Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


Conheça Limoeiro

» » Limoeiro promove na Facal o 1º Fórum Comunitário do Selo Unicef



Na manhã desta sexta-feira (17), o município de Limoeiro promoveu, através do Conselho Municipal de Defesa e Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA), da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (SDSC) e da Comissão Intersetorial do Selo Unicef, o seu 1º Fórum Comunitário. Relativo ao ciclo 2017-2020 do Selo Unicef, o evento foi realizado na Faculdade de Ciências Aplicadas de Limoeiro (Facal/AESL) e teve como tema “Quebrando barreiras e construindo uma sociedade mais justa”. Os objetivos desta iniciativa eram debater as políticas públicas direcionadas à juventude e sugerir ações que produzam impacto positivo na vida das crianças e adolescentes.

Na cerimônia de abertura, a apresentação cultural do Grupo Girassol, formado por estudantes portadores de necessidades especiais da Escola Estadual Professora Suzel Galiza, deu show de inclusão e emocionou o público.

Dando continuidade à solenidade, a secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania, Cristiane Barbosa, destacou a heterogeneidade do evento. “Realizar este Fórum Comunitário é uma satisfação e um desafio coletivo. Não se trata apenas de ser premiado com o Selo Unicef, mas também de proteger nossas crianças e nossos adolescentes através de investimentos nas áreas de Saúde, Educação e Assistência Social, por meio de diversas unidades como creches, escolas, postos de saúde, CRAS, CREAS, Conselho Tutelar, entre outras. Para isso, é importante ouvir e incentivar a participação efetiva da sociedade civil”, discursou.

O secretário de Educação e Esportes, Luiz Gonzaga Tavares Júnior, falou sobre o possível legado a ser trazido pelo ciclo do Selo Unicef para Limoeiro. “Queremos trabalhar a sociedade de modo que tenhamos condições de chegar mais perto das pessoas. Este Fórum vem para nos proporcionar grandes debates sobre os desejos e as carências da sociedade, não somente a partir do que nós entendemos como necessário, mas também através da participação efetiva de todos os representantes sociais”, argumentou.

Na mesma linha, a vice-presidente do COMDICA e vice-diretora do Instituto Padre Luís Cecchin (IPLC), Sílvia Gomes, reforçou a importância do diálogo entre o governo e a sociedade para idealizar novas políticas públicas para os jovens e aprimorar as iniciativas já existentes. “Antes deste evento, houve reuniões prévias com todos os segmentos responsáveis pela vinda do Selo Unicef para Limoeiro. Agora o momento é oportuno para cada comunidade apresentar propostas de melhoria às vidas das crianças e adolescentes. É um exercício de cidadania que pode fortalecer os laços da gestão com as comunidades e gerar resultados positivos”, sublinhou.

Por sua vez, a articuladora da juventude limoeirense, Rayane Souza, deu mais detalhes sobre o processo de mobilização para a efetivação do Fórum. “É um trabalho conjunto onde o COMDICA está à frente juntamente com a gestão municipal, representada pelas Secretarias de Saúde, Educação e Esportes e Desenvolvimento Social e Cidadania. O NUCA (Núcleo de Cidadania dos Adolescentes), que faz parte do Selo Unicef, também teve papel muito importante neste processo. A população marca presença de maneira que o Plano de Ação seja construído pelos cidadãos e para os cidadãos. Este plano será colocado em prática imediatamente após a sua construção”, concluiu.

- Oficinas

As oficinas ministradas no 1º Fórum Comunitário de Limoeiro abordaram diversas temáticas: “Programas, serviços e benefícios sociais para famílias vulneráveis”, “Direito ao registro civil”, “Alimentação infantil”, “Gravidez na adolescência”, “Pré-natal”, “Óbito materno”, “Evasão escolar”, “Qualidade da Educação”, “Protagonismo juvenil”, “Violência contra criança e adolescente” e “Direito à vida”.

Uma das oficineiras foi a nutricionista Aline Fontes, responsável pelo tema “Alimentação infantil”. “Este assunto está diretamente ligado à saúde das crianças. Uma das propostas do Selo Unicef é diminuir o quadro de obesidade infantil, então nós devemos incentivar as crianças à alimentação saudável, para que elas se tornem adultos saudáveis. Temos que trabalhar esta proposta desde a base, pois hoje em dia temos muita preocupação com adultos doentes e precisamos evitar que esse quadro continue”, explicou, relacionando o assunto ao objetivo do evento.

Uma das jovens presentes no Fórum Comunitário foi a estudante Bianca Xavier, de 17 anos. A aluna do 2º Ano do Ensino Médio da Escola Estadual Professora Jandira de Andrade Lima ("Ceru") participou da oficina “Evasão escolar”. “É um tema que nos mostra a importância de estudar e nos incentiva a melhorar nossa relação com os professores e com a família. Tenho professores que ensinam super bem e explicam novamente a matéria quando você está com dúvidas. Isso é muito bom”, disse.

- O que é o Selo Unicef

Idealizado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o Selo Unicef é uma iniciativa que visa contribuir com a redução das desigualdades e com a garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes. Esta temática busca fortalecer a gestão municipal e qualificar as medidas do governo voltadas aos jovens, garantindo, assim, a mobilização social desses grupos.

Fotos: Wilker Matos/Secretaria Executiva de Imprensa e Comunicação

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply