Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » VICE-LÍDER DA OPOSIÇÃO DEFENDE ELEIÇÃO INDIRETA PARA PRESIDENTE


folha limoeiro 22:03:00 0

SÍLVIO COSTA: FELIZ BRASIL NOVO, SEM MEDO E SEM TEMER

Sílvio Costa*

Concordo com os senadores golpistas Ronaldo Caiado (DEM) e Cássio Cunha Lima (PSDB). O presidente temporário Michel Temer (PMDB) perdeu as condições éticas e políticas para continuar à frente do Poder Executivo federal. Quem conhece a cena política brasileira sabe que este governo é natimorto. Um governo sem voto, sem ética e, acima de tudo, sem diálogo com os menos favorecidos do Brasil. 

O governo Michel Temer está a serviço de grande parte da elite conservadora de São Paulo. Temer é refém de uma maioria parlamentar fisiológica e comanda um governo que já foi obrigado a demitir seis ministros em seis meses, a maioria por problemas éticos. Um governo que é muito pequeno para um país do tamanho do Brasil. 

Não podemos permitir que o Brasil seja governado mais 24 meses pela turma de Michel Temer. Grande parte dessa confraria do PMDB vem fazendo mal ao país há longos anos. Lembro que fui, varias vezes, à tribuna e disse que seria uma irresponsabilidade entregar o destino do país nas mãos desse pessoal.

Defendo que os homens e mulheres de bem deste país sentem à mesa e construam um governo de pacificação nacional. Um governo que seja capitaneado por um ou uma presidente ficha limpa. Para isso, precisamos voltar às ruas e, desta vez, com mil razões para exigir a renúncia ou o impeachment de Temer. 

Quando fui diplomado deputado federal assumi o compromisso de defender a Constituição do Brasil. Por isso, fui contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), do mesmo modo que, neste momento, por mais simpática e agradável que seja a tese das eleições diretas aos ouvidos de vários setores da sociedade, sou contra esse movimento.

A Constituição diz que, quando um presidente é afastado faltando dois anos para o fim do seu mandato, a eleição será indireta, o novo presidente será escolhido pela Câmara  Federal. Sei que este artigo da Constituição causa náuseas à maioria do povo brasileiro, em função da falta de postura ética da maioria dos deputados federais do país.

Mas é preciso esclarecer que, quando conseguirmos destituir o ilegítimo presidente Michel Temer, a Câmara poderá eleger de forma indireta qualquer brasileiro ou brasileira. É evidente que existem na Câmara Federal alguns companheiros que teriam condições de substituir a Michel Temer, porém, fiquem tranquilos. Neste momento, a possibilidade de um deputado federal ser eleito - de forma indireta - presidente da República é perto é zero.

O Brasil é maior do que qualquer crise. Temos a chance de começar 2017 com um país novo, mais sério, mais respeitado pelo comunidade internacional. Existem muitos brasileiros e brasileiras ficha limpa, homens e mulheres honradas. Podemos escolher um deles para presidir nosso país. Fora Temer.

Feliz 2017 . Feliz Brasil novo.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga