Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Faltando pouco mais de um ano para o período eleitoral, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), vê o calo apertar na caminhada para a sua candidatura à reeleição. Com o partido rachado internamente, o socialista não dá sinais de reação. A violência desenfreada no estado e as polêmicas declarações de alguns secretários (que se dizem seguros em PE) ajudam a enfraquecer ainda mais o projeto político. Várias promessas de campanha não saíram do papel e não será nada fácil para o governador pedir votos aos policiais militares e professores, por exemplo. Por outro lado, o nome de Armando Monteiro (PTB) continua em “banho maria”. O senador não consegue emplacar de vez como a “esperança” e abre brecha para novas vias. Monteiro posou para fotografias com o colega de Senado, Fernando Bezerra Coelho (PSB), durante visita à Petrolina, berço eleitoral de FBC, deixando no ar a possibilidade de um acordo para disputa do Palácio do Campo das Princesas. Quem corre pelas beiradas é a vereador recifense Marília Arraes (PT). Recentemente, ela ganhou o apoio declarado do ex-presidente Lula (PT), que apesar das acusações de corrupção, ainda mantém considerável aceitação entre os pernambucanos. De sobrenome tradicional, a petista tem andado o Estado – tentando se tornar mais conhecida. O PSDB se mantém em silêncio e o projeto de candidatura própria não emplacou, se é que alguém nos bastidores ainda pensa nisso. Habilidade – Depois de votar favorável à reforma trabalhista, o deputado federal Ricardo Teobaldo (Podemos) não pode aparecer em fotos com políticos da região que o bombardeio começa nas redes sociais. Recentemente, ele participou da festa de emancipação política de Bom Jardim. Depois de alguns registros muitos comentários foram postados questionando o voto de Teobaldo. Um político ligado ao deputado disse que ele tem encarado com naturalidade e terá habilidade para seguir durante a campanha. Visita – Secretário de Administração de Pernambuco, Milton Coelho (PSB) tem visita marcada para Limoeiro no final do mês de julho ou começo de agosto. Uma fonte socialista nos revelou que ele vai visitar algumas lideranças e na lista tem vereadores. Milton costura sua candidatura à deputado federal. Considerado inteligente e articulado, o dedo dele pode pesar nas escolhas para 2020. Cautela – Mesmo com o apoio de 8 vereadores dos 11 da Câmara Municipal de Passira, a prefeita Renya Carla (PP) tem encarado dura oposição. Os três que restaram estão visitando postos de saúde e outras repartições para mostrar as falhas nas redes sociais. Do outro lado da moeda, Renya tem bombardeado o “face” com as ações da prefeitura e utilizado a frase: “A melhor resposta é com trabalho”. Um secretário da gestão disse que tem dado certo e a avaliação popular segue positiva. Inovando – O prefeito de Feira Nova, Danilson Gonzaga (PSD), resolveu deixar o gabinete e visitar as comunidades com o Orçamento Participativo. A ordem dada aos secretários e diretores é acompanhar, anotar e atender bem. Nas visitas são eleitas pelos moradores três ações de acordo com a necessidade. O gestor analisa as condições financeiras e prioriza a execução delas. Rápidas Despedida – O secretário de Cultura de Limoeiro, Maestro Wellington Pereira, está de malas prontas para sair da gestão. Ele disse que vai cuidar exclusivamente da sua produtora de eventos. Quem vai assumir? De olho em 20 – Depois de promover com sucesso o São João e o Forrozão da Ressaca, o ex-vereador por Limoeiro Zé Nilton (PR) disse que vai continuar na ativa. Zé não esconde de ninguém que o projeto dele sinaliza para o Executivo. Fogo e Fumaça – Será que vem mais mudança no secretariado de Limoeiro?


folha limoeiro 10:18:00 0


Faltando pouco mais de um ano para o período eleitoral, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), vê o calo apertar na caminhada para a sua candidatura à reeleição. Com o partido rachado internamente, o socialista não dá sinais de reação. A violência desenfreada no estado e as polêmicas declarações de alguns secretários (que se dizem seguros em PE) ajudam a enfraquecer ainda mais o projeto político.  Várias promessas de campanha não saíram do papel e não será nada fácil para o governador pedir votos aos policiais militares e professores, por exemplo.

Por outro lado, o nome de Armando Monteiro (PTB) continua em “banho maria”. O senador não consegue emplacar de vez como a “esperança” e abre brecha para novas vias. Monteiro posou para fotografias com o colega de Senado, Fernando Bezerra Coelho (PSB), durante visita à Petrolina, berço eleitoral de FBC, deixando no ar a possibilidade de um acordo para disputa do Palácio do Campo das Princesas.

Quem corre pelas beiradas é a vereador recifense Marília Arraes (PT). Recentemente, ela ganhou o apoio declarado do ex-presidente Lula (PT), que apesar das acusações de corrupção, ainda mantém considerável aceitação entre os pernambucanos. De sobrenome tradicional, a petista tem andado o Estado – tentando se tornar mais conhecida. O PSDB se mantém em silêncio e o projeto de candidatura própria não emplacou, se é que alguém nos bastidores ainda pensa nisso.

Habilidade – Depois de votar favorável à reforma trabalhista, o deputado federal Ricardo Teobaldo (Podemos) não pode aparecer em fotos com políticos da região que o bombardeio começa nas redes sociais. Recentemente, ele participou da festa de emancipação política de Bom Jardim. Depois de alguns registros muitos comentários foram postados questionando o voto de Teobaldo. Um político ligado ao deputado disse que ele tem encarado com naturalidade e terá habilidade para seguir durante a campanha.

Visita – Secretário de Administração de Pernambuco, Milton Coelho (PSB) tem visita marcada para Limoeiro no final do mês de julho ou começo de agosto. Uma fonte socialista nos revelou que ele vai visitar algumas lideranças e na lista tem vereadores. Milton costura sua candidatura à deputado federal. Considerado inteligente e articulado, o dedo dele pode pesar nas escolhas para 2020.

Cautela – Mesmo com o apoio de 8 vereadores dos 11 da Câmara Municipal de Passira, a prefeita Renya Carla (PP) tem encarado dura oposição. Os três que restaram estão visitando postos de saúde e outras repartições para mostrar as falhas nas redes sociais. Do outro lado da moeda, Renya tem bombardeado o “face” com as ações da prefeitura e utilizado a frase: “A melhor resposta é com trabalho”. Um secretário da gestão disse que tem dado certo e a avaliação popular segue positiva.

Inovando – O prefeito de Feira Nova, Danilson Gonzaga (PSD), resolveu deixar o gabinete e visitar as comunidades com o Orçamento Participativo. A ordem dada aos secretários e diretores é acompanhar, anotar e atender bem. Nas visitas são eleitas pelos moradores três ações de acordo com a necessidade. O gestor analisa as condições financeiras e prioriza a execução delas.

Rápidas

Despedida – O secretário de Cultura de Limoeiro, Maestro Wellington Pereira, está de malas prontas para sair da gestão. Ele disse que vai cuidar exclusivamente da sua produtora de eventos. Quem vai assumir?

De olho em 20 – Depois de promover com sucesso o São João e o Forrozão da Ressaca, o ex-vereador por Limoeiro Zé Nilton (PR) disse que vai continuar na ativa. Zé não esconde de ninguém que o projeto dele sinaliza para o Executivo.


Fogo e Fumaça – Será que vem mais mudança no secretariado de Limoeiro?

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga