Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


Conheça Limoeiro

» » SARAMPO: dados epidemiológicos e cobertura vacinal da campanha

NOTA – SARAMPO

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) e a Secretaria de Saúde do Recife confirmam mais dois casos de sarampo na capital pernambucana. As ocorrências foram em dois adolescentes, de 13 (sexo masculino) e 19 anos (sexo feminino), familiares dos outros dois casos confirmados anteriormente (menina de 2 anos e homem de 27, com histórico de viagem no início de julho para Manaus, área onde está circulando o vírus). A quinta pessoa investigada, uma mulher de 42 anos que tinha relação com o grupo familiar, foi descartada para o sarampo. As análises laboratoriais foram realizadas pelo Laboratório Central de Pernambuco (Lacen-PE) e Fundação Oswaldo Cruz do Rio de Janeiro (Fiocruz-RJ).

É importante ressaltar que todos os 4 casos confirmados são do mesmo grupo investigado desde o início de julho. Até o momento, não foi notificado nenhum outro caso secundário oriundo dessas ocorrências, o que sugere a quebra da cadeia de transmissão.

As Secretarias de Saúde ratificam que, logo após a notificação dos casos, as medidas de vigilância e controle foram executadas. Todos os órgãos continuam vigilantes para a situação e reforçam com os serviços de saúde a necessidade da notificação imediata de um caso suspeito, para que as medidas sejam realizadas e, com isso, possa ser quebrada a cadeia de transmissão.

A Secretaria Estadual de Saúde ressalta que a confirmação desses casos no Estado só reforça a importância da população manter a caderneta de vacinação corretamente atualizada. Atualmente, está ocorrendo uma campanha nacional de vacinação contra a poliomielite e o sarampo, que segue até 31 de agosto. Até o momento, foram vacinados 475.703 (87,42%) contra a poliomielite e 474.077 (87,12%) contra o sarampo. O público total é de 544.178 meninos e meninas entre 1 ano e menores de 5 (4 anos, 11 meses e 29 dias), que devem ser imunizados de forma indiscriminada, ou seja, independente do histórico vacinal. No Recife, foram vacinados 71.908 (89,85%) contra poliomielite e 72.045 (90,03%) contra o sarampo. O público total na capital pernambucana é de 80.027 crianças. Tanto o Estado quanto Recife estão com índice de vacinação acima do percentual nacional, de 73%.

O Ministério da Saúde (MS) informou nesta semana a recomendação para um novo Dia D no próximo sábado (1º.09) nos municípios que ainda não atingiram meta. Em Pernambuco, 40 municípios já atingiram a meta mínima de 95% para poliomielite e sarampo. A Secretaria Estadual de Saúde (SES) ratifica a recomendação do MS e informa que continuará monitorando as coberturas vacinais até a sexta (31.08), para dar as orientações necessárias aos municípios.

DADOS – Em 2018, Pernambuco notificou 128 casos suspeitos de sarampo. Desse total, 74 foram descartados, 4 confirmados e os demais estão em investigação.

Antes de 2018, foram confirmados 199 casos de sarampo em 2013 e 27 em 2014, além de 1 caso importado em 2012. Anteriormente, o último registro tinha sido em 1999, com 240 casos.

VACINA – Além da Campanha Nacional de Vacinação, a vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola, é disponibilizada de rotina nos postos de saúde para o público de até 49 anos. Na rotina, ela deve ser aplicada em crianças com 12 meses, com um reforço aos 15 meses com a tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela). Para crianças acima de 2 anos e jovens e adultos até os 29 anos, não vacinados anteriormente ou que não se lembram, devem ser feitas 2 doses da tríplice viral, com intervalo de 30 dias entre elas. Adultos entre 30 e 49 anos (não imunizados ou que não lembram) devem tomar uma dose da tríplice. Profissionais de saúde não vacinados devem tomar duas doses com a vacina tríplice viral, independente da idade. Essas doses são disponibilizadas durante todo o ano nos postos de vacinação de todos os municípios.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply