Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


» » Prefeitos da Zona da Mata debaterão na AFCP redução da criminalidade através do setor canavieiro



Na segunda-feira (02/04), às 10h, a Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco (AFCP) espera receber os prefeitos da Zona da Mata para um debate sobre o projeto Renovar do setor canavieiro onde visa contribuir na redução dos índices de criminalidade na região através do crescimento de postos de trabalho por meio da recuperação de antigos patamares da safra da cana e da produtividade das usinas. Na referida região, existem 11 mil fornecedores independentes de cana, dos quais já dependem 30 mil trabalhadores. Os deputados estaduais e federais, ligados a estes municípios, também estão sendo convidados, bem como senadores e o secretário estadual de Agricultura, Wellington Batista. A participação dos prefeitos e de cada ator envolvido será tratada durante a reunião que contará ainda com a presença do presidente da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida), José Inácio, já que o Renovar é um projeto que está sendo discutido dos estados da Bahia ao Rio Grande do Norte.
“Como há uma relação direta entre crime e desemprego, que cresceram bastante nos últimos anos, o Renovar, que foi entregue recentemente ao governador Paulo Câmara, visa a partir de uma Parceria Pública Privada (PPP) recuperar os canaviais da região, a fim de renovar os canaviais do estado e acabar com a capacidade ociosa das unidades industriais. Com isso, abrem-se milhares de empregos no campo e usinas – condições importantes para contribuir na redução da criminalidade na nossa região, com  repercussões diretas também na Região Metropolitana do Recife”, comenta Alexandre Andrade Lima, presidente da AFCP. O Renovar, elaborado pelo consultor Gregório Maranhão, conta também com a parceria do Sindicato dos Cultivadores de Cana de Pernambuco (Sindicape).
Por se tratar de uma PPP, o Renovar visa dividir tal responsabilidade entre o setor canavieiro e o público. Desse modo, o Governo do Estado através de recursos federais voltados para essa finalidade pode atuar como parceiro na implementação deste projeto. Assim, como há milhões em recurso federais voltados para Pernambuco com projetos também de Segurança Pública, anunciados recentemente pelo presidente Temer, é vital o apoio político dos prefeitos da Mata Norte, deputados e senadores, os quais estão bastante preocupados com a questão da criminalidade.
Lima explica sobre a viabilidade do Renovar para baixar a criminalidade através de outro relevante indicador socioeconômico, que é o emprego na Zona da Mata – região que tem superado e muito o nível de crimes. ”Hoje as usinas de açúcar e etanol em PE tem uma capacidade ociosa de mais de 5 milhões. Elas moem 11,5 milhões de cana por safra diante do déficit da matéria-prima nos últimos anos, marcados por cinco anos de seca, quando estão prontas para esmagar 17 milhões”, diz Lima. O dirigente lembra que a cada mil toneladas de cana de açúcar a mais ou a menos estão em jogo seis empregos direto e o triplo disso em indireto. O Renovar (Programa de Revitalização da Atividade Canavieira do NE) atua na raiz desse problema, pois auxilia na renovação dos canaviais, os quais demandarão milhares de mais empregos no campo e usinas, fatores socioeconômicos vitais para ajudar na redução da criminalidade.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga