Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


Conheça Limoeiro

» » A origem do ‘13° salário para beneficiários do bolsa-família’ em PE


Em disputa por vaga no palácio do campo das princesas, candidatos a Governo de Pernambuco seguem usando proposta do Senador Lindbergh Farias (PT–RJ).


O projeto de um Décimo Terceiro salário tem chamado muito a atenção das famílias beneficiadas pelo programa Bolsa-Família em propagandas partidárias no estado de pernambuco, é que os candidatos a governador, Armando Monteiro (PTB) e Paulo Câmara (PSB), decidiram incluir o Projeto de Lei (PLS 256/2017) do Senador Lindberg Farias (PT-RJ), em suas propostas de para governo do estado.

O projeto apresentado pelo Senador Lindberg Farias do PT-RJ, pretende reverter o cenário de cortes no programa, que passou dos 543 mil só no ano de 2017, A proposta é do dia 09 de Setembro de 2017, e segue aguardando um relator desde então, de acordo com o projeto, até o dia 15 de dezembro de cada ano, as famílias beneficiadas receberiam um décimo terceiro salário, o valor seria equivalente ao maior recebido nas 12 parcelas pagas por ano pelo Bolsa-Família.

Já em Pernambuco, a ideia de pagar um ‘13° salário’ para os beneficiários do programa foi anunciada primeiramente pelo atual governador Paulo Câmara (PSB), nos minutos finais de um debate entre candidatos ao governo do estado promovido por uma rádio local, Segundo Paulo apesar do programa ser do governo federal, o beneficio da 13ª parcela seria pago com dinheiro dos cofres estaduais.

Não muito depois, o Senador Armando Monteiro (PTB), também anunciou décimo terceiro parcela para as famílias beneficiadas pelo Bolsa-Família no estado, de acordo com o senador, a medida seria para proteger as camadas mais vulneráveis da população e seria aliada à ampliação do chapéu de palha, programa que marcou a gestão do ex-governador socialista Miguel Arraes, na década de 1980.

Em um post realizado no facebook Paulo Câmara do PSB, reagiu dizendo que seu rival na corrida pelo governo Armando Monteiro (PTB) copiou seu projeto, que por sua vez foi originalmente apresentado pelo senador Lindberg Farias do PT-RJ, Atualmente as famílias atendidas pelo programa, recebem valores que variam de R$ 89 a R$ 205 reais por mês, o programa foi criado no Governo Lula através da medida provisória nº 132, de 20 de outubro de 2003.

Por Wanderson Oliveira | Recife, 03 de Setembro de 2018

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply