Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


» » Impactos sociais e ambientais provocados pelo presídio de Limoeiro voltam a ser destaque na mídia


Novamente os problemas gerados pelo esgoto do presídio Dr. Ênio Pessoa Guerra, em Limoeiro, virou notícia.

Desta vez, provocada por estudantes da Escola Técnica Estadual José Humberto de Moura Cavalcanti, unidade de ensino localizada ao lado da penitenciária, a emissora de TV Rede Globo Nordeste esteve no local ontem, dia 16, para realizar uma matéria sobre o assunto.




No mês de abril a unidade de ensino chegou a receber a visita do deputado estadual José Humberto, que a pedido de alunos e professores levou o caso para o Plenário da Assembleia Legislativa, oportunidade que aproveitou para relatar os impactos sociais e ambientais relacionados ao problema e acionou a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), Secretaria de Recursos Hídricos e Energéticos (SRHE) e Ministério Público de Pernambuco cobrando providências quanto ao assunto.

“As pessoas que circulam ali sentem o mau cheiro das fossas sépticas. O esgoto corre a céu aberto, e a escola, que tem cerca de 800 alunos, já teve que parar as atividades por uma semana por conta desse problema”, relatou José Humberto naquela ocasião.

Vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente da ALEPE, o parlamentar também se comprometeu a realizar em breve uma visita técnica ao local com o Colegiado.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply