Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


Conheça Limoeiro

» » RESISTIR É CRIAR, RESISTIR É TRANSFORMAR



Com o lema “RESISTIR É CRIAR, RESISTIR É TRANSFORMAR” ,ocorre no próximo 13 de março até o dia 17, em Salvador Bahia a décima terceira edição do Forum Social Mundial. Evento que conta participação de entidades sociais do mundo todo, é uma iniciativa que se opõe ao sistema neo-liberal que impera no mundo hoje. Iniciou-se em 2001 em Porto Alegre, reúne milhares de pessoas em centenas de conferências sobre variados temas.

Discussões de combate à Intolerância Religiosa, auto-afirmação dos povos tradicionais se fazem presentes neste evento. Um grupo de ativistas de Limoeiro estará participando desta temática específica. O Forum Afro-Indígena de Limoeiro, que tem atividades de debates reflexivos e defesa da cultura e religiosidade afroindigena, já está com presença confirmada em Salvador.

Segundo Pai Maciel de Yemanjá, integrante do grupo limoeirense, “é uma etapa a mais de afirmação de nosso grupo de Limoeiro participar do Forum Social na Bahia, pois estamos defendendo nossa cultura e religiosidade que devem ser tratadas em igualdade perante outras formas religiosas e culturais ”.

O grupo limoeirense mobilizou-se na cidade em uma campanha de apoio por meio de uma rifa e doações espontâneas que ajudou a custear parte dos gastos do grupo.
Os integrantes do Forum Afroindigena de Limoeiro, externam seus agradecimentos a todas e todos que colaboraram com o custeio do grupo.

Está previsto para final de março uma Roda de Debates em Limoeiro sobre o fórum Social Mundial com os Limoeirenses que participaram do evento.


MAIS INFORMAÇÕES:

acesse na internet: wsf2018.org

Com o lema “Resistir é criar. Resistir é transformar!”, as atividades do Fórum devem convergir para os seguintes eixos temáticos: Ancestralidade, Terra e Territorialidade; Comunicação, Tecnologias e Mídias livres; Culturas de Resistências; Democracias; Democratização da Economia; Desenvolvimento, Justiça Social e Ambiental; Direito à Cidade; Direitos Humanos; Educação e Ciência, para Emancipação e Soberania dos Povos; Feminismos e Luta das Mulheres; Futuro do FSM; LGBTQI+ e Diversidade de Gênero; Lutas Anticoloniais; Migrações; Mundo do Trabalho; Um Mundo sem Racismo, Intolerância e Xenofobia; Paz e Solidariedade; Povos Indígenas e Vidas Negras Importam.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga