Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


Conheça Limoeiro

» » Surubim, no Agreste, é mais uma cidade beneficiada com esgotamento sanitário

   


Bairros de São José, Salgado e o Centro são os primeiros contemplados

O Plano do Governo do Estado para despoluir o Rio Capibaribe segue a pleno vapor no Agreste Setentrional. Foi  iniciada  hoje (01)  a fase de testes do Sistema de Esgotamento Sanitário de Surubim (SES). A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) está realizando os ajustes finais para dar início à operacionalização do sistema de esgotamento sanitário para atendimento aos bairros Centro, São José e Salgado que passarão a contar com os serviços de coleta e tratamento de esgoto, beneficiando 12 mil pessoas nessas localidades.

Investir na expansão dos serviços de esgotamento sanitário em Pernambuco tem sido uma meta estabelecida pelo governador Paulo Câmara, seja nos municípios da Região Metropolitana do Recife ou interior. Segundo o presidente da Compesa, Roberto Tavares, atender Surubim com saneamento básico foi um compromisso assumido pelo governador com a população do município que, em breve, já sentirá os efeitos do benefício. A obra é viabilizada com financiamento obtido pelo Governo do Estado junto ao Banco Mundial. Após o funcionamento  dessa primeira etapa, toda a obra será concluída até março do ano que vem, totalizando um benefício para 42 mil pessoas em Surubim.

A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) constante do projeto já está pronta e tem capacidade de tratar 50 litros de esgoto por segundo. A rede coletora de 175 mil metros está sendo finalizada, assim como os ramais de calçada. Além disso, foram construídas duas estações elevatórias e outras seis estão sendo feitas juntamente com a implantação de oito emissários de recalques, que são as tubulações que bombeiam o esgoto a partir das elevatórias de esgoto para serem encaminhadas a estação de tratamento.
Durante este mês, agentes da Compesa darão continuidade às ligações intradomiciliares para atender os cidadãos mais necessitados.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply