Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


» » Dono de som clama por pagamento de serviço prestado à prefeitura de Limoeiro


“Só queremos o nosso dinheiro”. Com essa frase, um dono de som procurou a nossa reportagem para reivindicar o pagamento dos serviços de sonorização prestados à prefeitura de Limoeiro. Ele informou que desde o mês de dezembro de 2017 tem proprietários de som sem receber, e que os prestadores aguardam o pagamento – que deve ser efetuado pela empresa BH, vencedora da licitação. A solicitação da prestação de serviço é feita diretamente pela secretaria de Cultura de Limoeiro.

Os atrasados variam entre R$ 1,5 mil e R$ 20 mil. “Estamos recebendo à contra-gota. Parcelas de 500 ou mil reais, quando sai alguma coisa. Como vamos pagar aos trabalhadores? Estão nos massacrando”, repudiou esse dono de som. Ele ainda informou que o valor pago pela tabela do que foi licitado para sons de pequeno, médio e grande porte é bem maior do que os donos de som de Limoeiro recebem na realidade. “Mas isso vou dizer que entendo, porém, quero receber pelo serviço que prestei. Na hora que precisam estamos lá cumprindo o nosso compromisso. Mas cadê o compromisso deles com a gente? Só queremos o nosso dinheiro”, reivindicou.

Resposta - Procurada pela nossa reportagem, a Prefeitura de Limoeiro, por meio da Secretaria Executiva de Imprensa e Comunicação, respondeu através de nota. O município reconhece a existência do débito e diz que está pagando gradativamente. “A Secretaria de Cultura, Turismo e Lazer informa que este débito existe, não é de dezembro e sim de janeiro. No primeiro semestre, após São Sebastião e Carnaval, o montante em relação aos donos de som é considerável, uns já foram pagos, outros estão sendo gradativamente mês a mês”, diz a nota.



Fonte Blog do Agreste/Alfredo Neto
Leia mais:http://blogdoagreste.blogspot.com.br/2018/05/dono-de-som-clama-por-pagamento-de.html

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply