Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


Conheça Limoeiro

» » José Humberto preside reunião que debateu projeto de capacitação para reciclagem de eletroeletrônicos


Uma iniciativa de capacitação para reciclagem de produtos eletroeletrônicos foi apresentada, nesta quarta (18), durante a reunião da Comissão de Meio Ambiente. O Polo de Formação e Reuso de Eletroeletrônicos pretende ensinar catadores e pessoas de baixa renda a reciclarem produtos que ainda estão em condição de uso mas foram descartados, o que é comum no caso de televisores, aparelhos de som e equipamentos de informática.
O polo é fruto da fusão entre o Instituto Intercidadania e o Centro Marista Circuito Jovem do Recife, e também teve investimentos da Fundação Banco do Brasil. Segundo  o gestor  do Polo, Domingos Sávio França, o trabalho dessas organizações formou 15 mil jovens nos últimos nove anos, dos quais 3,5 mil entraram no mercado de trabalho formal.  A entidade fica no bairro de Apipucos, no Recife.
“Hoje uma pessoa destrói uma TV para ganhar 90 centavos com o cobre que tem dentro dela, mas poderia ganhar entre R$ 50 e 100 ao consertar um fio e vender a TV usada”, exemplifica Domingos França, A capacitação também orienta pessoas que trabalham com esses resíduos a lidar com materiais potencialmente danosos à saúde e ao meio ambiente, como o mercúrio.
Dados apresentados na reunião apontam que são reciclados no Recife apenas 2% do material eletroeletrônico de origem de pessoas físicas e 10% do originado de empresas. Outra questão levantada pelos responsáveis pelo projeto foi relativa a coleta desses resíduos para reciclagem, já que cerca de 20 toneladas de material eletroeletrônico estão indo todos os dias para aterros sanitários da Região Metropolitana.
“Em todo o Brasil, esse reaproveitamento representa um mercado potencial de R$ 9 bilhões. Nossa iniciativa é um projeto-piloto para fazer um Arranjo Produtivo Local (APL) em torno da reciclagem desses materiais, dentro de uma rede de iniciativas similares no País”, explicou França.
Os deputados sugeriram novas articulações para o projeto, como a possibilidade de capacitação para reeducandos da Funase. “A Comissão deve agendar uma visita a esses serviços de capacitação e também podemos ajudar na cooperação da Federação de Indústrias de Pernambuco (FIEPE) com essa importante iniciativa”, anunciou o vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente, José Humberto Cavalcanti (PTB), que coordenou a reunião.

Com informações da ALEPE

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply