Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


Conheça Limoeiro

» » Projeto ‘Tênis para o Futuro’ chega a Limoeiro


Fotos: Wilker Matos

Na tarde desta segunda-feira (6), na quadra da Escola Municipal Antônio Vilaça, a Prefeitura de Limoeiro, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, mais precisamente o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), e da Secretaria de Educação e Esportes, lançou o projeto “Tênis para o Futuro”. As aulas serão ministradas pelo tenista Tiago Moura, às segundas e quartas-feiras, durante os turnos da manhã (de 7h30 às 9h30 nas segundas e de 8h às 10h nas quartas) e da tarde (de 13h30 às 15h30 tanto nas segundas quanto nas quartas), no mesmo local da aula inaugural. Antônio Vilaça e Otaviano Basílio são as escolas da rede municipal de ensino contempladas pelo programa, que vai atender aproximadamente 120 crianças e adolescentes de sete a 17 anos.

A iniciativa surgiu há quatro anos na cidade de Feira Nova, terra natal de Tiago Moura, e vem a Limoeiro pela primeira vez. Os objetivos consistem em popularizar a modalidade, reforçar o esporte como instrumento de cidadania e formar novos talentos. “Existe um estereótipo de que o Tênis é ‘esporte de rico’ porque o material para praticá-lo é caro. Nestas aulas, os jovens vão ter material à disposição e vão se sentir importantes. O projeto vem para aumentar a popularidade da modalidade e, acima de tudo, formar cidadãos. O Tênis incentiva as pessoas a superarem os seus próprios limites e a respeitarem o espaço do outro, ou seja, é um esporte disciplinar. Estou muito feliz e muito realizado por trabalhar com esses jovens”, apontou.

O “Tênis para o Futuro” conta com o ilustre apoio do ex-tenista Gustavo Kuerten, que ganhou 20 títulos em sua carreira profissional, dentre eles três troféus do Torneio de Roland Garros, na França, um dos mais importantes do mundo. Graças à sua rica trajetória, “Guga”, como é conhecido, conquistou o status de maior tenista brasileiro da história recente da modalidade. “É difícil arrumar palavras nestas horas. Guga é uma inspiração para mim, é o embaixador do Tênis no Brasil e é um ídolo nacional. Foi ele quem me cedeu o material. Esta parceria que temos é muito gratificante”, compartilhou Tiago.

A secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania de Limoeiro, Cristiane Barbosa, mostrou-se entusiasmada com a ação e acredita que as aulas darão nova vida à quadra da Escola Antônio Vilaça. “O projeto vai trazer uma nova vivência para esta quadra, que é um espaço muito útil para a realização de um evento deste porte. Fiquei muito contente ao ver a felicidade no rosto das crianças. Esta ação reforça o trabalho de políticas públicas desenvolvido pela Assistência Social aos cidadãos limoeirenses, em especial às crianças e aos adolescentes, no combate e enfrentamento ao trabalho infantil, à violência, ao abuso e à exploração sexual. Quando investimos em esporte e em saúde, o resultado é o que se vê nesta tarde”, destacou.

O sentimento é compartilhado pelo secretário de Educação e Esportes, Luiz Gonzaga Tavares Júnior. Ele observa que o “Tênis para o Futuro” reforça a interdisciplinaridade entre as secretarias envolvidas. “O projeto vai contribuir para a socialização entre os alunos e para a união entre as escolas. Os jovens vão interagir uns com os outros e vão crescer a partir das experiências compartilhadas. O lazer, através das brincadeiras, é um excelente instrumento pedagógico. Quando o estudante cresce, a Educação melhora e a sociedade se desenvolve”, sublinhou.

A coordenadora do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) em Limoeiro, Rita de Cássia, acrescenta que o projeto vai estimular a disciplina entre os jovens e melhorar o rendimento deles na escola. “Além dos benefícios na parte física e na coordenação motora, as aulas também vão incentivar as crianças e os adolescentes ao estudo e vão lhes dar mais autoconfiança. Os jovens têm muito a ganhar com esses treinamentos”, comentou.

A aula inaugural deixou uma impressão muito positiva para os alunos. “O jogo de Tênis é difícil, mas quero muito aprender”, disse Pedro, 11 anos. “Eu já sabia como era esse esporte e por isso quis participar”, contou Luan Vinícius, 10 anos.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply