Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » » Na sessão da CVL de hoje (25) o vereador Robertinho(PSD) clasificou como covarde a forma com que a SEM usou contra a oposição para justificar o rebaixamento de alguns professores contratados para estagiarios


folha limoeiro 22:46:00 0


Nesta terça-feira (25), aconteceu mais uma sessão da Câmara de Vereadores de Limoeiro na “Casa Professor Agripino de Almeida”.


Na sessão desta terça feira, vários requerimentos dos vereadores foram aprovados, todos por unanimidade. O vereador Marcos Sergio colocou para ser votado na próxima semana  um projeto de Lei com relação à apreensão de animais soltos no perímetro urbano e que na primeira apreensão seja feita a marcação dos mesmos com as marcas dos proprietários dos animais. Animais tipo suínos, equinos, bois, caprinos em fim animais que trazem transtorno e perigo de acidente a população em geral.

Na justificativa do vereador, com a marcação dos animais após a marcação dos mesmos os proprietários possam ser responsabilizados por qualquer evento como, por exemplo, acidentes envolvendo o animal do proprietário que normalmente não se sabe de quem e o animal quando ocorrem acidentes.

 O Vereador Luiz Antônio (PTB), nos minutos finais indignado com a proposta do presidente Michel Temer (PMDB) de almenta a idade para aposentadorias inclusive do agricultor e do trabalhador, convocou tosos os limoeirenses para o protesto na próxima sexta feira (28), à noite na Praça da Bandeira, inclusive o mesmo ligou pessoalmente para o Dep. Federal Ricardo Teobaldo seu irmão para não que o mesmo não votasse a favor de uma aberração desta.

Já o vereador Robertinho Galvão (PSD), usou os cinco minutos finais para demostra sua indignação com a Secretaria de Educação do Município, que rebaixou alguns professores contratados para a categoria de estagiários onde passaram a receber apenas a ajuda de custo de 400 reais, com a desculpa que teria sido uma denuncia feita pela oposição ao ministério publico.

 O vereador foi pessoalmente procurar o ministério publico e saber da historia verdadeira. O promotor Munir Catão informou ao vereador não haver qualquer tipo de denuncia a este respeito e desmentiu tal informação, não existe nem uma denuncia qualquer que seja formal ou anônima sobre o assunto.

O vereador também foi ao fórum e conversou com o Juiz onde também informou não Haver denuncia sobre este assunto. O vereador caracterizou como covarde a forma que foi usada pela Secretaria de Educação, para justificar suas ações colocando a culpa e responsabilidade nos veadores da oposição.

   veja a reportagem em vídeo

video

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga