Select Menu
Select Menu
Image and video hosting by TinyPic

Noticias de ultima horas

Cidade

Noticias da Região

EDUCAÇÃO E SAUDE

CULTURA E ESPORTE

Mundo e Brasil

Estado

Politica

CÂMARA DE VEREADORES DE LIMOEIRO

» » Alimentos que causam enxaqueca


folha limoeiro 14:03:00 0

A predisposição genética também pode causar a enxaqueca (Foto: depositphotos)


A enxaqueca é decorrente do estilo de vida e dos hábitos do indivíduo portador da doença

Postado por Ana Ligia


Compartilhar no Twitter   Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Google+  Informar erro  Informar erro
Os alimentos consumidos podem ter uma grande influência e ajudar a causar crises de enxaqueca. Saiba quais comidas e bebidas evitar caso sofra do problema.

A enxaqueca acompanha diversos sintomas severos como fortes dores de cabeça, enjoos, tonturas, entre diversos outros. Procure sempre a consulta com um especialista para acompanhar de perto cada caso.


Alimentos que provocam enxaqueca
A enxaqueca é uma doença crônica que provoca um desequilíbrio de hormônios e substâncias denominadas peptídeos no cérebro.

Esse desequilíbrio é decorrente do estilo de vida e dos hábitos do indivíduo portador da enxaqueca, que se manifesta a partir de predisposição genética.

Café, doces e pães são exemplos de alimentos que causam enxaqueca


“Os conhecimentos adquiridos por diversas áreas da ciência nas últimas décadas permitem explicar a profunda influência na enxaqueca exercida pelos alimentos que ingerimos no dia a dia. Compreender a alimentação no tocante aos seus aspectos pró e antienxaqueca é um grande passo, um poderoso instrumento, no sentido de controlar, definitivamente, este mal. A maior farmácia do mundo está na nossa própria cozinha, e isso vale para a enxaqueca”, revela o especialista Alexandre Feldman.

Veja também: Enxaqueca e alimentação podem ter relação direta. Saiba o porquê

Segundo o profissional, não consumir alguns tipos de comidas e bebidas pode ajudar a evitar as crises de enxaqueca. Alguns deles são:

Café, refrigerantes e outros alimentos que contenham cafeína;
Evite o consumo de leite, mas invista nos derivados fermentados do leite, como iogurtes naturais, queijos e leites fermentados;
Doces rotineiramente;
Pães diariamente;
Evite o consumo frequente de massas e chocolate;
Não consuma temperos artificiais;
Evite carne de frango, pois o alimento pode conter antibióticos, hormônios artificiais entre outros aditivos, o que prejudica a enxaqueca;
Produtos industrializados.
Por conter cafeína, o café é um dos alimentos que causam a enxaqueca
é indicado evitar tomar café com frequência (Foto: depositphotos)

Veja também: Dor de cabeça? Enxaqueca? 6 receitas de chás para tratar esses desconfortos

Ainda de acordo com Alexandre, existem casos de alimentos à parte que podem piorar as crises de enxaqueca e isso é algo que varia de cada paciente.

“Por exemplo, tem gente que, se comer fruta cítrica, ou castanha, ou alho, cebola, salsinha, queijo e assim por diante – tem uma crise de enxaqueca desencadeada por esse item em particular. Isso significa que esse ingrediente, para aquele indivíduo e naquele momento de sua vida, desencadeia crises de enxaqueca. Isso não significa, em absoluto, que para a grande maioria das outras pessoas que sofrem de enxaqueca, esse mesmo item da alimentação não deveria ser consumido”.



       Como evitar crises de enxaqueca

Além de evitar tais alimentos, existem outras formas que ajudam a combater as crises de enxaqueca.

Não pule nenhuma refeição e busque ter uma alimentação com horários regrados;
Beba muita água;
Durma bem;
Não se exponha demasiadamente ao Sol e à claridade;
Consuma frutas, verduras, legumes e outros alimentos de preferência de cultivo orgânico;
 Comece uma dieta rica em magnésio.
Veja também: Quais as formas de tratamento em casa devo fazer para enxaqueca

Sintomas da enxaqueca
As dores de cabeça da enxaqueca costumam atingir o pescoço e a nuca, por trás da cabeça, testa, olhos, área em volta dos olhos, sobrancelhas, têmporas, o lado ou topo da cabeça, rosto e área dos seios da face ou até mesmo os dentes.

“Não é necessário sentir dor em todas essas regiões da cabeça ao mesmo tempo para ser enxaqueca. A dor pode se localizar em uma ou mais dessas regiões, bem como migrar de uma para outra região (muito comum), e afetar apenas um dos lados da cabeça”, esclarece o profissional.

As dores de cabeça da enxaqueca possuem intensidade muito variável. Podem também ser em latejamento, pontada, aperto ou pressão para fora, pontadas ou fisgadas.

Muitas pessoas costumam acreditar que a enxaqueca se resuma a dores de cabeça. Apesar de ser o predominante, outros sintomas podem aparecer em quem sofre do problema.

Existem também crises de enxaquecas que aparecem ser nenhuma dor de cabeça, mas com outros sintomas também difíceis de lidar como:

Náuseas;
Vômitos;
Fotofobia;
Hipersensibilidade sonora;
Sensibilidade a cheiros;
Visão embaçada;
Irritabilidade e alteração de humor;
Dificuldade em manter a concentração;
Tonturas;
Obstrução nasal e/ou coriza;
Tensão nos músculos da nuca e ombros;
Diarreia;
Vontade frequente de urina;
Sensibilidade no couro cabeludo;
Sensação de cabeça leve ou pesada;
Olhos e face inchados;

Distúrbios da memória.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga