Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


Conheça Limoeiro

» » Náutico vence ABC, se isola na liderança e garante classificação antecipada na Série C

Ortigoza comemora gol que abriu vitória (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)

Timbu contou mais uma vez com o poder de decisão do artilheiro Ortigoza e com Luiz Henrique para garantir vaga no mata-mata; Time potiguar espera por resultados e corre risco de não ter mais chances de subir


  • Bastava apenas o empate para o Náutico se classificar para as quartas de final da Série C. Mas a equipe alvirrubra fez mais que isso neste sábado, na Arena de Pernambuco. Venceu o ABC por 2 a 0, passando de fase com uma rodada de antecedência e assumindo a liderança do Grupo A com 30 pontos. Os gols foram marcados por Ortigoza e Luiz Henrique. O time potiguar, por outro lado, pode perder as chances de classificação ainda nesta rodada, caso Santa Cruz e Botafogo-PB - os dois juntos - não percam seus jogos no domingo.
  • DESTAQUEPÚBLICO E RENDA
    Público total: 13.405. Renda: R$ 201.835,00.
  • DESTAQUEPRÓXIMOS JOGOS
    Na última rodada da primeira fase da Série C, o Náutico cumpre tabela contra o Remo, que luta contra o rebaixamento. O jogo é no próximo sábado, dia 18, no Mangueirão. No mesmo dia, o ABC recebe o Atlético-AC, no Frasqueirão.
  • DESTAQUESEMPRE ELE
    Apesar de ter começado no banco de reservas, Ortigoza decidiu para o Náutico mais uma vez. Fez o sexto gol dele na Série C - o 12º no ano  
  • DESTAQUESE "LIMPARAM"
    Todos os três jogadores pendurados do Náutico receberam o terceiro cartão amarelo e, com isso, não enfrentam o Remo e ficam limpos para a fase de mata-mata. O goleiro Bruno, o zagueiro Camutanga e o atacante Robinho vão desfalcar o Náutico no último jogo da primeira fase. 
  • DESTAQUEPRIMEIRO TEMPO
    Precisando apenas do empate para se classificar, o Náutico esteve longe de adotar uma postura conservadora. Desde o primeiro minuto de jogo, buscou o ataque e pressionou o ABC como pôde. Para piorar para os potiguares, o meia-atacante Luan, que tinha feito um teste no vestiário e foi liberado para o jogo, rapidamente sentiu uma lesão na coxa e saiu ainda no primeiro tempo. Matheus Carvalho entrou no lugar. A mudança não fez o time melhorar. Era o Timbu que pressionava. Wallace Pernambucano chegou a cabecear e fazer o gol, mas a arbitragem marcou acertadamente impedimento. Os alvirrubros ainda tiveram boas chances com Robinho e Dudu, mas ambos desperdiçaram. O gol do Náutico parecia ser questão de tempo. Mas, acredite se quiser: a melhor oportunidade foi do ABC. O zagueiro Henrique soltou a bomba em uma falta de longe e a bola beijou a trave direita de Bruno. Depois, Marcos Júnior deixou Arês cara a cara com o goleiro, que se desequilibrou, chutou torto e perdeu uma ótima chance. Os visitantes equilibraram o jogo, sofreram menos sustos e o jogo foi ao intervalo sem alterações no placar.
  • DESTAQUESEGUNDO TEMPO
    O Náutico voltou mal para o segundo tempo. O ABC continuava a equilibrar as ações e fazia um jogo duro, até que tudo começou a ruir quando o volante Anderson Pedra foi expulso aos 15 minutos do segundo tempo. Com um a mais, o Timbu cresceu de novo na partida. Principalmente usando muito o atacante Robinho, que era um desafogo para a equipe com jogadas rápidas. Não demorou muito para o Timbu fazer valer a superioridade. E coube a Ortigoza começar a mudar o panorama. Na primeira finalização, ele fez o seu sexto gol na Série C. Foi aí que o ABC se viu mais perdido ainda. E tomou o segundo gol: já no fim, Luiz Henrique colocou números finais no placar.
  • DESTAQUEASSIM FICA MAIS DIFÍCIL
    O volante Anderson Pedra foi expulso no segundo tempo. Após uma falta em Dudu, ele tomou vermelho direto e complico para o time, que naquela altura, tinha o jogo equilibrado. Com um a menos, ficou difícil. 
Fonte:G1 Pernambuco

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply