Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


» » 11 funcionários da Limpeza urbana são demitidos pela Vialim e mais de 12 motoristas podem ficar sem seus empregos em Limoeiro

Foto:Meramente inlustrativa

O começo do ano de 2018, ao que mim parece não começa muito bem para alguns pais de familia em Limoeiro.


 Neste começo de ano de 2018, final de janeiro e começo de fevereiro, foram demitidos da empresa Vialim 11 profissionais da área de limpeza que segundo informações, repassadas pela assessoria de imprensa do município trata se de contenção de despesas da própria empresa, e redução do seu quadro de funcionários.

Segundo informações da assessoria de imprensa do município, que não se tratar de perseguição política, pois até alguns dos funcionários foram colocados pela atual gestão.

“Jair, a Prefeitura de Limoeiro informa que com relação às 11 demissões da Vialim, a empresa alega ser redução de custos. Destes 11, alguns foram da atual gestão, mas não se tratando de perseguição política e sim da necessidade da própria empresa.” disse em nota a  Assessoria de imprensa do município e este Blog.

Por outro lado, a partir de hoje 05/02/18 praticamente mais 12 pais de família, todos motoristas e proprietários de ônibus estarão praticamente desempregados.  A empresa que prestava serviço no transporte escolar na rede estadual em Limoeiro perdeu a licitação. E a ganhadora que é “Agreste Locação” ao que mim parece muito organizada e a diretora, professora Jane, da GRE esta colocando a Lei Nacional em vigor vigente no país.

E neste caso os ônibus do município que durante estes 30 dias dado a eles para se adequarem as condições, caso não atenderem este requisitos segundo informações ficarão de fora. Foi dado um prazo para os mesmo de 30 dias para que eles se adequem e possa prestar serviço à empresa. Segundo um dos proprietários de um dos ônibus e quase impossível devido os valores dos veiculo e a difícil venda dos deles ou troca dos mesmos.

Lembrando que Isso não quer dizer que a GRE, esteja errada ou com perseguição, pelo contrario esta cumprindo a Lei que é Nacional. Lei não se discute se cumpre.

Com relação aos contratados da Sec. De Educação ainda não existe as informações de quantos ficarão de fora este ano, em virtude da SME (Secretaria Municipal de Educação), ainda está fazendo as realocações de Professores e funcionários Estatutários (efetivos). A SME posteriormente é que irão averiguar a quantidades das necessidades dos mesmos e ai sim saberemos quem não voltará mais neste ano de 2018. Que segundo as informações também trata se de plano ajuste das finanças do município. 

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga