Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » No Recife, Paulo Câmara comanda abertura do ano letivo 2017 da Rede Pública Estadual


folha limoeiro 15:18:00 0

Governador aproveitou a solenidade, realizada na EREM Professor Fernando Mota, para
anunciar investimentos de R$ 518 mil para melhorias na unidade

Em visita aos alunos da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Professor Fernando Mota, localizada no bairro de Setúbal, Zona Sul do Recife, o governador Paulo Câmara comandou, na manhã desta quinta-feira (02.02), a cerimônia de abertura do ano letivo 2017 da Rede Pública de Ensino. Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual autorizou o início do processo licitatório para a cobertura da quadra - através do Programa Quadra Viva - e para a implantação de uma subestação de energia na unidade de ensino, projeto que viabilizará a climatização do prédio.  Ao todo, serão investidos R$ 518 mil nas duas intervenções. A unidade integra um conjunto de 38 novas escolas da Rede que funcionarão em tempo integral ainda este ano.

Na companhia da comunidade escolar, Paulo reafirmou seu compromisso com o fortalecimento ensino no Estado. “É na educação que a gente vai construir a agenda do futuro. A gente sabe que as escolas de tempo integral, junto com uma boa gestão, infraestrutura adequada e programas educacionais - como o Ganhe o Mundo -, fazem a diferença na vida desses alunos. E é assim que a gente quer continuar trabalhando, fazendo da educação um agente transformador dessa e das próximas gerações”, ressaltou, desejando um bom início das aulas a todos os 630 mil estudantes matriculados na rede.

Paulo afirmou, ainda, que os investimentos na área vão continuar sendo uma das principais prioridades de seu governo. “No ano passado, nós aplicamos 27% das nossas receitas na educação, quando o mínimo constitucional é 25%. Então, isso mostra nossa preocupação, nossa prioridade com o futuro dos nossos jovens. Tivemos um ano de muitas conquistas, em 2016, com o reconhecimento do Estado como a melhor educação pública no Ensino Médio do País, mas temos a consciência que há muito o que avançar ainda. Vamos trabalhar com muito pé no chão, mas com muito compromisso e determinação também, para que em 2017 possamos avançar ainda mais”, registrou.

Antes da solenidade, o governador e o secretário estadual de Educação, Frederico Amâncio, visitaram as dependências do local, ao lado da gestora Micheline Dias. Até o início do segundo semestre, toda a estrutura da unidade será climatizada, oferecendo mais conforto para os alunos, professores e trabalhadores da EREM. Preparado para aderir ao modelo de ensino em tempo integral, o equipamento atende cerca de 1.200 alunos e possui 23 salas de aula, auditório, biblioteca e laboratórios de física, matemática, química, biologia e informática, além de uma quadra poliesportiva e um refeitório.

O secretário Frederico Amâncio afirmou que, ao longo de 2017, novos investimentos vão reforçar a qualidade do ensino em todo o Estado. “A gente fica contente em estar iniciando mais um ano letivo e com a certeza de que o trabalho contará com o mesmo empenho que recebeu até agora. Já temos no planejamento um conjunto de ações voltadas para a melhoria da qualidade do ensino, mas também contemplaremos alguns trabalhos de infraestrutura, como a construção de 70 quadras cobertas, que estão prevista para este ano”, ressaltou o gestor.

Aluno do 1º ano do Ensino Médio, Maria Luiza Sampaio, de 15 anos, moradora do Ibura, comemorou a adesão da escola ao modelo integral. “Vai mudar minha rotina, mas eu estou ansiosa para começar a estudar e poder aproveitar tudo que essa nova escola tem para me oferecer”, declarou Maria Luiza. Matriculado no 3º ano do Ensino Médio, o aluno Jackson Cristiano, de 17 anos, disse ter voltado das férias animado para encarar a maratona de estudos para o vestibular. “O tempo vai ficar corrido. Preciso me dedicar bastante e estudar muito para que eu consiga uma vaga em uma universidade”, disse. 

À frente da Escola Estadual Professor Fernando Mota há quatro anos, a gestora Micheline Dias destacou a importância dos novos investimentos no prédio para o conforto e bem estar dos alunos. “Trabalhar e estudar em um ambiente climatizado e bem organizado faz a diferença no aprendizado dos estudantes e na motivação do corpo docente. O Governo atendeu as nossas solicitações e, agora, também teremos uma quadra coberta, para que os nossos alunos possam praticar esportes e lazer a qualquer horário do dia”, confessou, muito animada.

REDE - A rede pública pernambucana dispõe, atualmente, de 1.049 escolas distribuídas em todos os 184 municípios, sendo 332 Escolas de Referência em Ensino Médio, e 35 Escolas Técnicas Estaduais, ambas em tempo integral. Até o momento, 630 mil estudantes foram matriculados no sistema.


Fotos: Roberto Pereira/SEI

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga