Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » TCE confirma denúncias de obras paradas da Oposição


folha limoeiro 14:13:00 0

O relatório de obras paradas divulgado nesta segunda-feira (28) pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) é a confirmação do que a Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) vem alertando desde o início de 2015, quando deu início às visitas ao programa Pernambuco de Verdade: o Estado está parado. Ao todo, segundo os dados do TCE, são 911 obras paradas no Estado, que juntas somam R$ 5,3 bilhões em recursos públicos.

Desde o ano passado, a Oposição colocou em curso uma série de visitas a obras paralisadas, todas presentes no atual relatório do Tribunal de Contas. “O relatório confirma o que a Bancada vem alertando há mais de um ano em relação aos empreendimentos em execução no Estado. Além de a causar a frustração das expectativas da população, a paralisação das obras gera desemprego e provoca aumento dos gastos públicos, por causa da recuperação das intervenções que ficaram paradas”, avaliou o deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da bancada oposicionista.

Na lista, estão as principais promessas dos governos do PSB no Estado, como os corredores Norte-Sul e Leste-Oeste do BRT, o projeto de Navegabilidade do Rio Capibaribe, a Via Metropolitana Norte, Barragem de Serro Azul, entre outras. Por órgãos, lidera a lista de empreendimentos paralisados a Secretaria das Cidades, com um montante de R$ 1,13 bilhão, seguida pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), com um total de R$ 560 milhões em obras paradas. A conta da Compesa não leva em consideração a PPP do Saneamento, que tem hoje menos de 10% de seu orçamento executado.

Por município, a cidade do Recife lidera a lista do TCE, com R$ 810,3 milhões em projetos parados. Na lista de obras recifenses estão a reforma do Ginásio de Esportes Geraldo Magalhães (Geraldão), intervenções na bacia do Beberibe, requalificação da comunidade do Pilar, revestimento dos canais do Arruda e Rio da Prata e a ponte Monteiro-Iputinga.

Silvio chama a atenção para a necessidade de tanto o Governo do Estado quanto a Prefeitura do Recife apresentarem para a sociedade um programa de conclusão desses empreendimentos. “Os governos do PSB no Estado e na Prefeitura precisam prestar contas à população e apresentar um cronograma para a entrega dessas obras, antes de prometer novos empreendimentos para gerar notícias positivas”, defendeu. 

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga