Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Flecha de arpão atravessa rosto de pescador em município de MG


folha limoeiro 20:51:00 0

Segundo os bombeiros, vítima e amigo pescavam em lados opostos de rio quando um deles foi atingido


Recebeu alta do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), no Triângulo Mineiro, o pescador de 27 anos que teve o rosto atravessado por uma flecha de arpão de aproximadamente 1 metro de comprimento durante uma pescaria. O acidente ocorreu na represa do Rio Paranaíba, em Araguari, na tarde de terça-feira.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o rapaz saiu para praticar pesca subaquática com um amigo e ficaram em lados opostos da represa. “Infelizmente, não tomaram cuidado com o posicionamento, a distância. E as águas do rio da nossa região são turvas, principalmente na época de chuva suja muito”, explica o subtenente Lucenildo Batista Alves, da comunicação da 3ª Companhia do Corpo de Bombeiros de Araguari. Segundo ele, o outro pescador fez um disparo, possivelmente na direção de um peixe, e atingiu o amigo.

A flecha atingiu somente a parte mole da boca, segundo o militar, que ressaltou que se houvesse atravessado a parte óssea ou o crânio, o objeto poderia ter gerado uma lesão mais grave ou levado à morte.

O Corpo de Bombeiros foi chamado por volta das 18h e interceptou as vítimas já em um carro, a caminho de Araguari, na MG-223. A flecha foi imobilizada no corpo do pescador para evitar movimentos na estrada. Já na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Araguari, os bombeiros usaram uma ferramenta chamada corta fio para tirar as pontas da flecha de arpão, para que a vítima pudesse ser transferida para o Hospital da UFU. A assessoria de imprensa da instituição informou que o paciente teve alta na manhã desta quarta-feira.

O subtenente Lucenildo também ressalta que Minas está na piracema, que vai de novembro a fevereiro e marca a época de reprodução dos peixes. Durante o período, o uso de arpões e outros instrumentos de pesca predatória são proibidos. A Polícia Militar  (PM) foi chamada.

SEGURANÇA O militar do Corpo de Bombeiros de Araguari explica que acidentes como o registrado ontem na cidade são raros, mas quem pratica este tipo de esporte, comum na região, deve tomar medidas de segurança. “Tem que saber o posicionamento, quantos estão dentro d'água e em que locais eles estão”, orienta. ''Conforme o tipo de arpão, ele manda a flecha a uma distância de 10 a 12 metros. Na água turva não dá pra ver mais de 1 metro à frente''.


O subtenente Lucenildo diz que o correto é realizar atividade próximo ao companheiro. ''Tem que descer em dupla, nunca sozinhos, e pescar juntos. Inclusive, se um se sentir mal o que está junto pode tirá-lo. No mergulho descemos em dupla, no arpão também pode ser feito para que não ocorra esse tipo de acidente'', finaliza.

Fonte:Correio Brasiliense

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga