durante a reunião, também foram tratadas as questões da conclusão da Adutora do Agreste e da obra de interligação entre os sistemas de Siriji e Pedra Fina.

“O ministro disse que falta apenas definir a forma de contratação para a obra. Deverá ter um caráter emergencial para que sua conclusão seja até março do próximo ano, antes do período de chuvas”, afirma Danilo Cabral. O deputado diz ainda que a intervenção deverá ser feita pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) ou pelo próprio Ministério da Integração. A assinatura da ordem de serviço está prevista para novembro.

Relatórios técnicos indicam que a Barragem de Jucazinho pode chegar a romper quando as chuvas regularizarem a vazão do reservatório. A barragem sofre com infiltrações e trincas no concreto e na laje, ferragens expostas e poços de alívio danificados e obstruídos. Desde fevereiro, a Compesa vem alertando o Dnocs, órgão responsável pela segurança do reservatório, sobre a necessidade de obras emergenciais. A Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac) também já notificou a autarquia federal sobre os riscos de possível rompimento da barragem. Em setembro, o Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco recomendou à diretoria-geral do Dnocs a realização urgente de obras de recuperação de Jucazinho.

Atualmente, a barragem está em colapso, interrompendo o abastecimento d’água em 11 cidades. Desde novembro do ano passado, o reservatório operava com volume morto e a captação de água era feita por meio de bombeamento. Com o nível da água em 0,01%, o reservatório parou. O Governo de Pernambuco vem adotando medidas emergenciais para garantir o abastecimento d´água dos municípios atingidos pela seca. Surubim, por exemplo, onde fica situada a barragem, passou a receber água do sistema Pedra Fina.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga