Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


» » 20ª campanha nacional de vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira (23)






Nesta segunda-feira (23), o Ministério da Saúde inicia a 20ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza, que vai até 1° de junho. O atendimento ocorre nos Postos de Saúde da Família (PSFs) do município, na Secretaria de Saúde e contará também com uma ação voltada para os idosos na agência da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Bradesco. Durante esse período, também haverá o “Dia D” de Mobilização Nacional, agendado para 12 de maio (sábado).

Os grupos prioritários são crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade, idosos com 60 anos ou mais, gestantes, mulheres com até 45 dias de pós-parto, profissionais de Saúde, professores da Educação Básica ou do Ensino Superior, portadores de doenças crônicas com prescrição médica, indígenas, população privada de liberdade (adolescentes e jovens se 12 a 21 anos em medidas socioeducativas estão incluídos) e funcionários prisionais. Os critérios adotados seguem as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e é necessário se dirigir ao PSF mais próximo com o cartão de vacinação. Por sua vez, os profissionais de Saúde e os professores devem apresentar, ainda, contracheque ou carteira de trabalho.

No “Dia D”, marcado para o sábado que antecede o Dia das Mães, todos os PSFs estarão abertos à população. A sede da Secretaria Municipal de Saúde, localizada na Avenida Severino Pinheiro, em frente à Escola Municipal João Duarte, também funcionará como posto de atendimento.

Também devem se vacinar os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. Estas pessoas devem apresentar prescrição médica. Quem estiver cadastrado em programas de controle de doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) não precisa mostrar prescrição médica. Para os casos de idosos ou doentes crônicos acamados, o seu estado de saúde deve ser comunicado pelos familiares ao PSF da comunidade, a fim de que ele seja vacinado em sua residência.

A vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circulam no Hemisfério Sul (A/H1N1, A/H3N2 e Influenza B) e reduz complicações da doença, internações e até mesmo óbitos. Segundo dados do Ministério da Saúde, foram registrados em 2018, até o dia 14 de abril, 392 casos de Influenza no Brasil, com 62 óbitos. Deste total, 190 casos e 33 óbitos foram por H1N1, 93 casos e 15 óbitos por H3N2, 62 casos e seis óbitos por Influenza B, 47 casos e oito óbitos por Influenza A não subtipado.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply