Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Como organizar tempo para os estudos


folha limoeiro 16:00:00 0

O ano letivo já começou e para obter sucesso no desempenho escolar é preciso planejamento. Então, é importante organizar os estudos desde cedo. Para não acumular conteúdo e se sobrecarregar perto das provas é preciso organizar a rotina. O primeiro passo é avaliar seu cronograma de estudos e dividir suas tarefas diárias como escola, esportes, lazer e descanso. Anote todas as suas obrigações, os horários e dias da semana que as pratica, e comece o cronograma por aí. Sua programação de atividades dever ser organizada semanalmente, de segunda a domingo. Liste todas as tarefas do seu dia, desde a manhã até a hora que você vai dormir. E não esqueça de eleger o melhor período disponível do dia para fazer sua agenda de estudos. Para evitar que você se perca em meio a tantas informações e fique sem foco, comece agora a criar o seu calendário de metas e atividades, assim sua rotina ficará organizada. A Coordenadora Educacional do Colégio Motivo, Silvanith Mesquita, dá algumas orientações que podem guiar os alunos na organização do tempo para os estudos:

·         Organize seus horários – cronograma
É Importante que o aluno esteja atento à sua rotina semanal. Todas as atividades devem estar elencadas no cronograma (aulas em cursinhos, atividades extras como academia, curso de línguas, aluas de violão...)

·         Monte um calendário
Este é um ponto importante! No calendário o aluno pode ter a real noção sobre a aproximação das datas das provas, desta forma ele pode gerenciar melhor o tempo dedicado as disciplinas e conteúdos.

·         Local de Estudo – Ambiente
   O estudante precisa compreender que este lugar deve ser reservado para que ele tenha uma maior concentração. Evite estudar na cama, deitado. No local escolhido deve estar apenas os materiais relativos ao estudo das disciplinas elencadas apara aquele momento. É importante que seja uma lugar arejado, com boa iluminação .

·         Divida suas Tarefas
Dedicar um tempo para o descanso é tão importante quanto estudar diariamente. Estar bem preparado para um vestibular ou para uma avaliação é equilibrar a cognição e o emocional.

·         Matérias e Assuntos
As disciplinas e conteúdos devem ser revisados, preferencialmente, no mesmo dia em que foi explanado em sala de aula. Agindo assim, o cérebro "compreende" que a informação é importante guardando-a para ser acessada futuramente. 

·         Priorize o que é relevante
Na elaboração da rotina de estudos, o aluno deve compreender quais são as prioridades. Para os estudantes do ensino médio, principalmente os terceiranistas, o mais relevante é estudar os conteúdos ligados aos vestibulares estaduais e ao ENEM.

·         Metas
Algo que precisa do amadurecimento do aluno. Se o aluno já tem definido quais seus planos para o futuro, como a escolha da profissão, facilita bastante este processo. Se não há ainda esta escolha amadurecida e definida, o estudante deve observar e definir qual o objetivo para o ano letivo. Ter como meta encerrar o ano com todas as disciplinas acima da média, ou superar a dificuldade em uma disciplina específica já é um bom caminho. 

·         Tempo disponível
Neste ponto inclui-se o fim de semana. Sempre observando o critério de equilibrar bem o tempo de estudo com o tempo para o lazer. Esta é uma decisão dolorosa, mas o resultado sempre é positivo.

·         Recursos disponíveis
Os estudantes podem e devem fazer o uso de muitas ferramentas. O bom e velho livro didático não deve ser deixado de lado. É nele que o aluno pode, muitas vezes, responder baterias de exercícios complementares, o que vai fazer toda a diferença no momento da avaliação ou do ENEM. O estudante que responde muitas questões tende a ter um melhor desempenho nas avaliações, pois com a utilização deste método ele aprende a compreender o mecanismo das questões, ganhando mais tempo no momento da avaliação. No caso do ENEM, isso faz toda a diferença. Os recursos tecnológicos como plataformas adaptativas, simulados online e vídeo-aulas também trazem grandes benefícios. O que deve ser observado é o risco de "fugas"! Na internet o aluno pode, por exemplo,  abrir uma guia para acessar conteúdos paralelos ao objetivo principal e passar mais tempo do que esperando para tal.

 *foto divulgação

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga