Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


Conheça Limoeiro

» » Com estrutura impressionante, Centro de Parto Normal do Paudalho Gabrielly Ramos é inaugurado

Num esforço de reduzir as cesáreas no mundo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) publicou no mês de fevereiro de 2018, novas recomendações sobre padrões de tratamento e cuidados relacionados às mulheres grávidas. A ação visa reduzir intervenções médicas desnecessárias. Segundo a OMS, dados de 2016 mostram que o Brasil é um dos líderes em cesáreas no mundo e alerta que o aumento nas práticas em partos se transformou em uma “epidemia”. A organização estima que a taxa média mundial de cesáreas seja de 18,6% dos partos. Em 1990, esse índice representava apenas 6%.
Em média, o percentual de cesáreas hoje na Europa é de 25%, há 20 anos o número era de 15%. Nos EUA, a taxa é de 32,8%. Já no Brasil, os dados de 2016 apontam que 55,6% dos partos no país foram de cesarianas, a segunda maior taxa do mundo, já que o país só fica atrás da República Dominicana, que aparece com 56%. Segundo dados divulgados em 2017 pelo Ministério da Saúde, pela primeira vez desde 2010, o número de cesarianas na rede pública e privada de saúde não havia crescido no país. O tipo de procedimento caiu 1,5 ponto percentual em 2015. Dos três milhões de partos realizados no Brasil no período, 55,5% foram cesáreas e 44,5% foram partos normais. Os números mostram ainda que, considerando apenas partos realizados no Sistema Único de Saúde (SUS), o percentual é de 59,8% de partos normais, contra 40,2% de cesarianas.
E mostrando preocupação com a saúde, bem-estar e escolha da Mulher, a Prefeitura do Paudalho inaugurou no último sábado (11) o Centro de Parto Normal do Paudalho Gabrielly Ramos. Centenas de pessoas participaram da solenidade na unidade que fica na comunidade do Alto do Hospital, no bairro de Santa Tereza. O local impressionou pela estrutura que oferta suítes individuais para cada mãe, com banheiros equipados e ainda locais de banho de sol para o bebê.
Cada quarto conta com equipamentos de última geração, wifi e Smarts TVs com serviços de streaming. Na unidade de saúde, as gestantes vão ter um atendimento humanizado com equipes de médicos, enfermeiras que receberão capacitação com cerca de oito enfermeiras obstetras. “Na hora de parir a gestante dará a “luz”“ a criança em uma banheira especializada para o processo. O objetivo é respeitar a vontade da mãe. O Centro possui uma aérea de aproximadamente 502 metros quadrados em um investimento total de quase R$ 1 Milhão.
A serviço gerais, Lindinalva Maria, de 32 anos, participou da inauguração e comemorou mais uma vitória da Saúde no Município. “Está tudo muito lindo, os quartos, as salas, o local todo. Nota 10. É muito bom saber que agora a gente vai ter um lugar para ter nosso filhos com segurança”, disse.

De acordo com a gestão, o objetivo principal da unidade é devolver aos paudalhenses o direito de nascer em Paudalho. Emocionado e visivelmente feliz, o prefeito Marcelo Gouveia comentou que o Centro foi pensado em cada detalhe. “Eu acho que as grandes coisas estão nos detalhes. Nós pensamos em cada pequeno aqui. Pensamos na porta automática, nos quadrinhos de cada porta para as mães colocarem o nome dos filhos. Nas camas, nas TVs, na comodidade de ter até aplicativos para filmes. Tudo isso foi pensado e eu estou muito feliz porque, agora o paudalhense vai nascer em Paudalho”, comemorou.

Funcionamento

De acordo com a diretora da unidade, Lúcia Matias, o atendimento no local começa nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). “O Centro de Parto Normal vai receber todas as gestantes do Município, de forma que o atendimento começará nos Postos de Saúde da Família, onde elas vão ser captadas. Elas vão participar de reuniões aqui com as enfermeiras, vão conhecer o serviço, como é que será no dia do parto e ao mesmo tempo elas receberão orientação sobre o parto. Ou seja, as obstetras vão estar intergradas com as unidades da família e todas as gestantes do Município vão ser vinculadas ao Centro de Parto”, explicou. Ainda segundo a diretora Lúcia Matias, o local oferta estrutura modelo. “Eu acho que nós temos uma estrutura modelo que na região não existe igual. A qualidade começa com estrutura física e de profissionais”, comentou.

Homenagem

Em 28 de julho de 2017, a paudalhense Nayane Ramos estava grávida e viu um dos seus maiores sonhos serem frustrados. Por falta de estrutura na região, sua filha nasceu morta. Ao se deparar com a situação, a Prefeitura decidiu homenagear a unidade com o nome da criança. “Se existisse esse Centro do Parto eu tenho certeza que isso não teria acontecido. Porque eu creio que aqui têm pessoas bastante capacitadas. Foi uma perda muito grande!”, disse.
Grávida novamente, Nayane acredita que, agora a realidade é outra. “Eu creio que terei meu filho ou filha aqui e que eu vou ter todo apoio. Quando aconteceu o fato, as pessoas de Paudalho, o prefeito foi maravilhoso, porque não tinha ambulância e mandaram ambulância. Eu estou muito feliz pela homenagem”, contou.

“O que vem na minha cabeça é gratidão. Eu perdi, mas muitas pessoas vão ter aqui. Eu acredito que através da minha perda muitas pessoas vão ganhar”

Saúde funciona da atenção básica as especializadas

Não é apenas o Centro de Parto que mostra competência na estrutura. No mesmo dia, a Secretaria de Saúde entregou à população sete novas ambulâncias. “Nós temos algumas comunidades de difíceis acessos, como Chã Alegre, Mussurepe, e essas ambulâncias vão ajudar muito”, esclareceu o secretário de Saúde do Município, Orlando Jorge.
Na última semana todas as Unidades Básicas de Saúde foram equipadas com notebooks e computadores e todos os agentes de saúde já possuem tabletes para o melhor atendimento dos municípes. Além disso, todas as UBSs possuem equipe com médicos, equipe de saúde bucal e enfermeiros. No Centro de Especialidades são ofertados serviços de saúde como oftalmologia, cardiologia, psicologia, exames de ultrassom, entre outros.
Um marco no Município, o Laboratório Municipal já oferta mais de 75 tipos de exames, totalizando mais de 20 mil exames por mês. Outro local que nos enche de orgulho é Unidade de Pronto Atendimento Laura Bandeira de Melo (UPA Paudalho). O espaço oferta serviço de urgência e emergência e, como o Centro de Parto, acolhe populares de toda a região.

Novos rumos

De acordo com a gestão, o trabalho não para. Além dos três postos de saúde que estão sendo construídos nos bairros do Belém, Primavera e Alto dois Irmãos, outros serão entregues. São eles: Equador I, Guadalajara IV e Primavera III. O prefeito ainda ratificou que um outro desafio é colocar em funcionamento um bloco cirúrgico.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply