Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Cresce a prática da Hidroterapia em UTIs Neonatais


folha limoeiro 21:25:00 0


Técnica tem como objetivo humanizar o tratamento de bebês prematuros

A humanização no tratamento em UTIs Neonatais tem sido o motivo de grande atenção por parte de quem se dedica a cuidar dos bebês prematuros. Amenizar as consequências patológicas de quem nasceu antes da hora e são submetidos a um ambiente com excesso de ruídos, luminosidade e procedimentos dolorosos é o grande objetivo desses profissionais. Para isso, a hidroterapia tem sido a técnica bastante utilizada para acalmar o bebê, facilitar os movimentos e estimular o sistema respiratório.
Realizada por fisioterapeutas, a terapia aquática vem ganhando adesão por proporcionar diversos benefícios para os bebês, como por exemplo, alívio da dor, relaxamento muscular, melhora do desconforto respiratório e auxilia no desmame precoce do oxigênio. De acordo com a professora de fisioterapia daUniversidade Salgado de Oliveira, Alessandra Teixeira, a técnica dura em média 10 minutos e é feita com a imersão do bebê em um bande de água morna entre 36 e 37 graus.
O ambiente se assemelha ao útero, o que proporciona tranquilidade e segurança ao bebê. No momento da hidroterapia é importante que o ambiente esteja calmo para que o bebê fique tranquilo. Acompanhamos a reação da criança para começar os movimentos que auxiliam no desenvolvimento psicomotor e neurológico”, explica, enfatizando que apenas os fisioterapeutas podem realizar a técnica. Neste sentido, a Terapia Aquática se apresenta como uma alternativa a ser aplicada em bebês clinicamente estáveis, sendo aplicada em UTI Neonatal através de duas modalidades: o Ofurô e a Hidrocinesioterapia.
Na primeira modalidade, os bebês são envoltos em fraldas num padrão postural flexor e imersos em balde com água aquecida de modo a promover estímulos e sensações que simulam o útero materno. Já na hidrocinesioterapia, o fisioterapeuta realiza movimentos lentos e controlados no bebê em bacias grandes, aproveitando-se do meio hídrico aquecido para promover relaxamento e facilitação dos movimentos.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga