Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Hospital de Campanha começa a funcionar nesta sexta-feira em Rio Formoso


folha limoeiro 19:27:00 0





O Exército começou a instalar, nesta quinta-feira (1°/06), em Rio Formoso, uma das cidades que teve as unidades de saúde mais afetadas pelas chuvas, um Hospital de Campanha. O serviço, que está sendo montado em um terreno localizado no km 57 da PE-60, será voltado para o atendimento de urgência e emergência, com funcionamento 24h, e vai contar com atuação de equipes do próprio exército e da secretaria municipal de Saúde, composta por clínico geral, pediatra, ortopedista e infectologista, além de enfermeiros, técnicos de enfermagem e farmacêuticos. A previsão é que a unidade já entre em operação nesta sexta-feira (02.06). Em sua estrutura, instalada em uma área de 480 metros quadrados, o Hospital conta com sala de triagem, sala vermelha, posto de enfermagem, laboratório, farmácia, sala de procedimentos, almoxarifado, enfermaria com sete leitos e apoio de duas ambulâncias, uma básica e outra de suporte avançado (UTI). 

“O Hospital de Campanha do Exército foi uma solicitação da Secretaria Estadual de Saúde (SES) e está sendo instalado graças à atuação decisiva do Governador Paulo Câmara, que já determinou diversas ações para garantir a assistência à população atingida pelas fortes chuvas do último final de semana. Até que se reestruture outro serviço no município, ou se requalifique o hospital que está fechado, esse Hospital de Campanha vai garantir o atendimento de urgência e emergência à população”, ressalta o secretário estadual de Saúde, Iran Costa. 

No município de Rio Formoso, o Hospital Municipal Maria José Monteiro, único da cidade, foi interditado pela Defesa Civil e seis postos de Saúde também estavam impossibilitados de funcionar. Após atuação das equipes da SES e do município, três postos foram reabertos. Além disso, o Ambulatório de Especialidades, a Central de Assistência Farmacêutica, o local onde funcionava o Programa de Imunização e o prédio da própria secretaria municipal de Saúde foram atingidos pelas enchentes. 

A secretária de Saúde de Rio Formoso, Neijla Cristina, ressalta a importância das ações que estão sendo realizadas no município. “Desde o primeiro momento, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde, vem nos apoiando. E essa ajuda está sendo extremamente importante, pois nos deu condições de trabalho para prestar assistência à população. E esse Hospital de Campanha vem em um momento importantíssimo, já que o único Hospital da cidade está interditado, e vai garantir um suporte médico de qualidade para a população”, reforça.  

FORÇA NACIONAL DO SUS - Uma equipe formada por cinco profissionais do Ministério da Saúde (MS) chegou ao Estado na manhã desta quinta-feira (1º.06) para auxiliar nas ações relacionadas à saúde nos municípios da Zona da Mata e Agreste pernambucanos atingidos pelas fortes chuvas dos últimos dias. O grupo foi recebido na sede da Secretaria Estadual de Saúde (SES) pelo secretário da pasta, Iran Costa. Em reunião, foi apresentada a situação das cidades atingidas. Em seguida, os profissionais, que ficam no Estado até a sexta-feira (02.06), seguiram para Belém de Maria e Rio Formoso. 

"Vamos fazer uma avaliação da situação dos municípios, de seus abrigos e serviços de saúde, para verificar como o Ministério da Saúde pode ajudá-los. Também vamos dar orientação às equipes municipais sobre prevenção de doenças, como a leptospirose, e sobre a higienização dos alimentos. Ainda faremos uma avaliação da água que está sendo utilizada para consumo", afirma o médico da Força Nacional do SUS, José Manoel Marques.

KITS DE EMERGÊNCIA – Já começaram a chegar ao Recife, nesta quinta-feira (1°/06), os primeiros lotes dos 24 kits enviados pelo Ministério da Saúde. Cada kit tem capacidade para atender 1,5 mil pessoas por um mês e contém 48 itens, sendo 30 medicamentos, tais como antibióticos, analgésicos, antitérmicos, anti-inflamatórios, analgésicos, corticoides, vermífugos, entre outros. Há, ainda, 18 insumos, como esparadrapos, seringas, luvas e hipoclorito de sódio. 

Tão logo os kits sejam liberados pelas autoridades aeroportuárias, a SES inicia a distribuição para os municípios de Água Preta, Amaraji, Barra de Guabiraba, Barreiros, Belém de Maria, Catende, Cortês, Jaqueira, Joaquim Nabuco, Maraial, Palmares, Primavera, Ribeirão, Rio Formoso, São Benedito do Sul, São José da Coroa Grande, Sirinhaém e Tamandaré.

BALANÇO – Desde o último domingo (28/05), 19 equipes da secretaria estadual de Saúde, com profissionais de vigilância, assistência, regulação em saúde e engenharia, estão visitando todos os municípios afetados pelas fortes chuvas do último final de semana. Um total de 14 hospitais foram vistoriados e a SES encontrou 12 em funcionamento e dois fechados nas cidades de Belém de Maria e Rio Formoso. 

“Em Rio Formoso já estamos instalando, em parceria com as Forças Armadas, um Hospital de Campanha que vai garantir o atendimento para a população. Já em Belém de Maria, foi montada uma estrutura provisória em um Posto de Saúde, que vem fazendo os atendimentos dos casos considerados de menor gravidade. Os atendimentos complexos estão sendo encaminhados, com o apoio da Secretaria Estadual de Saúde, para o Hospital Regional de Palmares, que está funcionando normalmente e com sua plena capacidade”, explica Iran Costa. 

Além dos 14 hospitais, as equipes da SES já visitaram outras 99 Unidades de Saúde da Família (USF). Deste total, 83 estão em funcionamento, atendendo os usuários do SUS, e outros 16 serviços estão com os atendimentos suspensos. Os casos mais graves estão em Belém de Maria, que está com apenas uma das quatro USFs em funcionamento, e Rio Formoso – que conta com nove postos e, inicialmente, seis estavam fechados. Após atuação das equipes da SES e do município, três postos foram reabertos, totalizando seis unidades com atendimento à população. 

As equipes da SES também têm realizado diagnóstico e monitoramento dos abrigos em funcionamento nesses municípios. Mais de 40 abrigos já foram visitados. O objetivo é manter a vigilância nesses locais com o intuito de monitorar a situação epidemiológica e, caso necessário, responder de forma rápida e efetiva. 

Os profissionais analisam a situação de infraestrutura dos abrigos, a quantidade de pessoas instaladas e seus respectivos quadros clínicos. Além disso, também fornecem, à população e aos agentes comunitários e de endemias, orientações sobre a necessidade do uso do hipoclorito na água utilizada para consumo; cuidados básicos ao manusear entulhos e destroços e sintomas e tratamentos de agravos, como leptospirose, hepatite A e diarreia.

Para auxiliar os municípios a reabastecerem seus estoques e reforçarem as ações de prevenção de doenças, a SES já distribuiu mais de 6 mil litros de hipoclorito de sódio, para deixar a água potável e livre de vírus e bactérias; 24 mil tiras de glicemia, 120 aparelhos de medição de glicemia e mais de 10 mil doses de vacinas para as secretarias municipais de Saúde das cidades atingidas. Além disso, já foram entregues mais de 30 mil itens de outros insumos, entre medicamentos, soros, materiais para curativos e nebulização, e diversos outros equipamentos médicos, como estetoscópios e tensiômetros. 

Secretaria Estadual de Saúde - PE
Superintendência de Comunicação
(81) 3184.0065 / 99488.2688

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga