Headlines

EDUCAÇÃO E SAÚDE

CÂMARA DE LIMOEIRO

CULTURA POLITICA E REGIÃO


Conheça Limoeiro

» » Limoeiro esta de Luto Morre aos 95 anos o senhor Paulo Faustino um ícone da cultura limoeirense


Domingo, 16 de setembro de 2018, um dia triste para a cultura de Limoeiro. Morre aos 95 anos, o senhor Paulo Faustino, um ícone da Historia da Cultura de Raiz de Limoeiro, cantador de coco que sempre levou o nome da Princesa do Capibaribe, com suas poesia e rimas através do coco ou da ciranda.

Paulo Faustino tinha 95 anos, e faleceu na manha deste Domingo (16), por volta 10h20min no Hospital Regional de Limoeiro. O mesmo já vinha muito debilitado por conta da idade, apesar de muito bem tratado pelos filhos e netos. Sr. Paulo Faustino residia na Rua do Oiti, hoje Rua Dulce Gomes nome de sua esposa. Seu Paulo deixa 11 filhos, 39 netos, 46 bisnetos e 2 tataranetos, que carinhosamente o chamava de “Gum Gum” ele sempre foi muito querido por todos, inclusive pelos vizinhos e amigos.

Sr. Paulo Faustino nasceu em 22/06/23 natural de Limoeiro, e morador do bairro de São Sebastião, tinha 95 anos e 66 como tocador de coco em Limoeiro e Região. Seu Paulo deixou vários seguidores e digamos aqueles que darão continuidade a sua cultura como o nosso querido Zé de Tete, o Filho de seu João do Pão, entre outros repentistas e cantadores de coco em nossa cidade, muitos deles aprenderam o osso do oficio com o mestre, Jackson do pandeiro era sua referencia e seu ídolo.


O artista popular já foi homenageado por varias gestões durante os festejos juninos de Limoeiro, e no passado recente foi homenageado pelo atual Vereador José Higino (PP) quando colocou o nome da Rua em que sempre residiu, a Rua do oiti de Rua Dulce Gomes nome da sua saudosa esposa.

O velório acontece em sua residência Rua Dulce Gomes (Oiti), e o cortejo seguirá pelas principais ruas de Limoeiro, saindo de sua residência ate o cemitério são João batista às 16 horas, venha dar seu ultimo a deus a um ícone da cultura Limoeirense.








«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply