Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Sobre a nota publicada em blog a respeito das ações no Ministério Público de Timbaúba, a Assessoria de Imprensa do Deputado Marinaldo Rosendo vem informar o seguinte:


folha limoeiro 16:51:00 0


Das quatro ações que foram ingressadas pelo Promotor de Justiça, o Deputado Marinaldo recebeu a notificação de apenas duas. Cumpre-nos destacar que as duas ações são exatamente iguais, tratando do mesmo objeto. A defesa prévia já foi apresentada e demonstra de forma clara e transparente que não houve qualquer ato ilegal ou crime praticado por Marinaldo durante a sua gestão como Prefeito de Timbaúba ou posteriormente, tampouco o uso indevido de dinheiro público. 

Com relação às outras duas ações protocoladas, até o presente momento o Deputado não teve acesso a nenhuma delas. Apenas tomou conhecimento dos assuntos por elas tratados através da imprensa. 

Apesar disso, o deputado, de antemão, já declara que irá provar que as mesmas não apresentam qualquer fundamento, seja jurídico ou de fato.  

Apenas a título de exemplo, para justificar as ações equivocadas que estão sendo apresentadas contra Marinaldo, em uma delas o Promotor alega que ocorreu o uso indevido de diárias por parte do Deputado quando era Prefeito. Diga-se de passagem, que Marinaldo Rosendo, durante a sua gestão à frente da Prefeitura de Timbaúba, nunca fez uso de diárias ou de combustível a que teria direito. Ele sempre custeou suas ações como Prefeito com recursos próprios. Portanto, Marinaldo nunca requereu ou foi beneficiário de diárias a seu favor.

Uma prova de seu desprendimento está na doação realizada, durante o seu mandato como Prefeito de quantia superior a três milhões de reais à Prefeitura para custear ações em prol da população timbaubense, devidamente registrada em cartório, algo jamais visto na política brasileira.

Diante dos fatos acima narrados, comprova-se que tais iniciativas não passam de atos de pirotecnia de um Promotor que visa unicamente perseguir Marinaldo Rosendo, alegando inverdades a seu respeito, pois, entre outros pontos, o Ministério Público chegou a solicitar informações do ano de 2008, quando Marinaldo ainda nem era Prefeito.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga