Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » A estreia de “Hoje a Banda não sai”foi sinônimo de casa cheia no Galpão das artes sucesso absluto


folha limoeiro 00:36:00 0


Fotos e videos: Jair Ferreira

Nesta sexta feira a pedida e a diversão foram no Galpão das Artes posso garantir que perdeu quem não foi ver a segunda apresentação da peça “Hoje a Banda não sai”.


O texto conta uma história das antigas Radio novelas, novelas como Éramos seis, Jeronimo o Herói do sertão entre outras tantas interpretadas ao vivo pelos atores da época, lá pelas décadas de 40 a 60.
 Um publico de casa cheia e seleto, tenho certeza que muitos dos que ali estavam reviveram suas juventudes e tempos de crianças com a peça, os atores que representaram tão bem a radio novela com certeza nem um dele nem sequer sonhavam em nascer naquele tempo mais brilhante mente contaram a historia de muitos artistas radialista do passado.

A peça acaba sendo uma homenagem aos grandes radialistas do passado como também os desta época digital. O elenco simplesmente maravilhoso dirigido pelo experiente e competente charlon Cabral que também representou e com uma participação de Jadenilson como dizia na entrevista e o tempero da peça e a pimenta e aquele que trás o publico para interagir com o grupo do espetáculo.

Os vereadores Luís Antônio (PTB) e sua esposa dona Matilde e o vereador Robertinho Galvão (PSD) e sua esposa deram seu apoio moral com suas presenças a cultura do teatro do galpão das artes, bem como um dos maiores mestres da musica Limoeirense  professor Laurivam Barros, e o publico que lotou a casa mais uma vez.
 Hoje A Banda Não Sai de autoria do paraibano Severino Tavares teve a encenação brilhante de todos os atores Charlon Cabral, Jadenilson Gomes, Gléicio Kelson, Márcia Cabral, Dvson Alves, Cida Campos, Waldésio Melo e Thiago Freitas, carnavalesco da cidade de Paudalho.
Quem gosta de uma boa comédia não perca a próxima apresentação da peça, que narra a história de um maestro da banda do lugar que é preso sob as ordens de um mal-humorado sargento, só porque o músico tocou em trombone a canção "Se você sincera", aquela em que fala da famosa "Aurora". A prisão só aconteceu porque é justamente esse o nome da esposa do delegado valentão.

Nos que fazemos a folha de Limoeiro queremos agradecer a Fabio André e ao elenco pela atenção dispensada e este humilde meio de comunicação com Limoeiro e o mundo através da rede.
           
                                  Veja todas as fotos aqui clik na foto
Image and video hosting by TinyPic












«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga