Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


Conheça Limoeiro

» » O Hospital Regional e Limoeiro amanheceu de luto faleu nesta quarta feira Dr. Afrânio Jorge Magalhaes

Hospital Regional de Limoeiro amanheceu hoje mais triste e de luto. Faleceu na madrugada desta quarta-feira (17),as  4:50 min no Hospital Português na Capital pernambucana , o medico limoeirense e ex-prefeito Dr.Afraneo Jorge Magalhães.

Dr. Afrânio Jorge Costa Magalhães, o Dr. Afrânio, tinha 52 anos era casado com a enfermeira Isabel. Dr. Afrânio a mais o menos cinco meses, descobriu uma neoplasia foi a São Paulo para diagnósticos preciso e tratamento mais acabou falecendo após muita luta pela vida. Estava internado no Hospital Real Português e foi a óbito por falência múltipla dos órgãos.

Dr. Afrânio tinha atuação em diversas cidades do Agreste Setentrional, chegou a exercer a função de secretário municipal de Saúde no município do Bom Jardim - PE e em seguida chegando a ser sendo prefeito do município (1993/1996). O município de Bom Jardim através do Prefeito João Lira, decretou luto oficial por três dias.
O prefeito João Luiz (PSB) da cidade de Limoeiro suspendeu a festividade da noite de hoje da festa de são Sebastião, e deve decretar luto oficial de três dias assim como a Câmara de vereadores do município.
"Dr. Afrânio trabalhou em nossa cidade por amor... sempre com um sorriso no rosto, brincando, cheio de luz, só temos agora que agradecer a ele onde estiver e a Deus por ter nos concedido anos maravilhosos ao seu lado. Santa Maria do Cambucá hoje chora o falecimento de um guerreiro... OBRIGADA POR TUDO DOUTOR!” disse a secretaria de Santa Maria de Cambucá, Silvana Lima.
O velório acontecerá na sede do Colombo Sport Club, na cidade de Limoeiro por toda a manha e tarde de hoje, e o seu sepultamento será às 17h, no Cemitério São João Batista nesta quarta feira 17/01/18 na cidade de Limoeiro.


“A direção os amigos, funcionários e paciente do Hospital Regional de Limoeiro, estão hoje extremamente triste, pois perderam não só o médico mais um grande ser Humano e amigo, amigo nas horas difíceis e sempre presente nas horas que se precisava dele nunca soube dizer um não a quem que seja esta palavra não existia em seu vocabulário e sempre alegre e com uma felicidade estampada no rosto atendia a todos indistintamente” Jair ferreira funcionário do Hospital regional

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga